Siga-nos nas redes sociais

HQ

Confira o que acontece com a Maggie no final de The Walking Dead

A HQ de The Walking Dead terminou na Edição 193. Veja o que aconteceu com a Maggie no final da história.

Publicado há

em

Maggie Greene surge nas HQs de The Walking Dead na época da fazenda, quando Carl é atingido por uma bala disparada por Otis, que tentava acertar um cervo na floresta. O garoto é levado às pressas para a propriedade de Hershel, que cuida e cura o filho de Rick. Maggie, a filha mais velha do dono do local, se envolve com Glenn, no que primeiramente pareceu ser um romance casual, mas se tornou uma das principais histórias de amor da saga.

Com o passar o tempo, ela foi a única sobrevivente da família. O meio-irmão Shawn nem chega a ter destaque na saga porque é mordido antes da chegada do grupo e colocado dentro do celeiro onde Hershel guarda os mortos-vivos, esperando que um dia eles sejam curados. Com o passar do tempo, a personagem começa a apresentar um comportamento mais depressivo. Quando indagada por Glenn, que a essa altura já é o marido da moça, sobre o motivo da tristeza, ela diz querer começar uma família, assim como Lori e Rick – que já tinham Carl e estavam esperando Judith -, mas tem medo de envolver uma criança no mundo dominado por walkers.

Pouco tempo depois, ela perde o pai e outro irmão no confronto com o Governador. Isso faz com que a personagem caia em profunda depressão e tente se matar. Ela se enforca em uma árvore, mas é resgatada em estado grave por Glenn. A essa altura, os dois já haviam adotado Sophia, que perdera a mãe, Carol, ainda na prisão.

PÁGINAS DA EDIÇÃO 193 DE THE WALKING DEAD:

LEIA TAMBÉM:
Confira o que acontece com o Negan no final de The Walking Dead

Em Alexandria, Maggie, Glenn e Sophia estreitam laços, quando Jesus chega à comunidade e o marido sai para conhecer Hilltop e negociar uma possível aliança com os vizinhos. Pouco depois, ela revela que está grávida, e Glenn insiste que eles devem morar com o novo grupo devido à ameaça dos Salvadores. Hilltop também dispunha de maior estrutura médica, o que seria fundamental para a situação da esposa. Quando partem em direção à nova casa, o grupo é atacado por Negan na estrada, e Glenn é brutalmente assassinado com golpes de Lucille.

Ainda assim, Maggie vai morar em Hilltop e, aos poucos, ganha importância dentro da comunidade. Ela também é movida por uma sede de vingança contra Negan. Após a guerra contra os Salvadores e a prisão do vilão, ela assume a liderança da comunidade. Depois do conflito, o salto temporal de dois anos mostra que o filho dela com Glenn leva o nome do avô.

Hilltop e Alexandria, juntamente com o Reino, têm relações muito próximas e pacíficas. Quando descobrem a existência do Império (Commonwealth), eles mandam um grupo para saber como é a vida na nova comunidade. Maggie acaba se preocupando com a demora no retorno de Rick e companhia e resolve juntar algumas pessoas o para conferir o que está acontecendo por lá. Eles chegam justamente em um período de grande tensão entre as forças policiais do Império e o governo de Pamela Milton, e acaba liderando uma ofensiva contra walkers que invadiram o local.

Com a morte de Rick e o salto temporal da última edição, vemos que Maggie não só continuou com seu espírito de liderança apurado, como se tornou a principal figura política da sociedade estabelecida. Sua primeira aparição na última edição das HQs se dá durante o julgamento do Carl – acusado de destruir “propriedade privada” quando mata um walker de Hershel Jr. Ao ser avistada pela juíza que cuidava do caso, ela é chamada de “presidente Maggie”, o que indica que ela ocupa o principal cargo da comunidade. Cercada por policiais, ela acaba por mediar o conflito e manda Carl repor o zumbi morto.

LEIA TAMBÉM:
Confira o que acontece com a Michonne no final de The Walking Dead

Mais cedo, Earl alerta Carl e Sophia sobre a criação que Maggie deu para Hershel. Ele afirma que a presidente não conseguiu ser uma mãe muito presente para o garoto, uma vez que estava muito ocupada cuidando dos assuntos do Império, e, por isso, acabou dando tudo o que ele pedia. Depois do julgamento, a presidente tem uma conversa com Carl e o aconselha a superar a insegurança e aproveitar o mundo que o pai ajudou a construir. Em seguida, é repreendida por Sophia, que diz que a mãe precisa ficar de olho em Hershel, senão o rapaz vai virar um Sebastian Milton – em alusão ao filho mimado da ex-governadora do Império, Pamela, e assassino de Rick Grimes.

Maggie termina sua participação nas HQs nas cenas finais, quando aparece em uma cena onde parece ter repreendido Hershel. O fim da saga de Maggie mostra que uma das personagens mais antigas da série apresentou um dos desenvolvimentos mais interessantes – de garota depressiva para presidente.

O que você achou do final de Maggie em The Walking Dead? Gostaria de ter visto mais sobre a personagem ao longo da história? Comente abaixo sua opinião!

Publicidade
Comentários

EM ALTA