Siga-nos nas redes sociais

Talking Dead

Talking Dead Brasil #12 – Jack Osbourne, Marilyn Manson e Gale Anne Hurd

Sabrina Picolli

Publicado há

em

O Talking Dead do último domingo contou com a participação de Jack Osbourne, Marilyn Manson e da produtora executiva da série de TV, Gale Anne Hurd, falando sobre o episódio 4×03 de The Walking Dead, “Isolation” (Isolamento) – Carol confessa ter matado David e Karen, o pátio da prisão começa a se transformar em um cemitério e a gripe continua dizimando os seus moradores.

CHRIS HARDWICK: Carol foi a grande surpresa. Suspeitei um pouco no começo, mas não imaginei que seria assim, “Você matou Karen?” e ela “Sim, matei” e simplesmente saiu caminhando. Há quanto tempo vocês vem planejando isso?

GALE ANNE HURD: Bem, nós temos mentes doentias na sala de roteiristas, é um lugar bom de se estar. Eu acho que isso foi resolvido entre as temporadas.

CH: O que vocês acham? Não que ela seja má, ela não está fazendo nada errado, é que…

MM: Activia. Ela parece estar precisando. Eu acho que as pessoas estão assim por que não defecam…

(risos constrangidos)

CH: Eu recebo esta pergunta o tempo todo, se por acaso os walkers não fazem cocô!

GAH: Vocês querem que os walkers comam probióticos?

JACK OSBOURNE: – risos –

MM: Não, não… Talvez o problema não seja o Activia, mas é que ela tem agido estranho.

CH: Ela não estava estranha, mas é que durante toda a temporada ela tem agido de uma forma, não fria, mas extremamente lógica, bastante lógica em relação ao que deve ser feito, e Rick se deu por conta de que ela não sente a menor vergonha, ela fez o que precisava fazer. O que você acha?

JO: Eu acho que todos os principais personagens da série tem esse arco de história, uma trajetória solidária, e acabam passando por esta fase “assassino a sangue frio” e superando depois. Acho que Carol está passando por essa fase agora.

CH: Carol é bastante maternal, é muito protetora, e já passou por crises antes, assim como todos, e eu não sei se ela está simplesmente se transformando ou se sempre foi assim.

MM: Eu acho que ela está é precisando dormir com Daryl. Eu não sei, é estranho. Eu adoro o fato de ser um show de zumbis, mas essencialmente ele é sobre moralidade. Aí temos Rick Grimes que, por boa parte do show, tentou fazer o que achava certo. Mas nesta situação em que eles estão, sob um ataque zumbi, não há regras. A moralidade volta a um nível básico, primitivo. Você precisa reagir, e o grande erro dele foi querer salvar todo mundo, incluindo Shane, as crianças, a esposa…. você deve saber que existem estudos relacionando o formato da orelha com comportamento criminal, e Shane…

GAH: Por isso cobrimos as orelhas! (risos)

Talking-Dead-Episodio-S04E03-Isolation-001

MM: Mas houve realmente uma perda muito maior quando ele matou Shane do que quando a esposa morreu. Eu entendo, foi uma cena forte, intensa. O chapéu também é bastante simbólico…

CH: Mas voltando à Carol, ela simplesmente queimou os cadáveres?

JO: Bom, agora existe uma situação de dúvida aqui. Estas pessoas realmente morreram? Elas se transformaram? Havia um rastro de sangue no chão, então eu acho que elas já estavam mortas, e ela apenas os cremou. Eles estão contaminados com aquele vírus, e ela apenas fez o que se faz neste tipo de situação, já que eles estavam infectados e doentes.

CH: Alguma informação que você possa dar?

GAH: Eu acho que presume-se que eles ainda não estivessem mortos. Bem, ninguém sabe, não há peritos criminais lá, não há como enviar os CSI.

MM: Por isso acho o chapéu simbólico. Rick o usava quando era o líder. Era como você ver um jaleco branco e dizer que é de médico, ou um chapéu de fazendeiro, e o fato de Rick deixar de usar o chapéu sinalizou a mudança na ordem das coisas, as pessoas passaram a tomar suas próprias decisões, mas eles precisam de um líder.

CH: Bem, eu acho que a Carol poderia ser uma líder neste ponto. Ela parece estar apta a tomar decisões difíceis agora, está treinando as crianças, é parte do Conselho. Você acha que a ação dela terá consequências?

JO: Bom, acho que há questões a serem respondidas antes. Eles estavam vivos? Eles se transformaram? Ou ela simplesmente decidiu que seria assim?

MM: Sim, eu acho que ela pode ter sido o juiz, o júri, ter decidido que assim seria. Acho que ela está levando para o lado pessoal, está chateada com todas as coisas acontecendo na vida dela, ela está sem sexo… eu não sei para onde ela está dirigindo as emoções dela.

CH: Eu acho que Carol pensa muito bem e age de acordo com o nível de necessidade, na verdade. O raciocínio dela seria: “isso vai acontecer, ninguém quer resolver, eu irei então resolver.” Ela não mentiu a respeito, ela afirmou que foi ela, e estava bastante tranquila e segura ao dizer que sim, foi ela quem matou. Não me parece algo de alguém que está chateado…

GAH: Eu acho que é uma combinação. Por que sim, ela está chateada com a disseminação do vírus, ela está tentando parar com aquilo da maneira como pode, e ela não tem como voltar atrás em suas decisões.

Talking-Dead-Episodio-S04E01-30-Days-Without-an-Accident-005

• No primeiro intervalo do programa o quadro In Memorian homenageia os mortos durante o episódio:
– Os Zumbis que estavam incomodando Carol
– Os Walkerss na floresta
– Os Walkers no meio da estrada (SAIAM!!!!)
– Os Walkers debaixo das rodas do automóvel
– Os Walkers bloqueando a estrada
Por favor, lembrem-se disso ao dirigir durante o apocalipse zumbi:
A mega-horda sempre tem a preferência de passagem.

CH: Gale, por que Tyreese resolveu agredir Rick?

GAH: Bem, há várias razões. Primeiro Rick diz “eu sei como você se sente.” Bem, não é verdade. Segundo, ele tenta dizer a Tyreese o que Karen gostaria que ele fizesse, e eu acho que este foi o estopim.

CH: Tyreese parece ser uma pessoa tão pacífica naquele mundo, há algo nele diferente que o esteja mudando?

GAH: Nada de ruim aconteceu para ele até este momento. É a primeira vez que o apocalipse zumbi realmente o atingiu pessoalmente.

MM: Ele parece já estar habituado a lutar com os zumbis, ele é um cara grande.

CH: Sim, com certeza. E Rick está voltando daquele seu momento “fazendeiro”…

MM: Sim. Eu acho que ele não confia na opinião de Rick, por que Rick já andou meio maluco, além de no começo ter recusado a entrada dele no grupo.

Talking-Dead-Episodio-S04E03-Isolation-002

CH: O que vocês acham que aconteceu com o Tyreese?

JO: Eu acho que ele finalmente acordou o badass que existe nele!

MM: Sim, eu concordo, mas acho que Rick estava tentando acordá-lo. Se continuasse daquela maneira, Tyreese acabaria comido por zumbis. Então resolveu o espancar…

JO: Às vezes você precisa ser acertado no rosto pra finalmente acordar. Imagina, você ser acertado no rosto e finalmente desperta todo o seu potencial?

GAH: E se você for acertado no rosto e ganhar uma concussão? (Risos) Bem, vocês já viram isso, Rick não controla a raiva, ele não sabe quando parar.

CH: Como ele pode ser um líder se não controla as suas emoções?

GAH: Por que ele pode mantê-los seguros.

MM: Por que ele é bonitão. E quando ele voltar a usar o chapéu eu garanto, as coisas vão mudar.

GAH: É como no Village People, certo?

JO: (risos) É, e precisa-se de um cowboy!

CH: Pergunta do Facebook: Você acha que é importante se importar com os outros durante o apocalipse zumbi ou o que deve valer mesmo é a sobrevivência?

JO: Eu acho que é como na vida real, você se importa com as pessoas, aí elas morrem e pronto!

MM: Eu acho que é quase como na vida real. Eu sempre uso os zumbis como uma metáfora de quando se está preso em uma situação. Se te dão um papel e uma caneta você pode escrever uma carta de despedida antes de se suicidar, você pode agredir alguém a golpes com a caneta, você tem opções limitadas. Então você precisa reagir e viver uma situação, mas quando se trata de sobrevivência… talvez sejam as escolhas que Rick esteja encarando. Tipo, você sabe que o cara está transando com a sua mulher, você tem vontade de mata-lo, mas sabe que se fizer isso será preso. Ou seja, há moralidade mas também há escolhas, e o pragmatismo também existe: eu mato alguém e não vou preso, mas que tipo de consequências isso irá causar? É o efeito borboleta…
(risos)

Talking-Dead-Episodio-S04E03-Isolation-004

CH: Temos um fã ao telefone fazendo uma pergunta: O que você acha que aconteceria com Carol se Lizzy morresse?

GAH: Bem, eu realmente não sei. Carol já perdeu Sophia, e eu acho que ela simplesmente voltou da morte, e se recuperou.

• O bloco seguinte inicia com perguntas da plateia:

– Tyreese estava no carro, não saiu, ficou por lá… o que aconteceu durante o ataque da mega-horda?

GAH: Bem, eu acho que Tyreese tinha planos de desistir, mas que, em algum momento, ele acabou acordando e se manifestando, “Aqui estou eu, me esperem!” E talvez ali ele tenha decidido e talvez… bem, vamos ver se ele se sai dessa.

JO: Pra mim ele passou a sensação de “Ohhhh, eu tenho mesmo que fazer isso?” (risos) “Eu realmente tenho que ir lá fora martelar a cabeça de milhares de zumbis?”

CH: O que eu vejo nesse episódio é o despertar, tanto de Tyreese como de Rick. Tyreese é o cara que você gostaria de ter em seu grupo por ser grande, forte.

GAH: Ele é forte, mas não gosta de matar zumbis…

CH: …mas ele acordou agora, e talvez todo esse problema que a Carol causou tenha sido algo bom, no final das contas.

MM: Foi o que eu quis dizer com o despertar deles no momento em que Rick soqueava Tyreese.

GAH: Talvez seja um pouco de tudo.

CH: Rick estava quieto, na sua fase fazendeiro, e de repente toda a raiva faz com que ele ressurja. Mas ele finalmente acordou, Tyreese finalmente acordou. Vocês acham que o grupo deixou Tyreese para morrer quando eles entraram na floresta e o deixaram para trás?

JO: Uma das coisas que eu fico pensando é que bem, o mundo morreu, nós precisamos de uma estratégia – é isso o que faremos no apocalipse zumbi…

GAH: …é exatamente o que a Carol faz…

JO: Sim, mas a sensação que dá é que quando a m… bate no ventilador é cada um por si!

Talking-Dead-Episodio-S04E03-Isolation-005

CH: Qual foi a sua reação ao ver os walkers sob a roda do carro?

JO: Bom, esta é uma das regras do apocalipse zumbi. Todo mundo sabe disso! Você não pode dirigir contra uma horda de walkers! Você certamente vai acabar preso!

• Neste momento foi mostrado o making of da cena onde o carro tenta passar sobre uma pilha de walkers, quando Daryl, Michonne, Tyreese e Bob saem em busca das medicações na faculdade de Veterinária. Também foram mostradas as cenas de luta entre Michonne e sua katana com os zumbis, bem como Tyreese e seu martelo.

CH: Quanto tempo levou para filmar esta cena?

GAH: Levou bastante tempo. Não contamos o tempo como o fazemos em um longa-metragem, mas levou cerca de quatro horas. Eu só tenho como dar uma estimativa, pois, na verdade, eu não estava lá.

MM: Eu acho que TWD acabou tendo esta qualidade de cinema em um show de TV, e muito melhor do que muito filme. Tanto a atuação como os efeitos especiais, é tudo muito bem feito.

• Em seguida, durante o intervalo, foram reveladas algumas curiosidades a respeito do episódio:
– O showrunner Scott Gimple inspirou-se no livro “A Peste” de Albert Camus ao criar o vírus. Este episódio enfatiza o perigo de se viver em locais fechados quando surge uma doença.
– Andrew Lincoln diz que, a essa altura, Rick não reconhece mais quem realmente é Carol. “Enquanto Rick andou longe do grupo, ela se transformou em Don Corleone.”
– Após ter sido banhada em tripas de walker na temporada anterior, Danai Gurira estava feliz por ter se mantido limpa neste episódio. E ela ficou duplamente feliz em ver Chad Coleman coberto de tripas no seu lugar.

CH: Como vocês conseguem levar a mega-horda das páginas do roteiro para a tela?

GAH: Bem, temos nosso supervisor de efeitos especiais que, juntamente, com Greg Nicotero, cria todos os nossos zumbis, quem são, quantos serão necessários e quantos serão acrescentados na mesa de efeitos especiais. E realmente é tão bem feito que fica difícil distinguir quem são os verdadeiros zumbis e quem são os que foram acrescentados posteriormente.

Talking-Dead-Episodio-S04E03-Isolation-006

CH: O que você achou da horda?

JO: Eu acho que com fósforo e muita gasolina teria sido possível acabar com a horda! Talvez fosse interessante levar Carol lá também para torrar os corpos. (risos).

CH: Eu não havia visto ainda Carl e Hershel se aventurando fora da prisão. Você acha que realmente dentro da prisão é mais perigoso do que lá fora? Eu sei que vocês criaram esta ameaça para mostrar que nenhum lugar é seguro, nem mesmo dentro da prisão, e foi uma boa ideia. Então, para vocês é mais assustador lá dentro ou lá fora?

GAH: Bem, eu sou meio fóbica com germes, então prefiro estar do lado de fora.

MM: É difícil, lá dentro há germes, há toda uma comunidade, e eles estão tendo que lutar também com os zumbis do lado de fora…

CH: Você imagina a horda chegando à prisão?

JO: Oh, não, acho que eles vão passar reto! (risos)

MM: Deverá ter um pastor de walkers!

CH: E quem poderia ser este pastor de walkers? Você, Marilyn Manson? (risos)

MM: O Governador tem que ser este pastor. Ele e Rick tiveram problemas, o Governador tinha esta comunidade que estava sob o comando dele, impondo-se na base do medo. Rick, ao contrário, mantém a liderança baseada em uma democracia. Então eu acho que o Governador pode levar os zumbis para lá, afinal ele é tão mau que é capaz de fazer isso. Seria uma vingança pessoal.

GAH: Na verdade Hershel é que está fazendo a coisa certa. Ele sabe que muitas daquelas pessoas não irão sobreviver até a chegada dos medicamentos e está tratando as pessoas com o que ele tem em mãos.

• O bloco seguinte abre com mais uma pergunta da plateia.

– O que você pode nos falar a respeito do rádio?

GAH: Bem, aqueles aqui que leem a HQ podem já ter uma indicação do que possa ser ou do que não possa ser, mas eles falaram em “Santuário”, e nós sabemos que um santuário neste mundo pode ser algo complicado. Pode ser um lugar que você queira ir e que pode realmente ser um santuário, mas pode não ter nada a ver com isso.

MM: É uma armadilha. O Governador.

CH: Será? Você acham que pode ser o Governador, Jack?

JO: Bem, ele irá aparecer em algum momento desta temporada, mas eu não acho que tenha sido ele no rádio. Provavelmente seja alguma outra “tribo” que esteja se comunicando, que ainda tenha alguma tecnologia, então eu realmente estou interessado em saber como as coisas irão acontecer.

CH: E sobre aquela cena de Carl apontando para o walker e Hershel dizendo para não atirar?

GAH: Bem, pense no tamanho da culpa que Carl sente por não ter atirado no walker preso na lama e que acabou comendo Dale, e também pela culpa por ter atirado no garoto de Woodbury. Ele aprendeu com aquilo. Finalmente ele saiu daquele estado de “primeiro atire, pergunte depois.”

MM: Eu acho que Carl desenvolveu essa raiva depois de ter atirado em sua mãe. Ele realmente achou que deveria atirar em tudo, até que aprendeu que ele não precisa atirar sempre.

CH: Exatamente. E eu fico pensando em como ensinar uma criança que atirar em um está ok, mas não estão ok atirar em outro…

JO: Eu não acho que seja necessário matar todos o tempo todo. Alguns você precisa matar na hora, mas olhe aqueles: um preso debaixo de uma árvore, o outro é bastante lento. Não há ameaça aqui.

CH: Por que o que se vê nas pessoas ao redor é que eles não tem problemas em matar todos os walkers.

GAH: Sim, olhe nas cercas.

CH: Então, como ensinar uma criança, crescendo neste mundo, quando é hora de matar e quando não é?

MM: Bata neles! (risos)

CH: Você não pode bater neles com uma arma!!! Não!

GAH: É exatamente o que Hershel está tentando ensinar a ele.

JO: Ok, e a questão dos ratos? Quem está alimentando os ratos na cerca? Eu não acho que Carol esteja fazendo isso!

CH: Eu não sei. Talvez isso seja algo no qual o Governador esteja envolvido. Outra pergunta no Facebook: Vocês acham que eles devem continuar na prisão ou devem procurar um outro lar?

GAH: É tão fácil encontrar um novo lar.

JO: Internet: “Estamos procurando por uma nova prisão abandonada, alguém pode nos ajudar?” (risos)

• No último quadro é exibido o sneak peek do próximo episódio de The Walking Dead.

CH: Bem, eles chegaram! Eles chegaram em algum lugar (falando sobre o sneak peek). Bem, há mais uma pergunta feita feita por um fã: Que personagens deixam você mais entusiasmada nesta temporada?

GAH: Acho que Carol e Tyreese. Carol evoluiu bastante, vemos ela mostrando tantas mudanças. E Tyreese também evoluiu muito da temporada passada para cá.

CH: Muitos deles evoluíram muito e chegaram a outro patamar: Rick superou tudo, Tyreese despertou, Michonne está tendo excelentes momentos, Carl… realmente é um momento de as pessoas saírem de suas conchas.

MM: Um palpite… Eu acho que Michonne e Daryl vão… (risos)

CH: Você acha que Michonne e Daryl vão se pegar?

JO: E eles vão ter os mais incríveis guerreiros bebês contra zumbis! (risos)

MM: Eu vejo algum magnetismo entre eles, e é irônico, já que o irmão dele era meio racista.

CH: Mas Daryl mudou muito!

MM: Exatamente. E eu vejo isso no olhar… Eu acho muito possível que eles fiquem juntos.

• No final do programa foi divulgado o resultado da enquete da noite:

“O conselho é realmente uma escolha melhor para gerenciar a prisão do que a Rictatorship?”

59% – Sim, nenhum homem consegue fazer isso sozinho.
41% – Não, a comunidade estaria mais segura sob as regras de Rick.

E NO PRÓXIMO TALKING DEAD:

Chris Jericho e Gilian Jacobs

Talking-Dead-Episodio-S04E03-Isolation-007

VEJA TAMBÉM:

Talking Dead Brasil #11 – Greg Nicotero, Doug Benson e Hayley Williams

Talking Dead Brasil #10 – Scott M. Gimple e Nathan Fillion

Talking Dead Brasil #9 – Painel de The Walking Dead na Comic Con 2013

Talking Dead Brasil #8 – Yvette Nicole Brown, Chad Coleman e Norman Reedus

Galeria de imagens do Talking Dead

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Talking Dead

CORONAVÍRUS | Talking Dead cancela programa do episódio de hoje de The Walking Dead

O Talking Dead, que normalmente é transmitido ao vivo após os novos episódios de The Walking Dead, ficará ausente neste domingo.

Diana Monteiro

Publicado há

em

O Talking Dead, que normalmente é transmitido ao vivo após os novos episódios de The Walking Dead, ficará ausente no domingo, 15 de março, em meio a preocupações com Coronavírus, anunciou a AMC na sexta-feira.

O episódio que seria transmitido ao vivo após o episódio 12 da 10ª temporada, dirigido por Greg Nicotero, “Walk With Us“, teria marcado o retorno no Talking Dead do ex-ator de Jesus, Tom Payne, que estava programado para aparecer ao lado de dois membros surpresa do elenco.

O anúncio veio apenas algumas horas depois que a AMC Networks atrasou a pré-produção na 11ª temporada de The Walking Dead em três a quatro semanas e colocou uma pausa de três semanas na sexta temporada do spin-off Fear the Walking Dead.

“Queríamos que você soubesse que, à luz de tudo o que está acontecendo, o #TalkingDead ficará temporariamente escuro neste domingo, 15 de março”, twittou a conta oficial do Talking Dead na sexta-feira. “Cuidem de si e uns dos outros! Entraremos em contato em breve.”

LEIA TAMBÉM:
CORONAVÍRUS | Roteiristas de The Walking Dead estão trabalhando remotamente por causa do surto

O programa apresentado por Chris Hardwick, Talking Dead, agora se junta ao crescente número de produções de televisão e cinema adiadas por preocupações com a pandemia de coronavírus.

Os programas de auditório “Jeopardy!” e a “Wheel of Fortune” renunciarão à gravação com o público tradicional de estúdio ao vivo, uma abordagem replicada por programas de entrevistas diurnos como o “Dr. Phil”, o “Ellen DeGeneres Show” e o “The View”. Apenas alguns dias atrás, os talk shows noturnos, incluindo “The Tonight Show”, estrelado por Jimmy Fallon, “Late Night With Seth Meyers” e “The Late Show With Stephen Colbert”, suspenderam a produção por pelo menos duas semanas.

Embora o Talking Dead às vezes tenha pré-gravado episódios, o programa voltado para fãs geralmente é transmitido ao vivo na frente de uma plateia.

Um membro selecionado do público tem a chance de usar um microfone, em frente ao sofá do Talking Dead, e perguntar aos convidados – normalmente elenco e equipe de The Walking Dead, ou fãs celebridades do drama sobre zumbis – perguntas sobre o episódio de domingo de The Walking Dead.

Talking Dead, da AMC, é o primeiro pós-show ao vivo da rede que serve como plataforma de discussão para a série da AMC, The Walking Dead. Talking Dead vai ao ar imediatamente após a estréia da transmissão de novos episódios de The Walking Dead. O AMC Talking Dead mostra Hardwick passando tempo com fãs, atores, produtores e entusiastas da TV, recapitulando o episódio mais recente do Dead, fornecendo bônus exclusivos e discussão dos próximos episódios e recebendo perguntas e comentários dos telespectadores.

Nenhuma informação foi revelada sobre os próximos episódios do Talking Dead da 10ª temporada de The Walking Dead. Informaremos aqui quando novas atualizações saírem.

Continue lendo

7ª Temporada

Khary Payton, Dana Gould e Chloe Bennet estarão no Talking Dead do episódio S07E02 – “The Well”

Rafael Façanha

Publicado há

em

Neste domingo (30/10), vai ao ar mais um episódio da nova temporada do talk show Talking Dead – imediatamente após o segundo episódio da sétima temporada de The Walking Dead, “The Well”. Junto ao apresentador Chris Hardwick, nesta semana, teremos Khary Payton (Rei Ezekiel), Dana Gould (comediante) e Chloe Bennet (Agents of Shield). Eles comentarão sobre o episódio da noite e responderão perguntas ao vivo durante a transmissão, então acessem TalkingDead.com para enviar suas perguntas.

Durante o show, aproveitem para votar na pesquisa online e fiquem ligados nos resultados que Chris Hardwick apresentará no ar. No dia seguinte, retorne ao TalkingDead.com para ver os vídeos exclusivos e fotos do episódio e não esqueça de visitar o Walking Dead Brasil para conferir o nosso quadro Talking Dead Brasil, onde recapitulamos o episódio da semana.

talking-dead-s07e02

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, vai ao ar aos domingos no AMC Internacional, às 23h, e no FOX Action (canal do pacote premium FOX+) e FOX Brasil, às 23h30. Confira todas as notícias sobre a sétima temporada.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.

Continue lendo

7ª Temporada

The Walking Dead S04E10 – S07E01: Em memória de Abraham Ford

Gabriel Simonassi

Publicado há

em

Sempre com frases profundas e filosóficas, o Sargento Abraham Ford chegou em The Walking Dead na quarta temporada junto com seus companheiros com uma simples missão: levar Eugene até Washington. Desde a sua chegada, Abraham se mostrou um personagem forte e determinado, sempre com algumas belas palavras para dividir com seus colegas e com o público.

Acompanhar o desenvolvimento desse personagem foi uma experiência muito intrigante. Vimos Abraham lutar por Eugene, lutar COM Eugene, vimos suas esperanças serem destroçadas e reconstruídas, sua sanidade chegar na beira do penhasco e voltar, mas também vimos a aceitação do mundo como está, uma aceitação tão grande que o fez inclusive perceber que poderia até ser pai, mesmo em meio ao caos.

Infelizmente, depois deste último episódio, onde tivemos de nos despedir de Abraham, não sabemos o que é maior: a saudade do personagem, a tristeza com a brutalidade de sua morte ou o bigode de Michael Cudlitz, que vivenciou o sargento boca-suja mais destemido do pós-apocalipse. O programa The Talking Dead preparou, na última semana, um pequeno memorial de Abraham – que se despediu da série na estreia da sétima temporada. Vocês podem conferir o vídeo legendado a seguir.

Como assuntos inacabados dão coceira no rabo de Abraham, não poderíamos finalizar esta matéria sem agradecer a Michael Cudlitz por todos esses anos dedicados ao universo de The Walking Dead! Toda a equipe do Walking Dead Brasil deseja toda a felicidade do mundo e muito sucesso! Obrigado, Michael! <3

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, vai ao ar aos domingos no AMC Internacional, às 23h, e no FOX Action (canal do pacote premium FOX+) e FOX Brasil, às 23h30. Confira todas as notícias sobre a sétima temporada.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Legenda: Gabriel Simonassi / Staff Walking Dead Brasil

Continue lendo

EM ALTA