Siga-nos nas redes sociais

6ª Temporada

The Walking Dead 6ª Temporada: Perguntas e Respostas com Austin Nichols (Spencer Monroe)

Publicado há

em

Austin Nichols, que interpreta Spencer Monroe em The Walking Dead, fala sobre o ataque dos Wolves (Lobos) no episódio 2 e sobre a segurança em Alexandria.

P: O ataque dos Wolves no Episódio 2 foi o primeiro grande teste de Spencer e ele teve tanto sucesso como fracasso. Você acha que ele é forte o suficiente para sobreviver?

Austin Nichols: Ele perdeu seu irmão e seu pai na quinta temporada. Literalmente, metade de sua família foi eliminada. Isso é muito, muito pesado. Ele tem estado protegido atrás dessa muralha e agora foi confrontado com o mundo real. Rick e seu grupo trazem um pouco de loucura para dentro de Alexandria, e isso é assustador e confuso. Spencer quer ser um herói. De coração, eu acredito que ele pode ser forte o suficiente e inteligente o suficiente. Ele tem todas as ferramentas, mas talvez não saiba como usá-las ainda.

P: Você acha que algo como os Wolves poderia acontecer em um lugar aparentemente seguro?

Austin Nichols: É uma dessas coisas que você pensa ser possível, mas não acha que vai acontecer. Não sabemos como é o elemento humano do lado de fora. Sabemos que é perigoso, mas não tivemos experiências como as de Rick e do resto. Isso chegou como uma surpresa. Quando você fica perto das muralhas, vê como são altas, por isso, executar um ataque sofisticado na cidade seria muito difícil.

P: O que você achou de como Spencer lidou com tudo o que aconteceu? Quem é o culpado pela buzina do caminhão que arruinou o plano de Rick para afastar os zumbis?

Austin Nichols: Essa é uma pergunta excelente. Os fãs vão debater por muito tempo, mas se Spencer não tivesse feito aquilo, acho que teria sido pior. Ele ganhou tempo e com esse tempo, pudemos nos preparar melhor. Ele não foi a causa daquilo. Ele pode carregar alguma responsabilidade, mas vamos dar uma chance! Ele precisa de uma chance. [Risos] Spencer tem habilidades, pois ele é uma sentinela e ele fica no topo da torre com um papel importante. Ao mesmo tempo, ele não tem experiência. Achei tudo muito interessante de fazer. Spencer poderia facilmente ser um personagem covarde e mimado, mas ele tem muitas outras coisas interessantes para mostrar.

the-walking-dead-s06e02-jss-021

P: Alexandria parece uma comunidade ideal para fugir dos zumbis. Onde você preferiria se esconder?

Austin Nichols: Eu sempre achei que seria legal ir para uma ilha…

P: [Risos] É o lugar para onde todos estão indo!

Austin Nichols: Seria legal de fazer na série se descobríssemos que os zumbis podem nadar, e aí tudo ficaria muito louco novamente. Também pensei em um prédio muito alto, para que se pudesse ver o perigo. Seria legal também ter um avião. A gente poderia ver áreas bem grandes e saber onde parar. Se algo acontecesse, você poderia pegar o avião e sumir dali. Talvez essa seja a melhor resposta.

P: Você decidiu qual vai ser a sua arma? Como escolheu?

Austin Nichols: Canhão! E atirar bolas gigantes como e um desenho animado.

P: Como foi filmar a cena da horda imensa na estreia da sexta temporada?

Austin Nichols: Eu me lembro de ter lido e caído de costas. Não acreditava que filmaríamos aquilo. Foi muito legal, mas é muito assustador para as pessoas que moram em Alexandria. Por causa daquela pedreira gigante, Alexandria não teve que lidar com nada ainda – seria como se Rick e seu grupo estivessem de volta à primeira temporada – e é a primeira vez tendo que lidar com atrocidades. Filmar coisas assim é algo muito físico também. Foi um dos dias mais quentes, havia poeira por todo lado e todos reclamavam dos olhos.

the-walking-dead-spencer

P: Que personagem ensinou mais a você em termos de sobrevivência até agora?

Austin Nichols: Eu tenho muito amor e admiração por Daryl. Todos os personagens são abertos a críticas, mas com ele, ele pode fazer o que quiser e eu iria junto. Essa é a genialidade de Norman Reedus e do personagem que ele criou. Ele é muito complexo e gentil, mas também tem momentos em que sai de órbita, e ainda é possível entender o porquê.

P: Se você tivesse que ficar com um único personagem da série em um apocalipse, quem seria e por quê? Seria Daryl?

Austin Nichols: Ah não, com certeza seria uma mulher. [Risos] Podem ser todas elas?

P: Você twitou sobre a brutalidade de se fazer uma série como essa, como ir para a casa com machucados e dores. A parte física se soma à intensidade das cenas que você filma?

Austin Nichols: Certamente. É o que eu adoro na série. Estamos soltos no calor, o suor é real e apesar da maioria do sangue ser de mentira, houve dias em que eu dei meu próprio sangue. Levei surra, torci meu dedo, tive cãibras, e isso dá realidade à série. Você acorda e está rastejando para fora da cama. É a coisa mais física em que já trabalhei. É real, significativo e honesto.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: AMC

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA