Siga-nos nas redes sociais

Destaque

The Walking Dead S10E01: 5 coisas que você pode ter perdido em “Lines We Cross”

Lines We Cross foi o primeiro episódio da décima temporada de The Walking Dead. Veja aqui 05 coisas que você pode ter perdido.

Publicado há

 

em

Atenção! Este conteúdo contém SPOILERS do primeiro episódio, S10E01 – “Lines We Cross”, da décima temporada de The Walking Dead. Caso ainda não tenha assistido, não continue. Você foi avisado!

Depois de um longo inverno, The Walking Dead voltou com um episódio de peso. A estreia da décima temporada foi dividida em capítulos para mostrar onde cada grupo estava antes da queda do satélite soviético, uma forma interessante de explicar tudo que aconteceu nos últimos meses sem perder a conexão entre os personagens.

Vimos que as comunidades estão investindo não apenas em técnicas de pesca e cultivo, mas também em estratégias mais avançadas de batalha e defesa contra os walkers. Também percebemos que as opiniões se dividem quando o assunto é Alpha e seus Sussurradores: alguns querem vingança, outros só querem evitar novos confrontos – e tem os que ainda sofrem com os traumas do que aconteceu na Feira.

Entre barcos, bebês e incêndios, talvez você tenha deixado algum detalhe passar. Então que tal dar uma olhada nas 5 coisas que você pode ter perdido em “Lines We Cross”? Confira:

1. Perigo em alto mar

Antes mesmo da estreia, o produtor executivo e diretor Greg Nicotero revelou que o episódio teria uma pequena homenagem ao filme Tubarão, de Steven Spielberg. Os mais atentos notaram não uma, mas duas referências ao filme: no barco cheio de zumbis havia um barril amarelo, semelhante aos que aparecem no filme, e no meio das conchas que R.J. recolheu na praia havia dentes de tubarão.

LEIA TAMBÉM:
CRÍTICA | The Walking Dead S10E01 – “Lines We Cross”: Chuva de dúvidas (e de meteoros)

2. A abertura foi atualizada

A abertura da série segue ganhando novos detalhes à medida que a história avança. A árvore onde Rick encerrou a Guerra Total, que antes tinha apenas um vitral, agora tem quatro vitrais diferentes representando as quatro comunidades: um moinho para Alexandria, um peixe para Oceanside, milho para Hilltop e um tigre para o Reino. Sabemos que o Reino não existe mais fisicamente, mas não deixa de ser uma das comunidades que assinaram o tratado de Michonne na temporada passada.

Pouco depois, é possível ver que uma pequena espada foi acrescentada entre as cruzes de Glenn e Carl, representando Judith, e que as palavras “silencie os sussurros” substituíram o “aviso final” no muro, possivelmente indicando que as comunidades vão reagir contra os vilões. E por fim, aparece a explosão da ponte que culminou no desaparecimento de Rick e as estacas que marcam os limites do território dos Sussurradores.

3. Mais do que um conto de fadas

A cena igualmente doce e triste em que Judith conta para o irmão a história do “homem corajoso” pode ter dado algumas pistas sobre o futuro de Michonne. Já foi divulgado que esta é a última temporada de Danai Gurira, mas ainda não sabemos como a personagem sairá da série.

Depois da história, Michonne explica para o filho que “existem pessoas que amamos tanto que faríamos qualquer coisa por elas, assim como eu faria qualquer por você e por Judith”. R.J. então pergunta “e pelo meu pai?”, e ela responde que sim. Talvez Michonne descobrirá que Rick ainda está vivo e sairá à procura dele. Ou quem sabe ela vai se sacrificar para proteger os dois filhos?

LEIA TAMBÉM:
[FOTOS] The Walking Dead 10ª Temporada: Promocionais do episódio 1

4. Quem são os vilões?

Durante uma conversa, Aaron pergunta a Michonne se eles realmente são os mocinhos, pois frequentemente pensa na possibilidade de serem os vilões na história de outra pessoa. Não é a primeira vez que esse questionamento surge na série, e a reflexão de Aaron foi muito parecida com uma conversa que aconteceu na oitava temporada.

Na época Rick estava em uma missão para matar Salvadores, e durante uma dessas missões encontrou Morales, que questionou se os homens de Rick eram realmente os mocinhos no apocalipse. Na ocasião, Rick matou brutalmente um homem que estava apenas tentando proteger sua filha, e outros personagens questionavam a decisão de matar todos os Salvadores como vingança pelos atos de Negan.

5. Daryl está se esforçando

As conversas entre Daryl e Connie, que costumavam acontecer apenas com o auxílio de um bloco de notas, estão avançando: quando ela brinca que encontrou algo que Daryl havia perdido, ele responde com sinais que o Cachorro na verdade gosta mais dela. O esforço fica realmente evidente quando a câmera mostra um detalhe: no bolso de Daryl tem um livro de ASL (língua de sinais americana).

Você percebeu algo além das cinco coisas acima? Deixe abaixo nos comentários para que a gente também possa saber.

Publicidade
Comentários

EM ALTA