Siga-nos nas redes sociais

Curiosidades

Tudo que sabemos sobre o Grupo do Helicóptero no Universo The Walking Dead

Confira todas as informações que já foram reveladas sobre a organização CRM – o grupo do helicóptero – no universo The Walking Dead.

Publicado há

em

A franquia The Walking Dead da AMC ainda está em expansão, com novas séries e filmes e novas conexões entre as duas séries já existentes. O tecido conjuntivo entre todas essas partes móveis é um grupo conhecido como “CRM”.

Tivemos o primeiro vislumbre desse grupo na 8ª temporada de The Walking Dead quando levaram Rick Grimes (Andrew Lincoln) para longe de Alexandria em um helicóptero e em direção à sua próxima aventura cinematográfica.

Eles já apareceram em Fear the Walking Dead também e devem desempenhar um papel importante na terceira série.

Muito do grupo ainda está envolto em mistério, mas aprendemos muito sobre eles, pois as informações foram sendo distribuídas pouco a pouco. (Se você é um fã assíduo da série e prestou atenção saberá disso).

Abaixo você encontra tudo que já sabemos até agora sobre o CRM.

Quem eles são?

O CRM é uma rede de três comunidades que sobrevivem ao apocalipse zumbi, reconstruindo a sociedade em algo parecido com o que existia antes.

Eles têm uma tecnologia melhor do que qualquer outra pessoa vista em qualquer uma das séries até agora, como evidenciado por seus helicópteros e jatos de combate, trajes futuristas à prova de mordidas e edifícios que não são rústicos ou em ruínas.

Eles têm bases domésticas como a comunidade onde moram os personagens do TWD3, e também têm batedores que viajam por aí à procura de suprimentos e novos membros.

O logotipo do grupo é de três círculos interligados, os quais o diretor de conteúdo da franquia The Walking Dead, Scott Gimple, revelou no painel da TWD3 na Comic Con de Nova York que representam as três comunidades.

As iniciais do grupo, CRM, foram reveladas por meio de um documento em Fear the Walking Dead, mas o que as letras representam é desconhecido, embora, possivelmente, sejam as iniciais dos nomes das três comunidades.

LEIA TAMBÉM:
Lista de 6 curiosidades sobre o grupo do helicóptero no universo de The Walking Dead

De onde eles são?

Uma dessas comunidades é o local fortificado em Nebraska, onde os personagens da próxima série cresceram.

Como visto no trailer, Hope (Alexa Mansour) quer deixar sua comunidade menor de 9.671 pessoas e viajar para “a cidade”, que é presumivelmente uma das outras comunidades. A comunidade de Nebraska tem uma aparência de normalidade nunca vista antes em qualquer série de The Walking Dead, e os personagens adolescentes da série cresceram isolados do pior no apocalipse zumbi.

Os outros dois locais ainda não foram vistos e não foram confirmados, mas parece que os espectadores foram expostos a ambos.

As pessoas que pegaram Rick provavelmente não são do mesmo lugar que Isabelle (Sydney Lemmon), a soldado de CRM nascida em Indiana que passou alguns dias com Althea (Maggie Grace) em Fear.

Isabelle estava no Texas, que fica muito longe da região norte da Virgínia, onde Rick foi levado. O “C” em “CRM” não significa “Commonwealth”, porque Scott Gimple disse enfaticamente que Rick não foi levado à comunidade muito avançada dos quadrinhos baseada em Toledo, Ohio.

Mas havia uma referência a Toledo na 9ª temporada de The Walking Dead, de modo que talvez seja onde Maggie (Lauren Cohan) esteja com Georgie (Jayne Atkinson).

O que eles fizeram?

A primeira vez que os espectadores conheceram o CRM foi por meio de Jadis (Pollyanna McIntosh), que negociou com eles em sua condição de líder dos Heapsters. Em troca de suprimentos, ela lhes daria pessoas.

Ela deu Heath (Corey Hawkins), que desapareceu na sétima temporada. Ela tentou dar Negan (Jeffrey Dean Morgan), mas ele frustrou seu plano. Mais tarde, ela quase deu a eles o padre Gabriel (Seth Gilliam), mas mudou de ideia no último minuto.

Finalmente, ela viu Rick deitado na margem do rio e fez a ligação que os convocou a buscá-lo depois que ele havia sobrevivido sendo empalado em vergalhões e explodindo uma ponte, apesar de precisar de cuidados médicos.

CRM e Jadis categorizaram as pessoas como “A” ou “B”. No programa, nunca foi bem explicado o que essas designações significam, mas basicamente ao menos para nós significam “forte” ou “fraco”. Quando o pegaram, Rick era um B.

Em Fear the Walking Dead, Isabelle procurava suprimentos – em particular a gasolina – e fazia reconhecimento em um dos muitos territórios que pertencem ao grupo. Mas os detalhes de sua missão foram altamente classificados.

LEIA TAMBÉM:
Criador de The Walking Dead pode ter confirmado teoria sobre a localização de Rick

O que eles querem?

Os verdadeiros motivos do CRM ainda são desconhecidos.

Seus objetivos não parecem ser malévolos, mesmo que algumas das coisas que eles fazem, como o tráfico de pessoas sequestradas, sejam bem sinistros.

Isabelle era altamente disciplinada e disposta a matar, se necessário – ela matou seu parceiro depois que ele teve um colapso mental que o tornou um passivo de segurança operacional – mas ela poupou Al porque se conectou com ela emocionalmente e romanticamente e Al jurou que não contaria a ninguém sobre ela.

Isabelle não contou a Al nada específico sobre o que o CRM estava fazendo, mas disse que eles estavam construindo para um futuro e é idealista sobre a missão deles.

“Somos uma força que não está vivendo para nós mesmos ou pelo agora”, disse Isabelle a Al. “Você tem suas histórias, já fazendo todos os dias o passado. Temos o futuro.”

Esperamos ter mais informações sobre a CRM ao longo da 10ª temporada de The Walking Dead e quando a nova série derivada estrear no próximo ano!

Quais são as suas teorias sobre o grupo do helicóptero? Compartilhe conosco nos comentários abaixo!

Publicidade
Comentários

EM ALTA