Siga-nos nas redes sociais

11ª Temporada

Seth Gilliam fala sobre um Padre Gabriel mais sombrio em The Walking Dead

O ator Seth Gilliam comentou sobre como se sente interpretando uma versão mais sombria de Gabriel na reta final de The Walking Dead.

Publicado há

 

em

“Deus não está mais aqui”, é a blasfêmia cometida pelo Padre Gabriel (Seth Gilliam) logo antes de negar ao Ceifador Nicholls (Hans Christopher) uma última oração na 11ª temporada. Depois de assassinar o espião dos Sussurradores, Dante (Juan Javier Cardenas) e matar Mays (Robert Patrick) à sangue frio, Gabriel encontra sua fé desafiada na guerra com os Ceifadores enfraquecidos.

“Ninguém está além de salvação”, diz o padre dos Ceifadores, Mancea (Dikran Tulaine) enquanto oferece a Gabriel salvação renovada na estreia da segunda parte da 11ª temporada. “Eu não acredito nisso”, responde Gabriel esfaqueando Mancea, e declarando que vale a pena salvar seu rebanho.

O Senhor trabalha de maneira misteriosa, como quando poupou Gabriel do seu destino dos quadrinhos, em que ele tem uma morte violenta durante a Guerra contra os Sussurradores. Mesmo que The Walking Dead coloque Gabriel em um caminho sombrio, Gilliam tem fé que ele ainda pode salvar sua alma e ir em direção à luz, mesmo que os fãs queiram sangue.

LEIA TAMBÉM:
Como Padre Gabriel morreu nos quadrinhos de The Walking Dead?
The Walking Dead S11E09: 5 coisas que você pode ter perdido em “No Other Way”

“Descobri que os fãs gostam quando Gabriel mata, e descobri que os fãs são sedentos por sangue”, disse Gilliam à ComicBook. “Eles gostam da violência, gostam da escuridão. Acho que eles sentem que podem contar com ele para fazer algo inesperado agora. Antes era meio que, ‘Ah, esse cara vai ser meio bobo e ficar falando da sua fé e blá, blá, blá’, e agora eles estão mais como ‘Ah, ele é uma carta surpresa. Não sabemos o que esse maluco vai fazer agora’, o que é interessante para eu interpretar.”

A quinta temporada introduz o Padre Gabriel como um covarde que peca quando permite o seu rebanho morrer, para que ele possa viver. Depois de uma década de sobreviver no apocalipse zumbi infernal, Gabriel diz a Mancea, “Vale a pena salvar meu rebanho”. E vale a pena matar por eles.

Esse Gabriel mais sombrio é “muito mais divertido de interpretar”, diz Gilliam. “Acho que é ótimo porque eles me deram muito mais para fazer do que o personagem nos quadrinhos. Então, tudo que veio desde que ele devia ter estado pendurado de ponta cabeça na torre de água, o que não aconteceu, tem sido o mesmo que brincar com um personagem diferente. E acho que, quanto mais sombrio ele se torna, ele fica, estranhamente, mais perto de algum tipo de luz.”

Publicidade
Comentários