Siga-nos nas redes sociais

Curiosidades

Norman Reedus ultrapassa Andrew Lincoln em número de aparições em The Walking Dead

O 13º episódio – “Chokepoint” – da 9ª temporada de The Walking Dead marcou a 104ª aparição de Daryl Dixon na série.

Publicado há

em

O astro de The Walking Dead, Norman Reedus (Daryl), recentemente ultrapassou o ex-protagonista Andrew Lincoln (Rick) em número de aparições na série.

O 13º episódio – Chokepoint – da 9ª temporada marcou a 104ª aparição de Daryl Dixon, enquanto Lincoln teve sua última cena no 5º episodio – What Comes After -, acumulando assim, 103 aparições gravadas antes de se retirar do elenco em novembro.

Agora como o principal ator em destaque de The Walking Dead, Reedus diz que instituir Daryl como o “novo Rick” seria um desserviço para a série e seus fãs.

“Eu imediatamente liguei para todo mundo e disse, “Olha, eu não quero os discursos do Andy, eu não quero os discursos de Rick Grimes””, disse Reedus ao The IMDb Show.

“Daryl não é o tipo de personagem que vai construir um palanque e dizer: ‘Reúnam-se todos, deixe-me dar um discurso inspirador’. Ele vai ser do tipo que, ‘Eu confio em você. Eu não confio em você. Eu não me importo com o que acontece com você.’ Ele vai escolher o seu pessoal. Então eu pedi que não me dessem isso. Porque eu não sou esse cara e seria um desserviço para os fãs do programa e com o que fizemos até agora para simplesmente me fazer usar suas botas.”

Andrew Lincoln retorna como Rick em uma trilogia de filmes de televisão escritos por Scott Gimple (antigo showrruner da série) – Reedus em julho caracterizou Rick como “o quarterback deste time de futebol”, acrescentando que ele é, sempre foi, e ele sempre será o líder do grupo.

“Ninguém vai assumir o lugar de Rick, isso não está acontecendo”, explicou Reedus.

“Há certas pessoas que estão lá há algum tempo, e que continuarão fazendo seus papéis, e algumas delas são papéis de liderança, como Michonne, Carol, Ezequiel e talvez Daryl. Há muitos de nós.”

O desaparecimento de Rick e sua suposta morte deu início a um salto no tempo de seis anos, trazendo papéis elevados para Michonne (Danai Gurira), Carol (Melissa McBride), Judith (Cailey Fleming) e Henry (Matt Lintz), ao lado de mais atenção em um conjunto que desde então tem crescido para incluir os recém-chegados Magna (Nadia Hilker), Connie (Lauren Ridloff), Kelly (Angel Theory), Yumiko (Eleanor Matsuura) e Luke (Dan Fogler).

Publicidade
Comentários

EM ALTA