Siga-nos nas redes sociais

HQ

A mulher misteriosa da HQ de The Walking Dead não é Lilly Caul

Publicado há

 

em

Quando a The Walking Dead #127 chegar às bancas em 14 de Maio, marcará “um novo começo” para a história – um que aparentemente mostra um grupo inteiramente novo de sobreviventes, com Rick Grimes e sua família mais próxima e amigos não aparecendo nas próximas capas. Parece, seguindo-se aos eventos de “Guerra Total”, que a decisão foi para manter o elemento surpresa e evitar que todos vejam que personagens morreram ou não naquele arco (a resposta foi surpreendente).

Então… o que dizer dos novos personagens, principalmente da mulher misteriosa que está na capa da #127 e que luta com um zumbi na capa da #128? Bem, muitos fãs especularam (e nós também) que poderia ser alguém de uma história anterior. A teoria mais popular é que se tratava, de fato, de Lilly Caul – uma personagem que desapareceu na área ao redor da prisão após a sua queda e que nunca mais foi vista na HQ. No entanto, ela apareceu na trilogia de livros baseados no Governador e estreará o seu próprio livro, em breve.

Robert Kirkman, porém, nega. Na coluna “Letter Hacks”, no final da The Walking Dead #126, um fã enviou uma mensagem perguntando por que Lilly Caul estaria de volta na #127. Kirkman respondeu: “Aquela não é Lilly”.

Sem maiores detalhes revelados, é possível que uma outra das teorias que circulam por aí seja verdadeira (que esta mulher seja a anônima que esfaqueou Eric quando ele tentou evitar que ela roubasse um cavalo, o que me parece verdadeiro, ou então por que introduzir aquela personagem e nunca concluir?), mas certamente não há garantias. Enquanto isso, outra conexão que nunca fizemos antes. E aquele container, trailer ou vagão em cima do qual estão os sobreviventes? Interessante que um container daqueles seja tão significativo no momento na série de TV…!

Quais suas teorias sobre essa misteriosa mulher? Deixe tudo nos comentários abaixo.


Fonte: Comic Book
Tradução: @Binapic / Staff Walking Dead Brasil

Publicidade
Comentários

EM ALTA