Siga-nos nas redes sociais

11ª Temporada

CRÍTICA | The Walking Dead S11E22 – “Faith”: Retomada Furtiva

Faith foi o 22º episódio da 11ª temporada de The Walking Dead. Veja a nossa crítica ao episódio e discuta conosco.

Publicado há

 

em

Negan conversando com Ezekiel em cena do episódio 22 da 11ª temporada de The Walking Dead.

Atenção! Este conteúdo contém SPOILERS do 22º episódio, S11E22 – “Faith”, da 11ª temporada de The Walking Dead. Caso ainda não tenha assistido, não continue. Você foi avisado!

O grupo de Maggie e Rosita tenta resgatar seus filhos presos na antiga Alexandria. Ezekiel e Negan também traçam um plano de fuga. Eugene é julgado.

Esse foi um episódio cheio de núcleos e acontecimentos, o que sempre é bem vindo. Iniciando pelo arco que talvez seja o mais previsível: temos o julgamento de Eugene. Depois de ter sido acusado pelo assassinato de Sebastian, ele foi levado a júri popular.

O julgamento em si é aquilo: Pamela se fazendo de injustiçada – e acusando Eugene de espalhar fake news por aí – enquanto Yumiko tenta fazer o que pode para convencer o júri de que Eugene não fez o que fez por mal. A única carta na manga que o grupo tinha não colaborou com o caso.

LEIA TAMBÉM:
Quem morreu no 22º Episódio da 11ª Temporada de The Walking Dead?

Isso é, o único que poderia trazer uma chance verdadeira para o caso era se Mercer, o homem mais respeitado de toda Commonwealth testemunhasse contra Pamela, o que ele acabou não fazendo. Sendo assim, Eugene foi sentenciado à morte, com direito a sorriso satisfeito de Pamela. Quando achávamos que tudo estava perdido – rsrs – Mercer surge para salvar Eugene e promete “foder com tudo”. E vamos à revolução.

Lá na antiga Alexandria, Rosita, Maggie, Carol, Daryl e Connie conseguiram se infiltrar na comunidade através do esgoto e saíram de casa em casa atrás de Coco e Hershel Jr. O filho de Maggie é encontrado, mas nem sinal de Coco – ou de Judith e Rick Jr., pra ser sincero. A pobre da Judith só ganhou os voice overs do início dos episódios pra aparecer

Antes disso tudo, Ezekiel continua seu plano de fuga com o auxílio de Negan, que tem um plano completamente incompreensível nesse episódio. Ele arranja briga com o Diretor por conta de Annie, mas isso ocorre enquanto ele está com o mapa que eles estavam fazendo para monitorar os soldados da área.

LEIA TAMBÉM:
Final de The Walking Dead será “igual, mas diferente” dos quadrinhos

A início parece que ele faz isso de propósito, para se salvar ao entregar Ezekiel e se infiltrar no comando do local, exatamente como ele fez com os Sussurradores. Mas aí, depois de um pouco mais de pressão ele se entrega? Que planos são esses?

Eu sei que ele quer provar que mudou, que pode ser um homem digno para seu filho, mas ele vai fazer isso morto? Ele poderia ter dado o mapa ao Ezekiel quando ele pediu e evitaria ter sido pego com o item mas parece que ele fez de propósito…

Além disso, a cena em que o Diretor fala com o soldado sobre o pedido de transferência negado: eu entendo que esses líderes que estão no poder acham que nada pode afetá-los, mas, sinceramente, foi muito conveniente que justamente o soldado que está claramente insatisfeito com a situação seja o que vai levar Negan lá para que ele veja as reações do soldado e use isso no fim de tudo. Talvez seja eu reclamando a toa, mas me incomodou bastante.

LEIA TAMBÉM:
Assista ao trailer do penúltimo episódio de The Walking Dead

No fim disso tudo tivemos um momento “imagine all the people” com todos os outros exilados se pondo na frente de Negan e Annie para salvá-los. Inclusive os troopers decidem abaixar as armas. E apesar de ter reclamado sobre isso no parágrafo passado, desde o episódio anterior que eles mostram que os soldados não estão satisfeitos com o que fazem. Nem tudo é preto e branco.

No final de tudo, Rosita tenta saber onde está a sua filha e usa um walker como arma para fazer com que o Diretor fale, o que ele não faz. Essa cena é muito boa, de verdade, e fiquei muito feliz do personagem ter ido de “comes e bebes” porque já não aguentava mais, mesmo achando meio engraçado que o walker tenha comido O OLHO dele como entrada

Antes de acabar, precisamos falar sobre o outro núcleo do episódio. Aaron, Lydia, Jerry e Elijah continuam sua jornada interminável para Oceanside quando encontram com Luke e Jules que estavam sumidos desde o episódio “A Certain Doom” na décima temporada, quando decidiram ficar na comunidade praieira.

Eles informam que Oceanside também foi tomada pela Commonwealth e que conseguiram escapar. Isso dá a entender que Oceanside foi tomada a pouco tempo, mas que Alexandria já tinha sido transformada em um posto da outra comunidade a um certo tempo.

Eles então decidem ir para Alexandria – que eles ainda não sabem que está tomada – até que são encurralados por walkers e por soldados, eles então decidem se cobrir de tripas e ir caminhando lado a lado com os mortos durante um tempo muito longo enquanto são acompanhados pelos troopers.

A gente já viu anteriormente que quando os soldados avistam uma horda assim eles eliminam todos na hora, o motivo de eles estarem rondando tanto sem fazer nada é um mistério… Eles aparentemente estão próximos de Alexandria e provavelmente vão se encontrar em restante do grupo em breve.

Mas para aumentar a tensão, dentro dessa horda existe pelo menos mais um zumbi inteligente, apelidado por Elijah nesse episódio de “climber” ou “escalador”. Isso porque quando em determinado momento Lydia derruba uma faca, um walker que estava andando junto a eles pega ela do chão e segue andando.

Faltam apenas mais dois episódios de The Walking Dead e uma coisa que tem me intrigado é a quantidade de personagens que ainda estão vivos. Existem personagens que sabemos estar seguros por conta de seus spin-offs como Daryl, Maggie e Negan, mas, do nosso grupo, ninguém mais morreu até então.

Isso pode significar duas coisas: vamos ter um banho de sangue nos próximos dois episódios ou, de fato, a maior parte dessa grande família vai continuar viva mesmo! Resta aguardar.

E por aí, o que você achou de “Faith”, o 22º episódio da 11ª temporada de The Walking Dead? Deixe sua opinião nos comentários!

Publicidade
Comentários