Siga-nos nas redes sociais

Rumor

The Walking Dead enganou os fãs sobre spin-off de Daryl e Carol?

Daryl vai morrer em The Walking Dead? Apesar do spin-off ter sido anunciado pela AMC, parece que o futuro do personagem está incerto.

Publicado há

 

em

Se as temporadas anteriores de The Walking Dead forem qualquer tipo de precedente, o capítulo final promete ser um caso sangrento, fechando o arco de inúmeros personagens na série. Mas devido à grande expansão da franquia da AMC, fica claro que seria um desperdício não poupar alguns desses, para explorá-los um pouco mais em outros spin-offs, certo?

Em setembro de 2020, foi anunciada uma nova série que trará Carol Peletier e Daryl Dixon como principais personagens, em uma nova vida, aparentemente, fora de Commonwealth. Mas será que isso é apenas uma estratégia de audiência usada para deixar os fãs mais chocados com a morte de Daryl? É o que aponta uma nova teoria, que iremos abordar nesse texto.

Recentemente, o ator Norman Reedus, que interpreta Daryl em The Walking Dead, postou em seu Instagram um álbum com diversas colagens, em uma pasta de roteiro e no final da postagem, duas fotos em The Walking Dead, uma delas com Rick e Glenn. Mas o que mais chama atenção é a legenda, que traduzindo do inglês, diz: “Começando a perceber o quanto vou sentir falta disso.”

LEIA TAMBÉM:
Norman Reedus gostaria de ter tido mais cenas com Melissa e Lauren na última temporada de The Walking Dead

Daryl terá o mesmo destino que Rick Grimes teve na HQ de The Walking Dead?

Além disso, aparentemente, The Walking Dead anda preparando a morte de Daryl igual a de Rick nos quadrinhos. Acontece que Rick está desaparecido da série principal e pelo jeito só fará um breve retorno nos últimos episódios, mas não mais como líder da comunidade. Portanto, se a série decidir realmente seguir o destino dos quadrinhos, algo que é muito provável, terão que escolher outro personagem. E o personagem que mais se encaixa com a liderança de Rick, no momento, é Daryl. Ambos os sobreviventes têm comportamentos muito parecidos em relação à aliança entre Commonwealth e os ex-moradores da antiga comunidade de Rick Grimes. Daryl está fazendo de tudo para que a aliança funcione, se juntando ao exército e até deixando que Sebastian leve o crédito pela captura feita pelo próprio amigo de Rick.

A edição 192 (penúltima dos quadrinhos) mostra Rick Grimes reprimindo uma guerra civil dentro da comunidade e Pamela Milton perdendo a liderança. Então Rick vai para sua cama acreditando que as duas comunidades estão apenas a um passo de se unirem e criarem uma nova civilização, mas o filho da ex-líder, Sebastian Milton decide se vingar, se aproxima e atira no herói de The Walking Dead à sangue frio, deixando Carl se deparar na manhã seguinte com seu pai zumbificado. Como dito anteriormente, a série principal não usará Rick como intérprete dessa cena, mas baseado nos eventos do episódio “New Haunts” (Novas Assombrações), Daryl poderia ser a nova vítima de Sebastian para a cena. Também vale ressaltar que Daryl e Sebastian possuem uma relação bem antagônica até o momento.

Assim como Rick nos quadrinhos, Daryl está desesperado para evitar qualquer briga contra Commonwealth. Ele engole todo seu orgulho se juntando aos soldados e surpreendentemente tolera a fúria de Sebastian (algo que não é fácil). Por mais que ele deixe o filho da líder de Commonwealth pegar todos os créditos pela prisão do garçom rebelde de Commonwealth, Daryl e Sebastian são muito bons em se antagonizarem. Mesmo que por enquanto isso não dê razão para Sebastian matar Daryl, pode ser que em algum momento futuro Daryl tente expulsar Pamela do cargo, e então sim, seu filho definitivamente tentaria qualquer tipo de vingança.

Daryl recebendo a mesma morte de Rick dos quadrinhos explicaria o porquê do personagem se tornar um segundo pai para Judith Grimes, principalmente depois de chegarem em Commonwealth e, quem sabe The Walking Dead não esteja preparando Judith para assumir o papel de Carl – encontrando Daryl zumbificado depois da breve visita de Sebastian em seu quarto.

Portanto, o post polêmico de Norman Reedus pode explicar toda essa história contada. Pode ser apenas que Daryl esteja somente se despedindo da equipe de produção da série principal, mas isso não significa que ele sairá, o spin-off pode ter uma equipe de gravação e produção totalmente diferente, e isso justificaria as colagens na pasta de roteiro. Contudo, nada pode se confirmar, o post de Norman foi muito duvidoso, talvez até propositalmente.

Se Daryl morrer, será uma grande mudança na forma de como a AMC anuncia novas séries, pois o suposto spin-off não passaria de uma mera estratégia para tornar a morte de Daryl como uma das mais chocantes e inesperadas de todo o universo The Walking Dead, com exceção de Glenn, é claro. E, obviamente, uma das maiores pegadinhas com os seus fãs.

Muitos podem achar que Daryl merece muito mais do que ser brutalmente assassinado por um garoto mimado e chorão como Sebastian Milton, mas assim como Rick Grimes, o contexto por trás disso seria o mais importante, e não apenas a morte. Esse evento traria para a série assim como trouxe para os quadrinhos uma mudança grandiosa em Commonwealth. Na HQ, as consequências da morte de Rick não foram muito bem exploradas, mas a família Milton saiu do poder e, depois de um grande salto temporal, a comunidade se tornou um lugar muito pacífico, e o mundo se encaminhando para voltar ao que era antes.

Pouco se sabe sobre a produção do spin-off de Daryl e Carol em questão de onde será gravado, equipe de roteiristas e diretores e a história abordada. Para uma série que tem previsão de estreia para o próximo ano, toda essa questão parece bastante suspeita. O máximo que temos é a “confirmação” de Angela Kang como showrunner.

The Walking Dead está se preparando para as gravações do último episódio da série e, de acordo com fotos das gravações do penúltimo episódio vazadas por fãs, podemos ver que Norman e Melissa ainda estão gravando, ou seja, Daryl e Carol seguem vivos pelo menos até o episódio 23. No mais, só nos resta aguardar para descobrir o que realmente vai acontecer quando a série chegar ao fim.

É importante mencionar também que mesmo que a morte de um dos dois personagens aconteça em The Walking Dead, ainda seria possível explorar algo sobre eles em histórias passadas, como por exemplo em algum dos saltos temporais que aconteceram na série ao longo dos anos. Eles poderiam fazer uma série limitada de duas temporadas, assim como foi The Walking Dead: World Beyond.

O que você acha sobre tudo isso? Acredita que o spin-off de Daryl e Carol seja real ou apenas uma tentativa de mascarar um grande acontecimento da última temporada de The Walking Dead? Deixe todos os seus pensamentos e teorias nos comentários abaixo!

Publicidade
Comentários