Siga-nos nas redes sociais

5ª Temporada

Melissa McBride fala sobre o problema dos biscoitos de Sam e sobre o guarda-roupas de Carol

Publicado há

em

[ATENÇÃO!! ESTE CONTEÚDO CONTÉM SPOILERS DO EPISÓDIO S05E13 – “FORGET“!]

Ninguém no grupo de Rick Grimes em The Walking Dead sabe mais sobre manter as aparências do que Carol Peletier, personagem de Melissa McBride.

Quando o público teve seu primeiro contato com a personagem, ela vivia de cabeça baixa nos primeiros infernais dias do apocalipse zumbi, e assim se mantinha lavando as roupas e cuidando de sua filha, Sophia, fingindo que seus hematomas e contusões eram frutos de acidentes – ou qualquer outra coisa que não fosse relacionada a seu marido Ed. Porém, quando chegou sua hora de ser entrevistada na câmera com Deanna, líder de Alexandria, em um recente episódio, baseada em sua experiência após os eventos de Terminus e do Grady Memorial, Carol usou sua própria poker face – uma expressão facial de sua antiga vida.

“É um movimento tático da parte de Carol para conseguir ver realmente o que está acontecendo lá e ser novamente invisível” disse Melissa à Access Hollywood sobre Carol mostrar um lado doce, um pouco desamparada, aos Alexandrinos, e sobre sua personagem ter omitido verdades como forma de proteção.

Entretanto, na noite de domingo, mas apesar de usar um suéter floral de gola redonda e calças compridas, e também conversar com alguns Alexandrinos sobre sua (falsa) falta de conhecimento de armamentos e sobre os ingredientes secretos em suas receitas de biscoito, Carol descobre não ser tão invisível quanto esperava. Enquanto tentava se esgueirar para fora de Alexandria com um punhado de armas (para separar para o grupo, como parte de um plano reservo), Sam, um jovenzinho desesperado por mais biscoitos, a flagrou justo no momento em que ela enchia uma bolsa com armas, e ela teve de lhe contar uma terrível história na esperança de fazê-lo ficar quieto. Em uma nova entrevista com a Access Hollywood, Melissa falou sobre o último problema de Carol com uma criança, sua personagem se dobrando e as cenas de cavalo de Daryl e Aaron.

the-walking-dead-forget-melissa-entrevista-001

AccessHollywood.com: Quantas calças casuais você teve que experimentar antes deles decidirem o primeiro look de Alexandria de Carol?

Melissa McBride: Bom, vejamos… nós tentamos umas cinco ou seis diferentes calças compridas antes de encontrar as calças certas.

Access: Você pode opinar nas calças que gostou ou eles decidiram por você?

Melissa McBride: Eulyn [Womble, designer de figurino de The Walking Dead] e eu trabalhamos muito bem juntas escolhendo – se trata de conforto, se trata da vibração e de olhar no espelho vestida como a personagem e pensar “yeah”. E conforto (risos).

Access: Como foi para você olhar no espelho sabendo de tudo o que Carol passou e ver que o primeiro look em que você está é o suéter azul, e o look do episódio de domingo sendo o suéter floral? Deve ter sido interessante para você, como atriz, ver Carol desse jeito.

Melissa McBride: Sim, foi realmente interessante e também apenas pensar nela se dispondo a se colocar nessa posição novamente. Significa para mim que ela passou por um excelente trajeto de processamento. É um tema interessante no que está acontecendo em Alexandria, sabe, trazer o que nós éramos, o antes, o agora, e o que é o agora? O que é normal? A escrita desse episódio é tão maravilhosa sobre isso – ‘o que é o agora?’ significa ‘quem é você agora?’

Access: Carol se sente segura na invisibilidade? Ela continua dizendo a Rick enquanto eles planejam: ‘Eu posso sair porque eu sou invisível.’

Melissa McBride: Sim, ‘a melhor parte deste lugar é que eu posso ser invisível novamente.’ Sim, há um tanto de segurança nela sentir como se ninguém a olhasse e ela pode fazer o que precisa ser feito, e novamente, trazemos coisas de antes. ‘Se apenas… Se Ed não me notar, eu fico bem. Se eu não fizer nada além do extraordinário, eu vou ficar bem.’

the-walking-dead-forget-melissa-entrevista-002

Access: Eu tenho que perguntar o que você pensa sobre quando Carol ameaça o filho de Jessie – de onde você acha que surgiu isso e você acha que foi uma coisa que acabara de ocorrer a Carol ou que foi por causa do que ela aprendeu? E você acha que foi uma jogada boa ou ruim?

Melissa McBride: Naquele momento, é – obviamente, para ela, Carol crê que seja a jogada certa porque há muito a perder se ela for encontrada, até onde ela sabe e então é hora da história… Primeiro de tudo, ah não, outra criança, sabe? Então ela… o encurralando no canto da parede irá levantar um muro entre eles, com sorte algo do tipo – ‘mantenha distância.’ Ao se aproximar, mantenha distância… e essa história que ela está contando a ele – é verdade. E nós sabemos que Carol é um pouco realista, e se pensarmos bem, ela já ensinou crianças a como se defender, e as pessoas daqui são tão ingênuas? Ela está realmente tentando passar a ideia de algo muito bizarro – uma oportunidade de normalidade, mas o que é normalidade? E as pessoas aqui são tão ingênuas ou nós que estamos muito cansados, sabe? Será maravilhoso se conseguirmos fazer isso dar certo e é nisso que ela está se apoiando. Nós vamos tentar descobrir quais são as ameaças, vamos garantir a segurança do local e as pessoas precisam saber que as ameaças lá fora são reais, e há outra coisa também quando ela está contando a história ‘Você será amarrado a uma árvore, muito, muito longe. Ninguém irá te ouvir, eles irão devorá-lo vivo’, e por sinal, Sam, eu não estou falando dos walkers. Deixe eu te contar uma história sobre um cara chamado Bob…

Access: Awww… Bob!

Melissa McBride: Mas sim, essa é a nossa realidade, levar esta ameaça para dentro de casa, na mente de Carol, vai ajudar na segurança, vai ajudar e, de alguma forma, fará a comunidade melhor.

Access: Acho que depois do episódio muitas pessoas vão ficar preocupadas com a sua personagem simplesmente pelo fato dela ter ameaçado o filho de Pete, que obviamente, todos vimos no episódio em que Pete estava sentado na varanda fumando quando cumprimentou Rick muito estranhamente, e logo após fingindo conhece-lo na segunda vez em que se encontram, na festa. Você ficou preocupada com Carol depois de ler o Script desse episódio?

Melissa McBride: Bom, sim, havia uma preocupação porque, como isso será percebido? Eu sei de onde Carol vem e sei de sua intenção por trás do que ela está fazendo, mas como isso será percebido? Temos apenas que continuar fingindo até que o tiro saia pela culatra? Quem sabe?

the-walking-dead-forget-melissa-entrevista-003

Access: Quantas tomadas você e Norman fizeram da cena em que ele te olha de cima a baixo na primeira vez em que você deixa a casa de Rick em seu novo traje?

Melissa McBride: (risos) Eu não lembro. Talvez três? Três.

Access: Você foi capaz de passar por isso–

Melissa McBride: Com uma expressão séria?

Access: Sim.

Melissa: (risos) Sim, mas nós nos divertimos depois, sabe, quando ela segue andando pela calçada e Norman sempre tem algo – alguma coisa para dizer depois do diálogo real, mas eles mantiveram isso. Ele grita “você está ridícula” e Carol grita de volta “Obrigada”, … mas eles mantiveram isso e foi ótimo. Funcionou e acrescentou muito mais naquele momento do que se eles não tivessem mantido isso, ou não tivesse sido visto.

the-walking-dead-forget-melissa-entrevista-004

Access: Eu queria perguntar o que você achou do momento de união entre Daryl e Aaron? Eles saíram e encontraram Buttons juntos e então Buttons morreu. E isso foi…

Melissa McBride: Ai minha nossa, essas cenas são algumas das minhas favoritas – entre eles dois, e [eu] amo o trabalho deles neste episódio e aquela sequência, aquele cavalo e o diálogo entre os dois é tão poderoso, muito poderoso e… o que eles dizem e o significado disso. Há tanto representado ali, tanto sobre o cavalo. “Ele sempre fugiu”, e aqui está ele sendo devorado e o que isso diz sobre Daryl mesmo? Qual é o seu lugar, tipo onde eu me encaixo e onde vou? Quem sou eu? Quanto mais se fica do lado de fora, mais você se torna quem realmente é – há muita coisa acontecendo por trás disso. Eu amo assistir essa parte. Amo assisti-la.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: Access Hollywood
Tradução: Gabriel Simonassi / Staff Walking Dead Brasil

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA