Siga-nos nas redes sociais

Destaque

6 Séries de Zumbis que você precisa ver na Netflix

Confira uma lista de 6 séries de zumbis disponíveis na Netflix para você assistir e se preparar para o apocalipse.

Rafael Façanha

Publicado há

em

Não é segredo para ninguém que desde que The Walking Dead se tornou um fenômeno mundial, os zumbis voltaram à voga. De lá para cá, uma infinidade de filmes no tema mortos-vivos voltaram a tomar conta das telas de cinema e de serviços de streaming. Entretanto, não são apenas longa metragens que seguiram o caminho do sucesso zumbi. Há na Netflix – principal serviço de streaming atual – uma infinidade de séries para os consumidores do gênero dos comedores de cérebro.

LEIA TAMBÉM:
Army of the Dead | Tudo que sabemos sobre o novo filme de zumbis da Netflix
Assista ao primeiro trailer de Zumbilândia 2

Pensando nisso, separamos 6 das melhores séries de apocalipse zumbi que estão disponíveis na Netflix para você maratonar no fim de semana. Acompanhe a lista abaixo:

1. Kingdom

(CLIQUE AQUI PARA ASSISTIR “KINGDOM”)

O príncipe herdeiro da dinastia Joeon assume a missão de investigar uma misteriosa epidemia que assolou a população local. Lá, o jovem não demora a perceber que a situação é ainda pior do que ele imaginara. Agora, ele precisa travar a batalha mais violenta de sua vida a fim de proteger seu reino.

SINOPSE NETFLIX: Estranhos rumores sobre a doença do rei deixam todos aterrorizados. Agora, o príncipe herdeiro é a única esperança contra a misteriosa epidemia.
ELENCO: Ju Ji-hoon, Ryu Seung-ryong, Bae Doona e mais.
ANO DE LANÇAMENTO: 2019
TEMPORADAS DISPONÍVEIS: 1
TRAILER DA 1ª TEMPORADA:

2. Z Nation

(CLIQUE AQUI PARA ASSISTIR “Z NATION”)

Ambientada três anos após um Apocalipse Zumbi ter destruído o país, um grupo de “heróis do dia-a-dia” deve transportar o único sobrevivente de Nova York para a Califórnia, onde ainda existe um laboratório viral esperando pelo sangue do sobrevivente.

SINOPSE NETFLIX: Um grupo embarca em uma perigosa jornada pelo país para levar o único sobrevivente de uma epidemia zumbi a um centro de pesquisas.
ELENCO: Kellita Smith, Keith Allan, Russell Hodgkinson e mais.
ANO DE LANÇAMENTO: 2014
TEMPORADAS DISPONÍVEIS: 5
TRAILER DA 1ª TEMPORADA:

3. Black Summer

(CLIQUE AQUI PARA ASSISTIR “BLACK SUMMER”)

Situado no escuro, nos primórdios de um apocalipse zumbi, uma mãe que foi arrancada de sua filha, embarca em uma jornada angustiante para encontrá-la. Ela terá que tomar decisões brutais para lutar contra os zumbis.

SINOPSE NETFLIX: Nos primeiros dias de um sombrio apocalipse zumbi, estranhos se unem para sobreviver e voltar para aqueles que amam.
ELENCO: Jaime King, Justin Chu Cary, Christine Lee e mais.
ANO DE LANÇAMENTO: 2019
TEMPORADAS DISPONÍVEIS: 1
TRAILER DA 1ª TEMPORADA:

4. Santa Clarita Diet

(CLIQUE AQUI PARA ASSISTIR “SANTA CLARITA DIET”)

Sheila e Joel são marido e mulher, corretores de imóveis com vidas um pouco descontentes em Santa Clarita, no subúrbio de Los Angeles, com sua filha adolescente Abby – até que Sheila passa por uma mudança radical que leva suas vidas a um caminho de morte e destruição… Mas de um jeito bom. Depois de ter alguns problemas, Sheila acaba vomitando uma estranha bola vermelha e passa a comer apenas carne humana. Sempre apoiada pela família, Sheila embarca nessa nova jornada morta-viva, ficando cada dia mais linda e disposta com a nova dieta milagrosa.

SINOPSE NETFLIX: Um casal de corretores vive na normalidade, até que ela passa por mudanças dramáticas que os levam ao caos, com mortes e destruição só que de um jeito positivo.
ELENCO: Drew Barrymore, Timothy Olyphant, Liv Hewson e mais.
ANO DE LANÇAMENTO: 2017
TEMPORADAS DISPONÍVEIS: 3
TRAILER DA 1ª TEMPORADA:

5. Highschool of the Dead (Animação)

(CLIQUE AQUI PARA ASSISTIR “HIGHSCHOOL OF THE DEAD”)

A história segue inicialmente as tentativas de fuga ou a luta pela sobrevivência dos personagens, mas quando a série começa a progredir, introduz as questões relacionadas com o colapso da sociedade, os sobreviventes que se tornam perigosos, incluindo a possível destruição dos códigos morais humanos.

SINOPSE NETFLIX: Um grupo de estudantes com um arsenal de armas caseiras se prepara para uma infestação de zumbis que toma conta do mundo.
ELENCO: Junichi Suwabe, Marina Inoue, Miyuki Sawashiro e mais.
ANO DE LANÇAMENTO: 2010
TEMPORADAS DISPONÍVEIS: 1
TRAILER DA 1ª TEMPORADA:

6. The Walking Dead

(CLIQUE AQUI PARA ASSISTIR “THE WALKING DEAD”)

The Walking Dead conta a história de um pequeno grupo de sobreviventes de um apocalipse de zumbis, ou “walkers”, como os personagens os denominam. A maior parte da história se passa nos arredores de Atlanta e, em seguida, em torno da região rural do norte da Geórgia. Os sobreviventes são vistos em busca de refúgio e de um local seguro, longe das hordas de mortos-vivos, que devoram pessoas e cuja mordida é infecciosa para os seres humanos. Os sobreviventes tem conhecimentos limitados sobre o que realmente está acontecendo no mundo. O enredo da série é voltado principalmente para os dilemas que o grupo enfrenta, como a luta para manterem-se vivos, os sentimentos confusos e os desafios do dia-a-dia em um mundo hostil e praticamente dominado por mortos-vivos. O grupo é liderado por Rick Grimes, que ocupava o posto de vice-xerife de uma pequena cidade antes do surto de zumbis. Juntos precisam adquirir novos meios apropriados de convívio social agora que as estruturas da sociedade entraram em colapso e a realidade se tornou atípica.

SINOPSE NETFLIX: Descobriremos como é a vida na Terra após um apocalipse zumbi, em que a enorme maioria da população da terra foi infectada por um vírus misterioso que os transforma em mortos-vivos. Os poucos humanos que sobreviveram à epidemia agora devem se unir para encontrar um novo lar, longe dos zumbis.
ELENCO: Andrew Lincoln, Sarah Wayne Callies, Jon Bernthal e mais.
ANO DE LANÇAMENTO: 2010
TEMPORADAS DISPONÍVEIS: 8
TRAILER DA 1ª TEMPORADA:

BÔNUS: Reality Z

Reality Z terá cinco episódios na primeira temporada e tem previsão de estreia para 2020. A série contará com participação especial da apresentadora Sabrina Sato. O elenco é formado por Guilherme Weber, Ana Hartmann, Emilio de Mello, Carla Ribas, Luellem de Castro, Ravel Andrade e Jesus Luz.

A trama é sobre um apocalipse zumbi que deixa participantes e produtores de um reality show chamado Olimpo, a Casa dos Deuses, aprisionados durante uma noite de eliminação do programa. O estúdio passa a ser um lugar seguro para quem está fugindo do caos. A série promete misturar comédia, drama e terror.

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Destaque

CRÍTICA | The Walking Dead S10E18 – “Find Me”: O amor no apocalipse – e como perdê-lo

Find Me foi o décimo oitavo episódio da décima temporada de The Walking Dead. Veja a nossa crítica ao episódio e discuta conosco.

Avatar

Publicado há

em

Daryl e Cachorro caminhando em imagem do episódio Find Me da 10ª temporada de The Walking Dead

Atenção! Este conteúdo contém SPOILERS do décimo oitavo episódio, S10E18 – “Find Me”, da décima temporada de The Walking Dead. Caso ainda não tenha assistido, não continue. Você foi avisado!

A notícia de que The Walking Dead nos daria mais seis episódios na 10ª temporada para não deixar os fãs carentes de novas histórias antes do início dos últimos episódios – uma vez que o programa de TV terminará na 11ª temporada, que estreia ainda este ano – deixou todos muito felizes. A possibilidade de ver como os sobreviventes ficaram após o fim do confronto com os Sussurradores, o retorno de Maggie, a chegada de Hershel Jr., a busca por Connie, enfim. Uma série de peças para serem completadas neste quebra-cabeça antes de começar o ano derradeiro da série.

Só que ao mesmo tempo em que lacunas buscam ser preenchidas nestes episódios, os produtores fazem questão de abrir outras e criar mais expectativa, história e teorias entre os fãs. Desta vez, a pergunta que nos fazemos é: onde estará Leah? O interesse amoroso de Daryl, estranhamente nunca mencionado antes, deixou o suposto amado e o Cão para procurar sabe-se lá o que, e agora temos mais este ponto de interrogação sobre nossas cabeças.

Enquanto isso, Carol, que muitos ainda insistem em dizer que tem algum interesse em Daryl, precisa encarar as consequências de suas escolhas e encontra cada vez menos abrigo com o amigo. Todos os traumas pelos quais a personagem passou durante os anos do apocalipse zumbi parecem assombra-la, e ela hoje é refém das próprias decisões equivocadas, que não a deixam fugir por querer aparar as arestas, mas também não a deixam confortável onde está. Por isso este eterno dilema sobre o local onde Carol pertence.

“Find Me”, no entanto, mostrou-se um bom episódio, que serviu para conhecermos a origem do Cão – o verdadeiro herói de The Walking Dead – e para nos mostrar como Daryl se ocupou – ou com quem ele se ocupou – durante o período em que se afastou do grupo para procurar por Rick. Por mais que tenhamos muito poucas respostas sobre nossos principais questionamentos sobre a série, estes capítulos bônus têm nos dado uma boa dose de enredos interessantes, mesmo com as limitações de produção impostas pela pandemia.

Particularmente não me agrada a obsessão que as produções de TV têm em colocar um interesse amoroso para todos os personagens. Acho que alguns deveriam ter a escolha de ficarem sozinhos, mas é notório que o público, em sua grande maioria, gosta de casais e da ideia de que, no fim, todos têm o direito de encontrar o amor, então sou voto quase que vencido. Além do mais, a chegada de Leah pode explicar o porquê de o interesse, que parecia ser mútuo, entre Connie e Daryl, não foi para frente – pelo menos por enquanto.

Leah e o Cão – Find Me

Daryl e Carol saem juntos para caçar na interminável moto, que, mesmo depois de tantos anos, ainda funciona bem e tem combustível! Próximo a um rio, Carol pesca alguns peixes em um momento que, à primeira vista, relembra aqueles bons momentos da dupla. Tudo serviria apenas como um flashback das memórias que Daryl teve com Leah, a misteriosa dona do Cão com quem ele teve alguns encontros ao longo dos anos de reclusão – inclusive a frase “só se nós deixarmos”.

No meio do caminho o Cão parece reconhecer que eles estão próximos de onde ele costumava morar. Ao partir em disparada, Daryl e Carol o seguem e se encontram na cabana onde Leah morou. Carol descobre que foi ali que o interesse amoroso de Daryl viveu, e então o capítulo começa a explicar como surgiu a relação.

Após a explosão da ponte que resultou no desaparecimento de Rick, Daryl deixou o grupo para procurar pelo “irmão”. Ele é um dos poucos que ainda acredita que o xerife está vivo por nunca ter encontrado nenhum corpo que remeta ao ex-líder de Alexandria. No exílio, ele tem encontros esporádicos com Carol, a única pessoa que parece ter abertura suficiente para conversar com o amigo e, eventualmente, tentar convencê-lo a voltar ao convívio com os outros.

Em um destes momentos de solidão, em um flashback datado de cinco anos atrás – ou seja, pouco mais de um ano depois do desaparecimento de Rick – Daryl encontra o Cão ainda filhotinho, mas ele está sem a dona. Meses depois o cachorro novamente o encontra e desta vez o guia para a cabana, onde Leah o recebe de maneira hostil. A mulher vive sozinha e quer manter as coisas deste jeito, então tem dúvidas se Daryl deve ou não continuar vivo. Ela acaba por decidir libertá-lo e, então, os dois começam a se encontrar, também esporadicamente, em intervalos de meses.

Em um destes encontros Leah o convida a ficar na cabana com ela e, com o tempo, os dois começam a se relacionar. Importante destacar aqui que, devido às precauções da pandemia, os sinais de carinho dos dois não foi expresso por beijos ou contatos mais próximos, que indicariam algum descuido na prevenção, mas sim por manifestações mais tímidas, como mãos dadas.

A questão é que o Daryl que nós conhecemos não está acostumado a ter uma casa, uma companheira e um pet. O homem é um lobo solitário, um caçador, enfim. Esta vida a dois não combina com o personagem que conhecemos e que tanto se desenvolveu ao longo dos anos. Daryl então se encontra dividido entre ficar e aumentar seus laços com Leah, voltar à Alexandria ou continuar procurando por Rick. A amada então percebe a divisão e o manda decidir. Ao perceber que ele não conseguiria tomar nenhuma decisão enquanto eles continuassem se relacionando, decide ir embora.

Daryl e Carol

A 10ª temporada de The Walking Dead teve como um dos destaques as escolhas erradas tomadas por Carol, que estava com a mente bagunçada com as recentes perdas, principalmente a de Henry. O auge do descontrole foi quando ela explodiu, por acidente, algumas dinamites em uma tentativa de ataque aos Sussurradores, que deu errado e acabou soterrando Magna e Connie. A irmã de Kelly segue desaparecida.

As mágoas de Daryl com as escolhas erradas da amiga sempre batem de frente com o carinho que ele sente por Carol. Isso foi o que a impediu de ir embora e se afastar de vez das comunidades. O contato e as informações trocadas entre eles no exílio de Daryl serviram também para nos dar uma cronologia do que estava acontecendo no momento dos encontros – por exemplo, foi ela quem deu a notícia de que Maggie havia decidido ir embora e se juntar a Georgie.

Mas, por mais que este carinho tenha sempre vencido a mágoa, é certo que existe uma fagulha entre os dois que, ao menor atrito, pode virar um incêndio. E foi o que aconteceu. Daryl, que não queria a companhia da amiga em sua jornada, acabou por falar algumas verdades, que parecem ter deixado Carol fora do lugar. Há de se entender que a situação pela qual ela passava no momento de seus equívocos, mas deixar isso de lado é difícil quando determinada decisão coloca a vida de alguém em risco – como colocou a de Connie.

O futuro da amizade entre os dois segue incerto, pelo menos por enquanto. Eventualmente, Carol dá sinais de que vai encontrar a paz novamente, mas estes momentos duram pouco. Difícil saber se o estado de lucidez da guerreira se encontra quando ela está em paz – por exemplo, quando ela recebe a “encomenda de Negan” (a cabeça de Alpha) – ou nos momentos de distúrbio – ao tentar pular do penhasco ao fim da batalha contra os Sussurradores para, enfim, ter, na morte, a paz que procura. Talvez o desfecho da procura por Rick dê à personagem algum norte para seguir com sua vida. Mas, por enquanto, ela precisa seguir lidando com seus demônios.

E você, o que achou de “Find Me”, o 18º episódio da 10º temporada de The Walking Dead? Deixe sua opinião nos comentários e vote na enquete abaixo!

Continue lendo

Destaque

CRÍTICA | The Walking Dead S10E17 – “Home Sweet Home”: O inimigo agora é outro

Home Sweet Home foi o 17º episódio da décima temporada de The Walking Dead. Veja a nossa crítica ao episódio e discuta conosco.

Avatar

Publicado há

em

Maggie, Cole e Elijah andando na floresta em imagem do 17º episódio da 10ª temporada de The Walking Dead

Atenção! Este conteúdo contém SPOILERS do décimo sétimo episódio, S10E17 – “Home Sweet Home”, da décima temporada de The Walking Dead. Caso ainda não tenha assistido, não continue. Você foi avisado!

Em um episódio com claras limitações de produção por conta das restrições impostas pela Covid-19, The Walking Dead retornou para os seis episódios extras que completarão o enredo da 10ª temporada. E o primeiro deles, “Home Sweet Home”, foca em Maggie, que busca companheiros de comunidade para retornar para Alexandria, seu antigo doce lar.

Quando a produção de The Walking Dead anunciou os capítulos 17 a 22, a primeira coisa que me veio à cabeça foi que a ideia de esticar a história serviria para amarrar algumas pontas soltas no enredo, fazer flashbacks e pouco introduzir à história. No entanto, a impressão que “Home Sweet Home” deixou foi outra, a de que um inimigo pode colocar em risco os sobreviventes de Alexandria. Além disso, o embate – direto ou não – entre Maggie e Negan promete ser um dos grandes temperos deste retorno.

Com um elenco reduzido, tomadas um pouco maiores que o habitual para completar o tempo do episódio e alguns objetivos, novos e velhos, pelo caminho – como a introdução dos novos sobreviventes à comunidade e a busca por Connie – The Walking Dead nos traz estes seis episódios para matarmos as saudades do nosso elenco e da nossa história tão queridos.

Presente e futuro

Interessante a estratégia da produção de The Walking Dead em dar sequência à história com “Home Sweet Home”, mesmo correndo o risco de mexer com algo que está por vir na 11ª e última temporada. Mesmo com novas aventuras à vista, algumas lembranças também apareceram na nossa tela, até para nos relembrar de onde paramos na história. Um exemplo ocorre logo no começo do capítulo, quando Judith e Maggie interagem e falam sobre Michonne. A Samurai está em busca de Rick após receber algumas pistas de que o xerife pode estar vivo e a dupla conversa sobre a reação de R.J. e o papel da irmã mais velha, que diz à criança que eles estão olhando para as mesmas estrelas à noite.

Este momento doce é interrompido pelo tão esperado reencontro entre Maggie e Negan. O ex-Salvador e assassino de Glenn esteve muito perto de morrer pelas mãos da Viúva, mas quando ela chegou à cela em Alexandria para vingar a morte do marido, o homem havia fugido. Depois descobrimos que ele estava em uma missão dada por Carol para matar Alpha e tentar pôr fim ao confronto contra os Sussurradores. A própria Carol admite para Maggie, em “Home Sweet Home”, que o encontro com Negan não ocorreu por causa dela. As consequências desta história são bastante esperadas. Não nos decepcione, produção!

LEIA TAMBÉM:
Quem morreu no 17º Episódio da 10ª Temporada de The Walking Dead?

Também somos lembrados sobre o triste destino de Hilltop, devastada pelo ataque dos Sussurradores. Maggie propôs levar os dois companheiros de viagem, Cole e Elijah, para o casarão, mas descobre que o lugar não existe mais e eles terão que ir para Alexandria junto com os outros sobreviventes. Cole é um personagem que chegou mostrando as caras, um sujeito que fala o que pensa e que, no capítulo, flertou com a inconveniência. A ver o comportamento do sujeito no porvir.

Elijah, por sua vez, tivemos a chance de conhecer no que seria o season finale da 10ª temporada, quando ele salva Gabriel da morte certa pelas mãos dos Sussurradores. Desta vez, conseguimos ver o rosto do rapaz, que em determinado momento parece sofrer ao chegar em certa localidade por, provavelmente, lembra-lo da irmã, que morreu. A conexão dele com Kelly parece ter sido imediata e é bom ficar de olho nessa nova amizade.

Por fim, a busca por Connie também deve mover nossos personagens. Kelly segue confiante de que a irmã está viva e Daryl parece ainda disposto a procurar pela amiga. Vale lembrar que ela se encontrou com Virgil após passar um tempo desaparecida. A irmã de Kelly foi soterrada junto com Magna depois da explosão de uma dinamite em uma jogada atrapalhada de Carol, que ainda estava perturbada pela morte de Henry, e voltou a aparecer no 16º episódio da 10ª temporada. O reencontro das irmãs (e de Connie com Daryl) também promete.

Novas histórias após Home Sweet Home

O que há muito todos nos perguntávamos, enfim foi respondido. Maggie esteve fora por todo este tempo ajudando outras comunidades com Georgie, mas, além disso, também passou um tempo com Hershel Rhee em uma casa isolada no litoral. A ideia da Viúva era tirar o sentimento de vingança de Negan da cabeça e, por isso, ela resolveu se afastar dos amigos.

No entanto, ela parece ter encontrado muitos obstáculos pelo caminho. Aqui é interessante notar que, mesmo que a personagem tenha ficado afastada da série por tanto tempo e, consequentemente, perdido tantos acontecimentos que nós acompanhamos, ela também passou pelos seus percalços, perdeu pessoas e encontrou uma nova família pelo caminho. Mesmo que não a tenhamos visto em tela, a personagem deixa claro que viveu suas experiências longe de Hilltop que a afetaram e ajudaram a se tornar a pessoa que é hoje.

No tempo em que esteve fora, Maggie perdeu muito. De longe ela soube da morte de pessoas próximas, como Jesus, Tara, Enid, do desaparecimento de Rick e, logo que voltou, soube da destruição de Hilltop. Isso tudo fez com que ela optasse por se afastar do ponto de encontro onde trocava correspondências com os amigos. Obviamente a estratégia de fugir dos problemas não deu certo e ela precisou voltar para ajudar a família a se reerguer.

Junto com a nova comunidade, Maggie traz na bagagem, também, um novo inimigo: os ceifadores. Pouco se sabe sobre as intenções ou o objetivo do grupo, que parece ser bastante violento, mas já tivemos a pista de que Maggie é o alvo. Quando o homem que atira nas sobreviventes da comunidade é encontrado, ele revela, antes de bancar o kamikaze, explodindo a si mesmo, que um tal de Papa marcou Maggie. Com certeza teremos momentos de tensão e perigo não só para ela, mas também para o pequeno Hershel e os sobreviventes de Alexandria.

Foi um capítulo que deixou uma série de boas impressões para o que vem por aí. Impossível não mencionar o calor no coração ao ver o filho de Maggie e Glenn são e salvo após estar em iminente perigo. E a semelhança do rapaz com o pai também impressiona! Curioso para saber como será a adaptação do jovem à Alexandria, onde ele deve encontrar novos amigos, como Judith, Gracie e R.J., e também deve dar de cara com o assassino de seu pai.

O que você achou de “Home Sweet Home”, e quais suas expectativas para os cinco episódios restantes? Deixe sua opinião nos comentários e vote na enquete abaixo!

Continue lendo

10ª Temporada

Trailer LEGENDADO dos episódios extras da 10ª temporada de The Walking Dead

Assista ao trailer dos episódios extras da 10ª temporada de The Walking Dead. Série retorna em 28 de Fevereiro!

Rafael Façanha

Publicado há

em

daryl armado em imagem dos episódios extras da 10ª temporada de The Walking Dead

The Walking Dead está se preparando para retornar com 6 episódios extras da 10ª temporada e a AMC acaba de divulgar o trailer oficial para aquecer a ansiedade dos fãs.

Os novos episódios vão focar em determinados grupos de personagens e prometem responder algumas perguntas em aberto, como onde Maggie estava, o passado de Negan e sobre os soldados que cercaram o grupo de Eugene no final do episódio “A Certain Doom”.

Assista ao trailer de The Walking Dead:

LEIA TAMBÉM:
Títulos e sinopses dos episódios extras da 10ª temporada de The Walking Dead

Nesses episódios extras, encontraremos nossos sobreviventes tentando se reerguer após a destruição que os Sussurradores deixaram para trás. Os anos de luta pesam sobre eles e os traumas do passado ressurgem, expondo seus lados mais vulneráveis. Ao questionarem o estado da humanidade, o estado de sua comunidade coletiva e o estado de suas mentes, eles encontrarão a força interior para perseverar com suas vidas, amizades e grupo intactos?

A 11ª temporada de The Walking Dead – que tem previsão de estreia para Outubro deste ano – será a última da série inspirada nos quadrinhos de Robert Kirkman. Para dar uma despedida digna e épica ao universo zumbi, serão exibidos 24 episódios nesta parte final da história, oito a mais em relação aos tradicionais 16 capítulos divididos em duas partes que nos acompanharam na maioria das temporadas.

The Walking Dead retorna em 28 de Fevereiro com o episódio “Home Sweet Home”.


Legenda por: Guilherme Catai / Equipe The Walking Dead BR

Continue lendo

EM ALTA