Siga-nos nas redes sociais

4ª Temporada

Lauren Cohan diz que o episódio dessa semana é “completamente insano”

Publicado há

em

Cohan adverte os fãs de que ‘Alone’ é ‘um episódio desafiador’ para Maggie, que ainda está em busca de seu marido desaparecido, Glenn.

Aviso: Se The Walking Dead ainda não enlouqueceu vocês, a série está prestes a fazê-lo.

Pelo menos, esse é o ‘furo’ de acordo com Lauren Cohan, que interpreta a corajosa ex-fazendeira Maggie Greene. Maggie é o centro das atenções do episódio inédito dessa semana, intitulado ‘Alone’ (Sozinho). E tem sido esse o caso desde que The Walking Dead retornou do hiatus da midseason: Maggie tem, precisamente, uma coisa em mente: encontrar Glenn e o resto de seus amigos.

“Há uma coragem na Maggie.”, Cohan contou ao MTV News. “Ela vê, pela primeira vez, muito claramente, o que ela precisa fazer. Ela não deixará que ninguém a impeça [de fazer isso]. Conforme veremos no próximo episódio, tudo fica completamente insano.”

Insanidade completa é uma maneira de descrever ‘Alone’. Uma outra maneira, Cohan disse que era um “episódio muito desafiador”, no qual Maggie descobre “novas técnicas para enviar mensagens para tentar encontrar seu marido.”

bob-maggie-sasha-the-walking-dead-4-temporada

Ainda que Maggie esteja devastada por perder Glenn, Cohan acredita que a separação entre o único casal verdadeiramente feliz da série é necessária para os dois personagens.

“Estou adorando a storyline, porque eu sinto que a presença do Glenn tão fortemente quando vocês estão com a Maggie, e sinto a presença de Maggie tão fortemente quando vocês estão com o Glenn.”, ela afirmou. “Essa pequena ponte que as pessoas estão tentando atravessar para encontrarem uma a outra cria muita tensão. Acho que, sem essa missão de se encontrarem, nós não iríamos descobrir mais sobre esses personagens. Sim, ela está inextricavelmente ligada a seu marido, mas quem ela se torna quando está em busca das coisas de que precisa?”

A narrativa beneficia o crescimento dos personagens, mesmo que seja tortuoso para eles. É tortuoso para os atores, também.

“Nós nunca nos vemos.”, Cohan disse. “Tem sido ótimo ver o produto finalizado; nós podemos sair dessas pequenas capsulas e conhecer os personagens que não pudemos conhecer intimamente ainda. Como na semana passada com Daryl e com Beth, toda essa exposição de quem eles são e de onde eles vieram. Isso tudo é super divertido. Mas, em alguns pontos dessa temporada, nós sentimos saudades da camaradagem de estarmos juntos.”

Felizmente, a ansiedade da separação levou o seriado a sua “melhor narrativa até agora”, na opinião de Cohan. “Foi uma incrível virada de página de experiência com esses roteiros, centrando-se em novos personagens e indo para áreas mais filosóficas. Tem sido super estimulante.”, ela disse. “Tem sido legal parar e fazer essas perguntas, ‘É possível retornar diante daquilo que você fez? Quem nós somos agora?”

“É minha temporada favorita em milhares de níveis.”, ela continuou. “Vocês verão porquê.”

Vocês estão gostando do ritmo atual da quarta temporada de The Walking Dead? Comente abaixo.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: MTV News
Tradução: Lalah / Staff Walking Dead Brasil

Publicidade
Comentários

EM ALTA