Siga-nos nas redes sociais

6ª Temporada

7 razões pelas quais o tempo de Daryl está contado em The Walking Dead

Ivy Leça

Publicado há

em

Daryl Dixon tem estado conosco desde a primeira temporada de The Walking Dead e foi se consolidando como o mais badass e super favorito dos fãs da série. Inúmeras campanhas sempre são feitas quando os roteiristas ameaçam de alguma maneira a sobrevivência do personagem.

“Se Daryl morrer, nós iremos nos rebelar”; “Ele não pode morrer nunca!” – E exatamente sobre isso que iremos falar logo abaixo. Ao que tudo indica nós podemos nos preparar para dizer o tão doloroso adeus ao personagem ainda nesta temporada. Aqui estão sete razões pelas quais Daryl está com os seus dias contados em The Walking Dead:

1. Os produtores dão dicas da sua morte o tempo todo

the-walking-dead-7-razoes-daryl-tempo-contado-001

Esses caras, Robert Kirkman e Greg Nicotero, têm provocado a gente com esses comentários há anos. Mais recentemente Robert Kirkman, produtor executivo da série, em uma entrevista com a CNN, disse que:

“Não, ninguém está seguro, definitivamente não. Estou olhando pra você, Norman Reedus.”

Caramba. Parece que as pessoas no comando estão cientes da base de fãs de Daryl e amando brincar com isso. O outro produtor executivo da série, Nicotero, disse em uma entrevista com a Empire Magazine que:

“Se você lê os quadrinhos, você sabe que estamos caminhando para uma grande morte.”

Ele então continuou descrevendo o final como “implacável” e “desolador”. Duplo caramba. Todos os sinais parecem apontar para Daryl neste momento.

2. Até os atores estão dando dicas sobre isso

the-walking-dead-7-razoes-daryl-tempo-contado-002

Mesma história aqui. Os atores dizem isso depois de filmar quase todo finale, mas dessa vez a sensação é bem diferente. Andrew Lincoln, também conhecido como o destemido líder favorito de todos Rick, disse em uma entrevista com a EW que:

“Eu senti um embrulho no estômago quando li o roteiro. Foi a primeira vez nos seis anos trabalhando em The Walking Dead que eu me atrasei pro trabalho, porque eu acordei no meio da noite e não conseguia voltar a dormir. Eu estava tão bravo e frustrado e me sentia enojado. E isso era apenas depois de ter lido.”

Nossa, isso foi bem intenso! Mas ele não está sozinho. Lauren Cohan, que interpreta Maggie na série, disse que:

“A palavra ‘finale’ provoca em mim uma reação física porque foi o dia mais difícil no set que eu já tive na vida. Eu nunca sequer imaginei que como um ator você poderia ter aquela experiência. É uma das experiências mais brutas que eu acho que qualquer um de nós já teve. Andy fala sobre ter se atrasado pro trabalho; eu não queria ir trabalhar naquele dia. Demorou muito para todo mundo se sentir OK novamente depois do finale, vamos dizer assim.”

Mas o que tudo isso significa exatamente? A conclusão que eu tirei disso foi que seu amigo de longa data – Norman Reedus (Daryl) – estava sendo morto.

3. Norman Reedus tem novos projetos

the-walking-dead-7-razoes-daryl-tempo-contado-003

Normalmente quando um ator da série começa a ter novos projetos, uma bandeira vermelha aparece. Por exemplo, assim que Tyler James Williams (Noah) começou a filmar “Criminal Minds: Beyond Borders” como um personagem recorrente, estava claro que seu tempo em The Walking Dead estava quase acabando. E nós não estávamos errados.

Com Reedus sendo visto em cada vez mais filmes populares ao longo dos anos – incluindo Vacation, Air e Triple 9 – parece que ele finalmente vai deslanchar na telona. Seu novo programa “Ride With Norman Reedus” foi encomendado para uma temporada completa e deve ir ao ar no próximo ano. O que é preciso notar, no entanto, é que a premissa do programa é Reedus viajando pelos EUA em sua moto. Com todos esses papeis aparecendo para ele, e ele viajando pelo país semana a semana, como ele vai encontrar tempo para continuar seu trabalho em The Walking Dead?

4. Seu personagem está lentamente sendo substituído

the-walking-dead-7-razoes-daryl-tempo-contado-004

Vamos pensar sobre quem Daryl Dixon é como personagem. Ele é distante, habilidoso e leal. Parece um bocado com Michonne, Morgan e o recém introduzido Jesus. Com todos esses habilidosos, distantes durões por aí, um deles certamente se tornará comida de zumbi logo. The Walking Dead normalmente odeia ter dois do mesmo personagem, evidenciado pelo fato de que assim que um novo personagem negro é introduzido, o outro deve morrer.

5. Ele pode ter irritado Negan

the-walking-dead-7-razoes-daryl-tempo-contado-005

A essa altura você já deve ter ouvido falar sobre a teoria do “carro no segundo plano”; se não, confira este ótimo artigo explicando o carro distante à espreita. Agora, isso pode obviamente ter sido apenas um erro de filmagem ou pode ser Negan assistindo de longe. Ele claramente teria visto Daryl explodir seus amigos/funcionários e é claro que estaria irritado. Isso se encaixa na teoria dos fãs de que Daryl será a primeira vítima de Negan, brutalmente morto por Lucille, o taco de baseball enrolado em arame farpado de Negan. Brutal.

6. Ele não existe nos quadrinhos.

the-walking-dead-7-razoes-daryl-tempo-contado-006

Ao contrário de muitas pessoas da série, Daryl não vem do mundo dos quadrinhos. Claro, ele se encaixa em algumas das personalidades dos personagens dos quadrinhos, mas tudo que Daryl faz vem dos roteiristas da série; não há influência dos quadrinhos. Com cada episódio ficando cada vez mais paralelo com os quadrinhos à medida que avançamos, carregar o fardo de ter um personagem que é baseado em nada deve se tornar um incômodo, tentando encaixa-lo no grande esquema das coisas. Mata-lo simplesmente removeria esse inconveniente.

7. Seu arco está completo

the-walking-dead-7-razoes-daryl-tempo-contado-007

O que Daryl está fazendo realmente hoje em dia? Ele está dando uma mão aqui e ali, mas o arco de sua história se completou quando Beth morreu, ao meu ver, quando ele finalmente foi capaz de amar. Ele está basicamente vagando por aí a saindo em buscas por suprimentos com seu melhor amigo Rick agora. Nada em particular para se fazer, e eu também não vejo os roteiristas criando um novo arco para ele tão cedo.

Olha, eu sei que é triste de admitir, e todos os seus posts no Tumblr não terão sentido agora, mas temos que lembrar que Rick é o protagonista e é a história dele. Todos ao redor dele podem morrer a qualquer momento. Daryl estava destinado a morrer eventualmente. Vamos apenas torcer para que eles façam do jeito certo.


 
Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: Movie Pilot

Continue lendo
Publicidade
Comentários

6ª Temporada

6ª temporada de The Walking Dead chega ao Netflix Brasil em Abril

Rafael Façanha

Publicado há

em

Demorou, mas finalmente o grande dia está perto de chegar! A Netflix Brasil – o melhor e mais famoso de todos os serviços de streaming na atualidade – anunciou hoje que a sexta temporada do drama zumbi de sucesso da AMC, The Walking Dead, estará disponível em seu catálogo no próximo dia 11 de Abril.

Sinopse oficial da 6ª temporada de The Walking Dead:

Os sobreviventes começam a questionar-se sobre o futuro, enquanto analisam novas formas para manter-se vivos num cenário que continua sendo invadido por alguns zumbis.

Além de The Walking Dead, o serviço conta com filmes, seriados e desenhos animados de diversos grandes estúdios e canais de televisão, além de inúmeros conteúdos exclusivos. Ele pode ser acessado a partir de dispositivos portáteis com Android ou iOS, além de computador, Smart TVs, consoles e reprodutores de Blu-ray com suporte para aplicativos. Caso você tenha interesse, a Netflix Brasil possui planos a partir de R$ 19,90 ao mês e você pode fazer assinatura diretamente do site, começando com o primeiro mês grátis!

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, vai ao ar nas noites de domingo no AMC Internacional, às 22h, e no FOX Action (canal do pacote premium FOX+) e FOX Brasil, às 22h30. Confira todas as notícias sobre a sétima temporada.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.

Continue lendo

6ª Temporada

Scott M. Gimple fala sobre a fúria dos fãs em relação ao cliffhanger e sobre as diferenças da série com a HQ

Sabrina Picolli

Publicado há

em

O showrunner de The Walking Dead, Scott M. Gimple, conta que ele não ficou realmente surpreso por algumas pessoas não terem gostado do final da sexta temporada, ao não identificarmos a primeira vítima “Alexandrina” de Negan, mas ficou surpreso com a intensidade da reação.

Enquanto Gimple reconhece e respeita as várias opiniões da base de fãs, ele também é firme em relação ao seu comprometimento com a visão do show. “Tudo pelo bem do público,” ele disse.

Leia mais sobre o que pensa Gimple a respeito da rejeição por parte dos fãs em relação à season finale, bem como a grande diferença entre o cliffhanger com Negan e aquele da lixeira, que o precedeu.

ENTERTAINMENT WEEKLY: Você ficou surpreso com a fúria de alguns fãs com relação ao cliffhanger? Isso não o fez recuar um pouco?

SCOTT M. GIMPLE: Não me surpreendeu. Trata-se de um público apaixonado, e não foi surpresa que houvesse algo assim. Eu acho que me surpreendi com a intensidade alcançada por este pessoal. Mas paixão é paixão, e se eles ainda sentem isso pelo show após seis anos, eu acho que devemos aceitar as críticas. Eu acredito no que estamos fazendo. Acredito na história cujo ponto central é o cliffhanger e nos aspectos da história que convidam o público a usar sua imaginação, pensar e discutir a respeito.

O que eu acho maravilhoso no entretenimento é a possibilidade de estranhos serem capazes de falar – terem algo em comum, algo que ambos amam, mesmo que jamais tenham se conhecido anteriormente. E é muito gratificante para mim ver histórias de pessoas pensando e conversando, postando, teorizando. Eu acho que isso é maravilhoso. Claro, não desejávamos deixar ninguém brabo. Mas iremos adiante, correremos o risco pelo bem do público. Tudo isso é pelo bem do público.

EW: Se o acontecimento jamais tivesse existido na HQ e as pessoas não soubessem a respeito, o que acontece ali, você acha que talvez não houvesse tanta polêmica?

Scott M. Gimple: Absolutamente. Tudo acontece por conta das expectativas. As pessoas dizem “bem, agora Negan aparece na cena.” E a expectativa foi de “Oh isso acontece desta maneira, e é assim que deve ser, e é assim que tenho em mente.” Eu entendo isso. Mas também é uma questão de tentar fazer as coisas para preencher o espírito da história, o espírito da HQ, sem que seja exatamente igual.

E para falar bem a verdade, isso é algo que eu faço, enquanto alguém que justamente entrou em The Walking Dead como um leitor da HQ inicialmente. Mas eu sinto que alguns leitores acreditam que “Oh, isso irá acontecer, é exatamente como é.” E nós queremos dar a eles uma nova experiência, um suspense e também medo, porque eles não sabem como as coisas acontecerão. O que está acontecendo na verdade com os personagens no show, queremos que eles sintam isso. Queremos que eles se surpreendam.

EW: Então, o que é mais importante: honrar estes grandes momentos da HQ fielmente ou proporcionar uma nova experiência aos telespectadores?

Scott M. Gimple: Como eu já disse várias vezes, é um remix. É algo que experimentamos quando eu iniciei no show; Kirkman e eu estávamos na sala dos roteiristas, e eu era um escritor e produtor. Eu sempre quis manter a história o mais próximo da HQ possível, e Robert queria desviar-se dela para proporcionar aos leitores uma nova experiência. Ao longo dos anos, integramos nossos pensamentos, enquanto preenchíamos o espírito da HQ. Estamos procurando gerar estas mesmas emoções e ter uma interpretação direta destes momentos da história – ainda que completamente diferentes – mas ainda alcançando a HQ. É o que temos feito nestes anos, e o final da sexta temporada está bem alinhado a isso.

EW: Uma das coisas que ouvi dos fãs foi que o problema que eles tiveram com o cliffhanger foi a história do cliffhanger anterior, com a lixeira, na primeira parte da temporada, e que aquilo se prolongou demais em tão pouco tempo. Você entende como isso pode ter sido um problema para alguns?

Scott M. Gimple: Quando dizemos que isso foi um problema para algumas pessoas, falamos apenas sobre aqueles na internet, pois obviamente são os únicos que conhecemos, talvez exceto os que estejam próximos a nós. A internet é bastante demográfica. No final, pessoalmente eu não sei. Eu falava sobre como a internet é demográfica – um público discriminativo, esperto, que analisa tudo profundamente. Eu respeito isso e eu desejo isso, e se eu não escrevesse para o show provavelmente estaria fazendo o mesmo.

Eu acho que, na grande “tapeçaria” que é o show, estas são histórias individuais que não estão particularmente relacionadas. Eu acredito que ambas tem a ver com perdas. Mas eu acho que, de certa forma, também pode ser o oposto. A história da lixeira é a de alguém sobrevivendo a algo. É sobre um personagem tentando viver. Foi realmente para colocar o público no lugar das pessoas em Alexandria. A gente não tinha que saber o que aconteceu. Ele parecia ter morrido, mas tudo estava em aberto e incerto. Mas o que o permitiu sobreviver também foi o que fez parecer que ele pudesse ter morrido, que foram as vísceras de Nicholas. Então, felizmente, foi uma história de “Oh, alguém sobreviveu! Eu passei por todas estas coisas horríveis, meu Deus, este personagem recém morreu, e no fim eles sobreviveram.”

Agora é o oposto. Esta é uma história que prometia a morte, atinge a todos eles e talvez alguém sobreviva. É bem diferente. Se alguém irá morrer, a história anterior é de alguém que sobrevive. Eu acho que quando temos dois incidentes inacreditavelmente intensos que atingem tão duramente o público e não lhe dá respostas imediatas, acaba acontecendo este tipo de paralelo. Isso acontece em todo o mundo. E a prova virá com o que ocorrerá em Outubro.

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, irá retornar com a sétima temporada no dia 23 de Outubro de 2016 no AMC Internacional e no FOX Action (canal do pacote premium FOX+) e FOX Brasil. Confira o trailer oficial da temporada e fique por dentro de todas as notícias.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: Entertainment Weekly

Continue lendo

6ª Temporada

Versão sem censura da introdução de Negan em The Walking Dead

Vinícius Castro

Publicado há

em

Por mais que o mistério deixado pelo episódio final da sexta temporada de The Walking Dead não tenha agradado uma parcela significativa do público, a entrada de Negan (Jeffrey Dean Morgan) ainda assim foi memorável graças ao empenho do elenco e ao monólogo praticamente transferido das páginas para a tela.

Como muito era comentado há um bom tempo, a AMC não autorizou a transcrição dos “palavrões” que, em sua grande maioria, são uma parte essencial do sádico comportamento do vilão, para a série. Entretanto, Greg Nicotero, Scott M. Gimple e cia. realmente não deixaram os fãs com as mãos abanando e, como prometido, gravaram duas versões dos últimos 11 minutos – a original, vista na televisão, e a censurada.

Com o lançamento do Blu-Ray oficial do sexto ano acontecendo no último dia 23 de agosto*, a cena completa foi disponibilizada na íntegra, e pode ser conferida no player abaixo:

Por mais que pareça improvável de acontecer, a produção de The Walking Dead ainda busca um acordo com a emissora, já que algumas exceções já foram abertas anteriormente – na quinta temporada, por exemplo, Beth (Emily Kinney) consegue ler a palavra f*ck coberta de sangue no chão do hospital.

E então, o que achou da versão “boca-suja” do Negan? Gostaria que esta versão fosse usada originalmente na série de TV? Deixe sua opinião nos comentários abaixo.

*O lançamento da versão brasileira segue sem data definida.

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, irá retornar com a sétima temporada no dia 23 de Outubro de 2016 no AMC Internacional e no FOX Action (canal do pacote premium FOX+) e FOX Brasil. Confira o trailer oficial da temporada e fique por dentro de todas as notícias.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.

Continue lendo

EM ALTA