Siga-nos nas redes sociais

3ª Temporada

The Walking Dead terceira temporada: O ponto chave de Andrea

Publicado há

em

Spoilers de “Prey”. Você foi avisado.

Com apenas dois episódios faltando agora, as coisas estão com certeza esquentando para o conflito entre Woodbury e o grupo da prisão. Nesse episódio central de Andrea, a personagem finalmente tomou uma firme posição e logo escapou da cidade do Governador. Ou tentou, pelo menos. O site IGN conversou com o criador/produtor executivo da série, Robert Kirkman, para falar sobre o episódio 3×14 – “Prey”.

IGN TV: Este episódio realizou uma mudança enorme para Andrea. O que você acha dessa virada pra ela em termos de deixar Woodbury? Você acha que isso aconteceu quando ela finalmente falou disso no episódio, ou você acredita que ela formou isso em sua cabeça há um certo tempo e só agora que ela resolveu agir?

Robert Kirkman: Eu honestamente penso que você poderia voltar um pouco mais cedo, antes mesmo da mid-season finale. Apesar do fato de Andrea ser muito próxima do Governador, ela sempre soube, no fundo, que havia algo errado sobre ele. E então ela estava apenas desejando que tudo o que ela estava vendo fosse verdade, e eu já tinha dito sobre isso há pouco tempo atrás. Uma vez que ela viu as cabeças decepadas nos aquários e do fato de o Governador estar mantendo Penny, eu acho que foi o momento que ela começou a perceber que todas essas coisas que ela estava lutando contra – seus instintos – era tudo verdade.

Quando ela vê o Governador no episódio nove, nosso primeiro episódio de volta depois do intervalo da mid-season, ele está completamente destruído. Ela vê que aquelas pessoas precisam de um líder e eu acho que é algo que realmente mudou as coisas ao seu redor e faz com que ela invista um pouco mais em Woodbury e nas pessoas lá. Ela está sempre em luta com o, “É melhor ir embora? É melhor ficar? O que eu posso fazer por estas pessoas?”.

Eu acho que ela finalmente atinge um ponto chave nesse episódio.

IGN: Você tocou no ponto em como ela está indo contra seus instintos por toda a temporada, assumindo que ela faz isso fora de seus princípios, você acha que essa experiência vai ajudá-la a confiar mais em seus instintos?

Kirkman: Sim. Eu acho que por outro lado, ela vai definitivamente ser um pouco mais cautelosa com as pessoas. Saindo desta temporada, eu acho que cada personagem vai confiar menos nas pessoas que vão encontrar. Isso definitivamente é uma mudança de todos para a quarta temporada, incluindo Andrea.

IGN: A parte principal deste episódio é a cena de Andrea e o Governador no prédio abandonado. Isso é interessante porque se sente uma situação que não tinha realmente acontecido antes, esse um-por-um quase pareceu um filme de terror. Vocês estão procurando explorar mais esse tipo de horror na série?

Kirkman: Acho que isso é algo que Glen Mazzara era muito interessado. Penso que adicionar diferentes tipos de horror e explorar esse material foi algo que ele achou muito interessante, era um elemento pra trazer a série. Acho que isso é um tipo agradável de estar apto de, semana após semana, surpreender a audiência com aspectos diferentes no mundo do horror. É algo certamente realista para Andrea estar se afastando e pro Governador de estar tentando pará-la, no contexto de nossa história, mas enquadrando-o no formato de um filme de terror e explorando elementos, é algo divertido de se fazer para apimentar as coisas.

IGN: Sim, eu penso que isso funcionou bem! E Tyreese chamou bastante atenção também essa semana. Quão participativo você pode dizer que ele vai ser nos próximos episódios?

Kirkman: Ele é uma grande parte dessa série; ele e sua irmã Sasha, interpretada por Sonequa Martin-Green. Estes personagens são novos elementos que são adicionados neste conflito. Nós estamos começando a ver nesse episódio algumas rachaduras em sua relação com Woodbury e com o Governador, e eu acho que ele vai participar de grande forma no próximo episódio e na nossa season finale. Eu esperaria algumas coisas bem legais em relação a eles.

IGN: Eu também pensei que seria interessante saber que Milton e o Governador se conheciam antes do apocalipse zumbi. Existem planos para saber mais da natureza desse relacionamento anterior?

Kirkman: Eu diria que ele conhecia o Governador antes de se tornar o Governador, quando ele era apenas Philip. Ele o conhecia antes de assumir este cargo em Woodbury, mas eu não sei dizer se necessariamente Milton conhecia o Governador antes da queda da civilização ou algo assim. Mas eles possuem um longo relacionamento, maior do que qualquer um em Woodbury já teve com o Governador. Então, existe uma ligação. Há um nível extra que as pessoas podem não esperar e nós vamos explorar isso um pouco mais nos próximos episódios.

IGN: Está também implícito que Milton foi quem ateou fogo nos zumbis que seriam usados no ataque. Com o ataque à prisão eminente, Milton estará procurando sabotar os planos do Governador, ou ele está procurado uma forma de sair de Woodbury neste momento?

Kirkman: Isso é realmente um fator desconhecido aqui. Quero dizer, nós temos esse grande conflito vindo com o Governador contra Rick e as pessoas da prisão, e agora nós estamos começando a ver que as pessoas em Woodbury – Tyreese, Sasha e agora Milton – estão começando a se rebelar até certo ponto. Eles não estão gostando do Kool-Aid (um tipo de bebida) tanto , por assim dizer. Querendo ou não eles vão sair da linha e querendo ou não isso vai ser um fator decisivo neste conflito que está vindo.

Felizmente, só temos mais duas semanas de série, então, vamos descobrir em breve! O que você acha que vai acontecer no episódio final da terceira temporada de The Walking Dead? Deixe suas opiniões nos comentários abaixo.


Fonte: IGN
Tradução: @alexiacmendes / Staff Walking Dead Brasil

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA