Siga-nos nas redes sociais

Série

Daryl e Carol vão sair de The Walking Dead?

O ator Norman Reedus, o Daryl de The Walking Dead, falou sobre a possibilidade da dupla de deixar as comunidades.

Marcela Aquino

Publicado há

em

Poderia Daryl (Norman Reedus) e Carol (Melissa McBride) deixar The Walking Dead juntos? Reunidos na estreia da 10ª temporada, quando Carol voltou de meses no oceano como um “cão do mar”, os melhores amigos de longa data estão cansados ​​de lutar. Carol perdeu o filho Henry (Matt Lintz), assassinado pela líder dos Sussurradores Alpha (Samantha Morton), com uma morte tão insuportável que terminou seu casamento com Ezekiel (Khary Payton). Diante de um futuro incerto, eles consideram fugir juntos.

“Você já se perguntou se isso é tudo o que existe?” Carol pergunta a Daryl. “Basta encontrar pessoas, matar um ao outro até que quem sobrar diz que já chega?” Quando Daryl admite que acha que está apenas “sobrevivendo de uma luta até a próxima”, Carol sugere pegar a estrada em sua moto e nunca mais olhar para trás. O Novo México é nomeado como um destino em potencial. “Chega de lutar”, diz Daryl. “Apenas subir na moto e partir, ver quem restou.” O sonho, segundo Carol, parece bom.

Logo depois, Alpha vê Carol em seu território. Com os sobreviventes voltando a entrar em conflito com esse inimigo perigoso, Daryl e Carol vão realmente para o oeste juntos? Segundo Reedus, é uma fantasia compartilhada por uma dupla de combatentes agredidos e cansados – mas que um dia poderá se tornar real.

“Nunca se sabe. Só acho que eles estão sentados em um tronco e estão sonhando acordados. A vida é tão difícil às vezes, especialmente naquele programa para esses personagens”, disse Reedus à Entertainment Weekly. “Eles dizem ‘E se nós fizermos isso?’ Eles estão meio que sonhando acordados. Somos um tipo de oportunidades de vitrine. Eu acho que é o que você faria. Você pensaria, ‘Ah, eu só gostaria que as coisas fossem diferentes agora’. Portanto, são dois amigos fazendo isso. Abrindo um pouco de espaço para eles.”

Carol protesta abertamente sobre a lei proferida por Alpha, que impôs uma fronteira aos sobreviventes sob ameaça de guerra. Mas Daryl, cansado, obedece a essas regras, dizendo a Carol: “Não há razão para começar uma guerra, se não precisarmos.”

LEIA TAMBÉM:
The Walking Dead S10E01: 5 coisas que você pode ter perdido em “Lines We Cross”
The Walking Dead é renovada para a 11ª temporada

“Acho que Daryl nas temporadas anteriores teria passado por isso. Mas temos todos esses jovens, todos esses novos membros do elenco, temos RJ e Judith e todas essas pessoas que queremos proteger porque são o futuro”, disse Reedus. “Portanto, não acho que fazer uma mudança drástica como atravessar a fronteira, se você não precisar, seria uma decisão inteligente. Eu acho que é um Daryl mais sábio do que vimos antes. Ele meio que tem os fantasmas de todos esses personagens que estavam aqui antes dele. Hershel ensinou-lhe uma coisinha. Rick ensinou-lhe uma coisinha. As coisas estão tão boas quanto podem ser agora. Então, por que colocar todos em risco de tomar uma decisão como essa? Então, acho que ele está apenas tentando manter a comunidade e a família unidas e tentando não matar as pessoas.”

Daryl e Carol agora encontram seus papéis invertidos desde a última temporada: lá Carol puxou Daryl de volta para as pessoas após a suposta morte de Rick Grimes (Andrew Lincoln), uma perda que levou Daryl à vida solitária como um lenhador. Com Carol planejando sua vingança, é a vez de Daryl agir como responsável.

“Eu acho que, de certa forma, nenhum deles fugiu para sempre, porque o que isso significa é realmente abandonar todos os outros, e isso é difícil para eles”, disse à Entertainment Weekly a showrunner Angela Kang. “Mesmo quando Daryl esteve na floresta na última temporada, ele ainda mantinha laços com a comunidade. É que já fazia muito tempo e Carol o sentiu escapar. Eu acho que Daryl esteve um pouco em um lugar diferente emocionalmente, e agora ele sente esse medo de que Carol esteja fugindo. E, além disso, ela pode estar se escondendo em algo realmente obscuro. O medo dele é que ela esteja apenas em uma busca por vingança, e que ela não esteja no mar apenas tentando se curar e se afastar e ter esse momento de ficar longe de tudo.”

Carol negou que seu tempo fora no mar fosse gasto caçando Alpha e, com o passar da temporada, o público aprenderá “se isso é verdade ou não”.

“Eu acho que, para os dois, ter essa mentalidade de lobo solitário significa que a atração de partir sempre é muito forte para eles”, disse Kang. “E eles discutem se devem ficar, se devem ou não, se estão melhor sozinhos um com o outro, com o grupo. Isso é exatamente o que eu acho interessante sobre eles, tanto como personagens quanto como pessoas que estão sendo convidadas a avançar para a liderança de suas comunidades.”

Em novembro do ano passado, Reedus e McBride renovaram seus contratos em The Walking Dead por mais três anos, e agora eles podem migrar para qualquer uma das partes do universo expandido da franquia – seja para os filmes, Fear the Walking Dead ou a futura nova série derivada.

Você acha que Daryl e Carol vão sair de The Walking Dead? Concorda ou odeia a ideia? Compartilhe seus pensamentos e teorias conosco nos comentários abaixo!

Continue lendo
Publicidade
Comentários

11ª Temporada

EXCLUSIVO! The Walking Dead ganha previsão de início das filmagens da 11ª temporada

Em entrevista exclusiva, Duane Charles Manwiller revela os planos para o início das filmagens da 11ª temporada de The Walking Dead.

Avatar

Publicado há

em

claquetes de The Walking Dead ao lado da moto de Daryl Dixon no set de filmagens

Estamos todos com saudade de The Walking Dead, certo? A décima primeira temporada será a última da série que é o carro-chefe do universo zumbi de Robert Kirkman – ainda teremos outras temporadas dos derivados Fear the Walking Dead (renovada para a 7ª temporada) e The Walking Dead: World Beyond (que terá uma 2ª temporada).

Mas devido à pandemia da Covid-19, todo o trabalho de produção do último ano de The Walking Dead foi atrasado, e os fãs estão sem saber quando verão as últimas aventuras das comunidades. Uma série de novos eventos deixou os fãs curiosos e ansiosos sobre o que vem por aí. Como será o retorno de Maggie? Como os sobreviventes vão se relacionar com a nova comunidade que surgiu na season finale da décima temporada em um encontro com Ezekiel, Yumiko, Princesa e Eugene? Ezekiel vai se recuperar do câncer? Essas e outras perguntas devem ser respondidas na última temporada, que vai encerrar o arco dos quadrinhos.

Pois estamos aqui para trazer uma notícia exclusiva: a última temporada de The Walking Dead já tem data para começar a ser filmada.

Previsão para março

Quem revelou esta informação com exclusividade para o The Walking Dead BR foi Duane Charles Manwiller, diretor de fotografia de The Walking Dead, em entrevista exclusiva. Ele afirmou que a pandemia da Covid-19, de fato, atrasou todo o cronograma da produção, mas estimou que as filmagens devem começar em março.

“Uma vez que o Covid chegou, tudo mudou. A décima primeira temporada nunca aconteceu em 2020, mas filmamos uma extensão da décima temporada e foi mais uma ponte entre a décima e a décima primeira temporada, que começaremos a filmar em Março de 2021. Faz sentido? Isso confunde até a mim. Nas placas das câmeras nós simplesmente colocamos ‘Temporada 10 – continuação'”.

Temos o mês do início das filmagens, mas em que momento de março os trabalhos vão começar? Podemos deduzir a partir da experiência de outros anos de The Walking Dead, que tradicionalmente começam na primeira semana de maio. Se esta tendência for seguida, a produção da última temporada da série começará, também, nos primeiros dias do mês de março.

Final da 10ª temporada de The Walking Dead

Para quem não se lembra, alguns eventos importantes marcaram o season finale da décima temporada. Beta, que tomou a liderança dos Sussurradores após a morte de Alpha, foi morto por Daryl após um conflito intenso entre os mascarados restantes e a imensa horda – que foi levada por Carol para um precipício.

No meio de toda essa briga, Maggie reapareceu para salvar a vida de Gabriel, que estava encurralado pelos inimigos. Ela ficou alguns anos afastada das comunidades mas promete voltar com tudo para o décimo primeiro ano da série. Ela trouxe consigo um guerreiro misterioso e muito habilidoso. O que será que ele tem a trazer para o enredo?

Além disso, o Império – a última e maior comunidade encontrada pelos sobreviventes nas HQs – deu as caras após Eugene chegar atrasado para o encontro com Stephanie e quase desistir da reunião com a nova amiga. A introdução desta cidade trouxe muitos problemas para os sobreviventes nas histórias em quadrinhos.

Antes da aguardada última temporada de The Walking Dead, o programa ganhará 6 episódios extras – que começarão a serem exibidos em 28 de Fevereiro – que servirão de ligação entre as duas últimas temporadas e também prometem responder algumas dúvidas dos fãs.

E aí, qual a sua expectativa para a última temporada de TWD? Deixe sua opinião nos comentários!

Continue lendo

10ª Temporada

Lynn Collins entra para o elenco da 10ª temporada de The Walking Dead

A atriz Lynn Collins interpretará a personagem Leah e fará sua estreia no episódio “Find Me” da 10ª temporada de The Walking Dead.

Gina Machado

Publicado há

em

The Walking Dead adicionou Lynn Collins ao seu elenco, estreando em um dos próximos seis episódios que estão sendo adicionados à 10ª temporada. Collins irá interpretar Leah, personagem revelada no vídeo da leitura de roteiro do episódio “Find Me”.

Leah é encontrada por Daryl Dixon (Norman Reedus) em uma cabana no meio da floresta. “Find Me” é o 18º episódio, que será lançado em 7 de março. É o segundo episódio do próximo lote que começará a ser exibido em 28 de fevereiro, preenchendo o que teria sido um vazio na primavera de 2021 sem The Walking Dead devido a pandemia de coronavírus que atrasou a produção ao longo de 2020.

Collins é mais conhecida pelo trabalho em filmes como “X-Men Origins: Wolverine”, onde interpretou Kayla Silverfox, “John Carter”, onde ela era Dejah Thoris, e “Número 23”. Collins só deve aparecer em um dos seis episódios que virão no início de 2021. Não está claro se sua personagem Leah continuará ou não na série em sua décima primeira e última temporada, que começa a ser produzida no início de 2021 e vai ao ar no segundo semestre do ano.

A primeira imagem oficial de Lynn Collins como Leah no episódio 18 da 10ª temporada de The Walking Dead pode ser vista abaixo:

Leah - interpretada por Lynn Collins sentada em sua cabana em imagem promocional da 10ª temporada de The Walking Dead

LEIA TAMBÉM:
Títulos e sinopses dos episódios extras da 10ª temporada de The Walking Dead

“É um reflexo da 10A e 10B”, disse Scott M. Gimple, diretor de conteúdo do Universo The Walking Dead, à ComicBook.com sobre os próximos seis episódios. “É uma parte dessa história. Está conectado a tudo isso. Mesmo ‘Here’s Negan’, obviamente tem a ver com a história de Negan, mas mesmo assim, está diretamente conectado à história que sai da 10ª temporada. Esses episódios, quero dizer… Foram seis episódios, seis semanas. Eles foram escritos em um… Nós tínhamos que ir direto ao ponto. Angela [Kang], a equipe, alguns escritores do passado, do passado de The Walking Dead, algumas pessoas que voltaram para realmente trabalhar neles. Todo mundo deu tudo de si.”

Os próximos episódios também adicionaram Robert Patrick ao elenco, já que The Walking Dead dará tudo nesses seis episódios bônus da 10ª temporada a caminho de seu destino final com uma 11ª temporada de 24 episódios para completar a saga. A esposa do ator Jeffrey Dean Morgan, que interpreta o Negan, Hilarie Burton Morgan, também está no elenco, interpretando a falecida esposa de Negan, Lucille, em flashbacks ao longo do episódio “Here’s Negan”.

Você está ansioso(a) para os novos episódios de The Walking Dead? Deixe todos os seus pensamentos e teorias nos comentários abaixo!

Continue lendo

Série

Andrew Lincoln revela arrependimento por ter deixado The Walking Dead

Em reunião com alguns membros do elenco de The Walking Dead, o ator Andrew Lincoln (Rick Grimes) comentou sobre a sua saída da série.

Avatar

Publicado há

em

rick grimes (andrew lincoln) armado em imagem promocional de the walking dead

Andrew Lincoln, o protagonista das nove primeiras temporadas de The Walking Dead, deixou a série, mas a série não o deixou. Ele se reuniu com estrelas do programa e declarou todo seu amor pelo elenco, pela atração zumbi e pela cidade de Atlanta, onde ocorrem as filmagens.

Quando Lincoln decidiu deixar a série principal do universo The Walking Dead – que conta ainda com os spinoffs Fear the Walking Dead e The Walking Dead: World Beyond, além da trilogia de filmes e das séries que vêm a seguir – ele afirmou que gostaria de passar mais tempo com a família. Andrew é britânico e pai de dois filhos.

O personagem se despediu da série no quinto episódio da 9ª temporada, quando foi levado de helicóptero pilotado pela CRM.

LEIA TAMBÉM:
Última temporada de The Walking Dead pode ser dividida em três partes

“Decisão terrível”

Enquanto Rick Grimes dá os primeiros passos no sentido de reaparecer no universo zumbi de The Walking Dead, o ator que dá vida ao personagem dá mostras de que se arrependeu, mesmo que em tom de brincadeira. Bem-humorado, ele afirmou, em reunião com o elenco em um evento de arrecadação para o Fundo para a Vitória do Senado da Geórgia, que a decisão de sair da série foi “terrível”.

“Eu não sabia o que era o Sul. Nunca estive no Sul. E então fui para a Geórgia e me apaixonei por esta cidade extraordinária, Atlanta. Viver e trabalhar no Sul foi extraordinário… [a Geórgia é] o lugar mais extraordinariamente progressista que já estive na minha vida, e isso foi há 12 anos”.

A arrecadação de fundos virtual transmitida ao vivo reuniu Lincoln com os colegas Danai Gurira (Michonne), Norman Reedus (Daryl), Jeffrey Dean Morgan (Negan), Lennie James (Morgan), Christian Serratos (Rosita) e Sonequa Martin-Green ( Sasha) em apoio aos candidatos ao Senado da Geórgia, Raphael Warnock e Jon Ossoff. Todos do elenco receberam uma declaração de amor especial de Andrew Lincoln.

“Eu amo vocês. Quero dizer, a conexão que tivemos com a cidade, com o lugar, com as pessoas. Arthur – meu filho de 10 anos – não me deixa arrumar um emprego a menos que seja na Geórgia agora. Ele simplesmente sente falta. Ele diz, ‘Me leve de volta!’ Voltei para casa por causa das crianças, e agora eles estão cansados de mim, e gostaria de nunca ter ido embora. Foi uma decisão terrível.”

Filmagens dos filmes com Andrew Lincoln

Mesmo com toda vontade de retornar à Geórgia, ainda não se sabe se AMC Networks e Skybound Entertainment pretendem filmar o filme de The Walking Dead no estado. Recentemente, o elenco completou uma filmagem de seis semanas na estendida 10ª temporada que devem ir ao ar no início de 2021. Lincoln está atualmente em Londres interpretando Ebenezer Scrooge em performances transmitidas ao vivo de “A Christmas Carol”.

Á época de sua saída, Lincoln afirmou: “Existem tantos dias para praticar esportes com seus filhos e realmente ser chamado de pai que você pode perder, então acho que era hora de voltar para alguns dias importantes e apenas estar por perto e ter alguma continuidade de volta para casa”.

Lincoln voltou ao set de The Walking Dead na Geórgia durante as filmagens da 9ª temporada antes de sua estreia como diretor no décimo ano da série, mas conflitos de agenda impediram o ator de ficar atrás das câmeras. A showrunner Angela Kang já disse que a porta está sempre aberta para ele retornar quando quiser. Ainda não se sabe, no entanto, se Rick Grimes aparecerá na décima primeira e última temporada entre 2021 e 2022.

Continue lendo

EM ALTA