Siga-nos nas redes sociais

Destaque

Nona temporada de The Walking Dead é aclamada pela imprensa internacional

Publicado há

em

ATENÇÃO! O post a seguir pode conter pequenos spoilers em relação aos capítulos inéditos de The Walking Dead. Caso não queira ter as surpresas estragadas, não continue. Você foi avisado!

Faltando poucos dias para a estreia da tão esperada nona temporada de The Walking Dead, críticos dos mais famosos veículos de comunicação norte-americanos tiveram a chance de assistir aos três primeiros episódios da primeira leva sob tutoria da nova showrunner Angela Kang e, ao que tudo indica, após dois anos sofrendo com a recepção mista de críticos e telespectadores, parece que o drama da AMC finalmente voltou a se encontrar em termos de qualidade narrativa.

Embora nenhuma das opiniões reflita todo o curso de 16 episódios do ano que marcará a saída de Andrew Lincoln, ainda há um bom senso de esperança em relação ao “novo começo” escolhido pela produção do programa:

• DIÁLOGOS BEM ESCRITOS E TRAMA DE PERSONAGENS 

The Walking Dead nunca foi muito consistente em relação a diálogos. Embora grandes episódios da série já tenham sido carregados apenas por momentos intimistas e conversas, as últimas duas temporadas sofreram sob a tutela do antigo showrunner Scott M. Gimple que, como todos já sabem, sempre exigiu que seus roteiros fossem compostos de discursos humanitários, discussões com simbolismos ou simplesmente tiroteios insensatos em meio a momentos-chave da história. Contudo, parece que estes tempos ficaram pra trás, e Kang, responsável pelo aclamadíssimo “The Same Boat”, trouxe consigo uma trama a favor dos personagens, e não da ação, confira:

“O diálogo não é mais expositivo ou forçado […], garantindo que conversas entre amigos, inimigos ou quaisquer os personagens sejam bem aproveitadas.” – Alex Avard, Games Radar.

“Enquanto discursos, balas e socos falariam mais alto no passado, a nova linguagem da série agora opta por diálogos valiosos e cativantes, beijos, apertos de mão e até mesmo ocasionais troca de olhares.” – Brandon Davis, Comic Book.

“É uma mudança muito boa ter todos os personagens voltando a conversar de verdade uns com os outros, especialmente levando em consideração as últimas temporadas repletas de decisões estúpidas feitas simplesmente pela falta de comunicação entre os amigos e aliados.” – Sarah Mohran, Insider.

• RITMO

“Enrolação” é uma palavra que está intimamente ligada a The Walking Dead desde seus primórdios na televisão. Apesar de sempre ter sido fundamentada como uma série de drama, esta acabou por irritar uma grande parcela de críticos e telespectadores graças a seu modo fragmentado e lento de contar história. Mais uma vez, este problema parece ter sido resolvido pela equipe de Kang na nova temporada:

Os episódios mantém um bom ritmo de se assistir, com a trama se movimentando de verdade sem a sensação de ir a lugar nenhum como nas últimas temporadas”. – Jeff Stone, IndieWire.

“‘Um Novo Começo’ é o título perfeito para a estréia da nona temporada de The Walking Dead: há uma nova showrunner (Angela Kang), uma nova vibe (mais humor, mais terror no estilo George Romero), novos membros de elenco (Brett Butler!), ritmo aprimorado e um muito bem-vindo salto temporal desde a oitava temporada.” – Patrick Gomez, Entertainment Weekly.

• NOVOS HORIZONTES

Não, não estamos falando de Negan, Salvadores, ou nem mesmo sobre os Sussurradores (ainda). Desde a chegada de Jeffrey Dean Morgan na série, parece que The Walking Dead havia realmente esquecido das ameaças do mundo pós-apocalíptico, partindo para um espiral de guerras infinitas. Mais uma vez, a nova leva de capítulos do show parece ter ouvido as reclamações dos fãs e apostado em tramas ainda não exploradas na série de TV:

“The Walking Dead virou um drama político situado pelas lentes de um apocalipse zumbi, trazendo os conflitos humanos mais poderosos desde a primeira temporada comandada pelo cineasta Frank Darabont.” – Cameron Bonolo, Comic Book.

“Apesar de não poder abandonar completamente a mal-recebida história da ‘Guerra Total’, The Walking Dead consegue fazer uma nova trama surgir a partir das cinzas, deixando a série assustadora e envolvente de novo. Embora [a nova história] soe ambiciosa no começo – principalmente para uma 9ª temporada que está prestes a perder seu protagonista -, Kang e seu time se mostram prontos para desenvolvê-la.” – Alexandra Augustin, CBR.

“Após anos e anos de conversas sobre um ‘mundo maior’, The Walking Dead finalmente parece estar pronta para mostrá-lo. E ele está diferente: há cadáveres, relances de uma famosa grande cidade americana, e cenários urbanos sendo retomados pela natureza.” – Alex Zalben, Decider.

“Kang estreia na série com personagens de qualidade, relacionamentos e mistérios (incluindo aquele helicóptero que todo mundo queria saber) logo de cara. Se tudo isto se manterá com a saída de Rick pode ser uma incógnita, mas se a nostalgia, mistério e coração dos incríveis episódios 1, 2 e 3 não forem o suficiente para fazer as pessoas ficarem por mais uma temporada, então talvez não haja mais nada a se fazer.” – Brandon Davis, Comic Book.

• APRIMORAMENTO TÉCNICO 

Como já dito em diversas entrevistas, o novo começo não marcará apenas as histórias dos personagens, como também toda a idealização da série. Da cinematografia a mixagem de som, o time todo parece estar dando seu máximo:

“As cenas de ação têm menos cortes e o trabalho de câmera é confiante e consciente, conduzindo cenas angustiantes de pura tensão […] O upgrade técnico também chega aos efeitos visuais/especiais, seja em grandes hordas de zumbis, ou em um céu tomado por corvos, que casam perfeitamente o digital com o real, chegando a causar impacto visual assustador.” – GRadar

“A direção parece ter voltado a trabalhar novas e únicas locações, com genuínas, assustadoras e bem dirigidas cenas com zumbis.” – Indie Wire

• CONSIDERAÇÕES FINAIS

“Eu posso dizer com certeza absoluta que a premiere da nona temporada é o melhor episódio da série desde a sexta temporada (e que muitos desta também).” – Erik Kain, Forbes.

“A nona temporada é um grande passo para o show […] Rick e companhia não estão apenas reconstruindo a sociedade, como também a reputação da série.” – Jeff Stone, Indie Wire.

“A nona temporada é envolvente e reflexiva, deixando inúmeras questões em jogo para fazer com que a audiência se engaje com a história.” – Shannon Toohey, Fanfest.

“O começo da nona temporada tem o ar de novidade que The Walking Dead tanto precisava, trocando guerra por um tempo de paz e reflexão […] Pela primeira vez em muito tempo, The Walking Dead pode mesmo estar diante um brilhante futuro.” – Sarah Moran, Screen Rant.

“Apesar de todo o drama por trás das câmeras, os primeiros episódios da nona temporada levam The Walking Dead de volta ao patamar de sua era de ouro. É gigante, emocionante e cativante como qualquer outra grande série da televisão.” – Alex Zalban, Decider.

The Walking Dead ficou difícil de assistir nas últimas temporadas. Sim, é uma série sobre apocalipse zumbi, mas todo episódio precisava ser tão deprimente? […] O fato é que, com a nona temporada, se você parou de assistir, é hora de começar de novo.” – Entertainment Weekly.

“Havia tanta coisa acontecendo na primeira temporada da série que todo episódio parecia um pequeno filme. Você tem Rick e todos os outros personagens interagindo e fazendo parte da trama em todos os episódios. Kang está seguindo este mesmo modelo nos novos episódios.” – Kirsten Acuna, Insider

Felizmente, o episódio não sofreu recepções negativas como as estreias da sétima e oitava temporadas, aumentando ainda mais as esperanças sobre a nova direção da série. Como de costume, mais críticas devem chegar até o domingo, quando a nona temporada finalmente estrear mundialmente.

Mas e quanto a você? O que achou da recepção positiva da série? Está ansioso para a nona temporada? Compartilhe sua opinião conosco nos comentários.

The Walking Dead, a história de drama número #1 da TV a cabo, vai estrear sua 9ª temporada no dia 7 de Outubro de 2018. Confira o trailer oficial da temporada e fique por dentro de todas as notícias.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA