Siga-nos nas redes sociais

3ª Temporada

Glen Mazzara responde perguntas quentíssimas sobre o episódio “The Suicide King”

Rafael Façanha

Publicado há

em

[ALERTA DE SPOILERS]

Se você assistiu ao episódio de domingo – e por favor pare de ler se não assistiu – certamente você está preocupado com Daryl, que escolheu Merle em vez de Carol; Andrea que parece estar do lado de seu companheiro (O Governador); e Rick que chegou oficialmente ao estado de loucura. O chefe da série Glen Mazzara foi gentil o bastante para explicar o que diabos está acontecendo na cabeça de todos. (E claro, eu posso ter pensando demais naquele momento em que Beth recebe Rick com um beijo no rosto. Só estou vigiando por Carl!)

Com Rick enlouquecendo, você pode falar sobre (o que parece ser) o surgimento de outros líderes?

Hershel vai ver as alucinações de Rick como uma ameaça à sobrevivência do grupo, e isso o força a uma posição de liderança, com certeza. Glen agora está empenhado em se vingar do Governador, e ele está dividido entre a lealdade a Rick e seus próprios planos, então ele também está competindo pela liderança. Estas não são dinâmicas que nós vivenciamos no passado, quando as pessoas estavam dizendo “Oh, o que nós faremos? O que nós faremos?” Agora é realmente o grupo lutando entre eles mesmos, suas costas contra a parede sem opções e sentindo a pressão. Enquanto isso, o Governador sabe onde eles estão, e ele está possesso, e ele está vindo atrás deles. Vai ser emocionante, eu posso prometer.

Pode ser um excesso de interpretação, mas quando Beth recebeu Rick com um beijo na bochecha, e a câmera meio que permaneceu nessa cena, eu imediatamente pensei que significaria um problema entre Carl e Rick.

Eu vou deixar isso aberto a interpretações. Eu penso que esse momento é encantador porque Rick faz tanto pelo grupo, e alguém agradecê-lo graciosamente é apenas um momento sincero. As pessoas escrevem muito sobre as surpresas, e as mortes dos personagens, e as reviravoltas, e os zumbis, e toda essa coisa divertida, mas a série realmente tem esses momentos. Maggie dizendo adeus a Hershel, a relação entre Carl e Beth, Carol feliz quando vê o bebê, e logo depois percebendo que isso significa que Lori não está mais lá… Você vê esse tipo de momento em cada episódio.

Carl parece estar lidando com a morte de sua mãe melhor do que Rick até agora. É só uma questão de tempo até que isso o atinja?

Eu não acho que a morte de Lori pode ser bem resolvida algum dia. Eu diria que Carl se desenvolve de maneiras interessantes. Ele faz escolhas que fazem muito sentido – mas também faz escolhas que assustam a Rick e a todos do grupo. Carl é destemido até certo ponto, e isso não é necessariamente algo bom nesse mundo. Não vou dizer que ele é imprudente, mas tendo que sacrificar sua própria mãe, ele é talvez o personagem que passou por mais provações na série inteira. Isso é assustador.

Por que Andrea não foi embora imediatamente, após descobrir a verdadeira face do Governador? Ela ainda soube que ele vinha mantendo Glenn e Maggie em segredo.

Mas o Governador é a única razão para ficar em Woodbury? Há pessoas inocentes que foram atacadas por seu próprio grupo. Como o Governador se torna obcecado por vingança contra Rick e Michonne, Andrea é forçada a assumir uma posição de liderança em Woodbury. Ela é, certamente, uma pessoa que quer salvar os inocentes, mas ela também quer se reconectar com seus amigos e descobrir o que está acontecendo. Portanto, a questão para ela é: existe uma solução em que ela pode conseguir tudo isso junto em vez de escolher um lado ou o outro?

O que está havendo com o Governador, apático após perder sua filha, seu olho e fazer a multidão se virar contra Merle?

Uma das coisas que estamos tentando fazer é manter a série fundamentada e real, então os eventos no episódio nove acontecem no mesmo dia do ataque de Rick. O Governador está apenas tirando a tarde para entender o que está acontecendo. Ele quer montar um plano. Sim, ele está lidando com a perda de sua filha, a perda de seu olho, mas ele não é um personagem idiota que vai imediatamente para a batalha sem antes ter suas perguntas respondidas. Eu não diria que ele está se segurando.

Estou muito feliz com o fato de que Merle e Daryl conseguiram sair vivos. O que acontece com eles agora?

Michael Rooker é muito divertido de se trabalhar. Ele é imprevisível. Você quer este cara no meio da ação estragando as coisas. O que você vai ver a seguir é Daryl caindo em um velho padrão de comportamento que ele teve toda a sua vida, que é algo que as pessoas fazem quando estão sob condições estressantes. Pense em toda a história que ele teve com seu irmão. Ele vai cair de volta naquela relação e se tornar o irmão mais novo outra vez, depois de nós termos assistido seu crescimento como um líder no grupo de Rick. Agora Daryl tem duas opções: continuar leal ao seu sangue ou continuar leal a Rick, que agora está perdendo a cabeça sob a pressão?

E quanto a você, leitor? Qual a sua opinião sobre a escolha de Daryl? Como Carol disse, pessoas como Merle fazem você pensar que merece a opressão… Será que Daryl se tornou forte o suficiente para lutar contra isso? Deixe suas opiniões nos comentários abaixo! 3×09 – “The Suicide King” estreia hoje na FOX Brasil, às 22:30!

LEIA TAMBÉM:

> Glen Mazzara explica a chocante cena final, o retorno de [SPOILER] e tudo sobre os Dixon no episódio “The Suicide King”

> Novas imagens do episódio 9 – “The Suicide King” – Daryl e Merle se preparam para lutar contra a morte 

> Talking Dead Brasil #1 – Kevin Smith e Steven Yeun 

> The Walking Dead Terceira Temporada – Episódio 10: “Home” (Lar)


Fonte: Vulture
Tradução: Nat Price / Staff Walking Dead Brasil

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA