Siga-nos nas redes sociais

Audiência

Audiência The Walking Dead S09E16: The Storm – Números positivos

The Storm teve a audiência mais baixa para uma season finale. Entretanto, isso quer dizer muito mais do que parece. Os números são positivos!

Publicado há

em

Embora seja a season finale com a menor audiência em números, The Storm demonstrou uma crescente sobre seus episódios anteriores na nona temporada, atraindo a atenção de 5,01 milhões de espectadores. Os números vinham se mantendo abaixo da meia dezena de milhão desde o retorno da série em fevereiro.

Por mais que seja a pior audiência de uma season finale, há de se considerar vários fatores. O primeiro deles é a péssima quebra que a sétima e a oitava temporada geraram no público. Depois, há a própria exaustão da televisão à cabo se comparada aos serviços de streaming, Youtube, pirataria. The Walking Dead liderou o número de downloads ilegais no ano passado, por exemplo.

Ainda, em uma rápida análise com a demais programações que passavam em mesmo horário, a série zumbi continua sendo a preferência do público. Isso indica que os números correspondem justamente à derrocada da antiga televisão, onde a série é exibida. The Walking Dead nunca mais irá superar os dez milhões de espectadores. Isso porque já não existem dez milhões de americanos dispostos a perder uma hora na frente da TV se podem olhar os episódios quando e onde quiserem.

Cabe salientar que a nona temporada é a mais bem avaliada pela crítica especializada internacionalmente. Enquanto as primeiras três temporadas fixam números não maiores que 85% de aprovação, as demais não ultrapassavam os 80%. Entretanto, o nono ano fecha sua exibição tendo sido aclamada por 93% dos críticos. É um marco positivo, já que The Walking Dead sofria dura rejeição por parte dos profissionais especializados.

Você acha que com o bom desempenho da nona temporada frente aos críticos profissionais a 10ª Temporada pode atrair mais audiência? Deixe um comentário com sua opinião.

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA