Siga-nos nas redes sociais

Curiosidades

Duração do salto temporal e suas consequências na 9ª temporada de The Walking Dead

Publicado há

em

Bem, a essa altura da história, não é mais uma novidade que o nono ano da série contará com um salto temporal. As dúvidas mais recorrentes quando diz respeito a esse assunto são sobre sua significância para a história e, subsidiariamente, qual o espaço temporal que compreende.

A passagem de tempo deriva dos quadrinhos. Na história impressa de Robert Kirkman, após os efeitos da Guerra Total – arco exibido na oitava temporada -, Rick e seus aliados se predispõe a reconstruir as comunidades abaladas pelas batalhas contra Negan. Entretanto, o lapso de tempo entre a queda do líder dos Salvadores e a reestruturação de Alexandria, Reino e Hilltop como também do próprio Santuário, não é apresentado aos leitores, os quais são surpreendidos na edição 127 com uma nova era e com os personagens com visuais completamente diferenciados.

A partir da centésima vigésima sétima edição dos quadrinhos seguimos um novo Grimes, completamente contrário ao uso de armas e adepto da filosofia do mundo pré-apocalíptico: pena de morte extremamente proibida para inimigos. Essa mudança de caráter no personagem principal também altera as relações entre as comunidades e suas formas de funcionamento. Tornando as localidades inteiramente globalizadas e adeptas do compartilhamento de esforços. Enquanto umas são responsáveis pela produção dos hortifrútis, outros trabalham duro na segurança e desenvolvimento de armas brancas e materiais ferrosos bem como no cuidado dos animais.

Todas essas alterações tornam Rick numa espécie de divindade para as comunidades. Mesmo os Salvadores, que antes eram totalmente rendidos a Negan, admiram quem Rick é e o que ele tem feito na formação de um novo mundo. Com lideranças internas em cada comunidade o ex-xerife consegue ter o controle sobre o funcionamento de tudo. Maggie lidera Hilltop; Ezekiel e Michonne cuidam do Reino, Dwight e John administram o lar dos Salvadores e Andrea auxilia Rick com os cuidados de Alexandria.

Rick Grimes após o salto temporal se apresentando para o grupo de Magna.

Com a instituição de uma feira (na base da troca) em Alexandria, Rick consegue formalizar reuniões entre seus líderes. Democraticamente, respeitando as hierarquias, as lideranças instruem regras de conduta e modos de aplicação de políticas de boa vizinhança. Ou seja, Grimes torna o mundo (ou a parte que ele tem conhecimento) um local civilizado e distante daquele que vinham vivendo até o fim de Guerra Total.

Ou seja, aparentemente, The Walking Dead trará para as telas a adaptação dessas mudanças. Ainda não sabemos se todas elas serão aplicadas, mas já vimos o pontapé inicial ser dado quando Rick deixou de matar Negan no episódio final do oitavo ano. Pelas imagens liberadas recentemente, podemos constatar que tudo se aproximará bastante dos novos cenários e visuais dos personagens. A dinâmica entre as comunidades será trazido à tona, com alguns pequenos vultos do passado, mas com todos respeitando a liderança de Rick.

As mudanças de Rick: antes e depois do salto temporal.

Especificamente sobre a passagem de tempo, aparentemente teremos uma pequena diferença entre HQ e série. Enquanto nos impressos temos a passagem de dois anos completos, segundo Tom Payne, o intérprete de Jesus, o drama número um da televisão seguirá os eventos do pós guerra um ano e meio depois.

A revelação foi feita por Payne na edição especial do Talking Dead (exibida no último domingo, 05). Yvette Nicole Brown na situação, ao ver que o ator pareceu preocupado com a informação que havia deixado vazar, brincou que aquela era uma colher de chá para o público. Por mais que o ator tenha ficado chateado em revelar o segredo, Angela Kang (showrunner) tranquilizou o amigo, dizendo que não havia problema algum em trazer ao público o período compreendido no salto temporal.

É claro que ainda não se sabe muita coisa sobre como as coisas estarão após a passagem de um ano e seis meses, mas há teorias que giram em torno de vermos não um, mas dois saltos de tempo e que o segundo seria ainda mais extenso que o primeiro (aproximadamente cinco anos), já que Padre Gabriel aparece ao final do trailer com uma barba totalmente grisalha e ele havia terminado o oitavo ano com os pelos faciais totalmente pretos (seria estranho que alguém envelhece tanto no período de um ano e meio)

Rick em imagens promocionais da 9ª temporada com visual semelhante aos dos quadrinhos após o salto temporal.

E então, o que você acha sobre essa passagem de tempo e a nova trama que ela envolverá? Será que nossos heróis se adaptarão facilmente as novas ordens do mundo de Rick? Será que saberão se defender sem armas de fogo? Deixe um comentário abaixo.

The Walking Dead, a história de drama número #1 da TV a cabo, vai estrear sua 9ª temporada no dia 7 de Outubro de 2018. Confira o trailer oficial da temporada e fique por dentro de todas as notícias.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA