Siga-nos nas redes sociais

Curiosidades

Fãs encontram similaridades com The Walking Dead no trailer de Vingadores: Ultimato

O trailer de Vingadores: Ultimato está dando a alguns fãs uma vibe de The Walking Dead.

Publicado há

em

Se passando algum tempo depois de Thanos (Josh Brolin) juntar todas as seis Joias do Infinito para extinguir 50% de toda a vida do universo no final devastador de Vingadores: Guerra Infinita (que também conta com Danai Gurira – Michonne – no elenco), a sequência mostra Scott Lang (Paul Rudd), o Homem-Formiga, de alguma forma libertado do Reino Quântico após ser abandonado na dimensão alternativa nos momentos finais de Homem-Formiga e a Vespa.

Scott é surpreendido ao descobrir o mundo em desordem, encontrando os sobreviventes do desastre – oficialmente apelidado de A Dizimação – vivendo em um mundo degradado, prejudicado por um número incontável de causalidades. Mais desse apocalipse foi vislumbrado no local do Super Bowl em Ultimato, que revelou uma Nova York deserta.

The Walking Dead similarmente viu um Rick Grimes (Andrew Lincoln) desnorteado acordar em uma cama de hospital depois de ficar em coma por um mês, para somente entender que o mundo lá fora tinha acabado – dominado pelos mortos reanimados com alguns poucos humanos sobreviventes.

Apesar de a versão da Terra no Universo Cinematográfico da Marvel ter perdido metade de seus estimados 7.7 bilhões de habitantes na Dizimação, The Walking Dead supera sua contagem de corpos: o criador Robert Kirkman declarou em uma edição dos quadrinhos de 2018 de que existem apenas “aproximadamente 1.6 bilhões” de sobreviventes, deixando a raça humana à beira da extinção.

Se esse número se mantém verdadeiro na série de televisão, esse número provavelmente diminuiu ainda mais seguindo o salto temporal de seis anos na nona temporada de The Walking Dead, se passando quase uma década no apocalipse.

Em um vídeo de 2016, usando uma proporção dada por Kirkman na edição 10 dos quadrinhos – de que a proporção de zumbis para humanos era de 5.000 para um – Matt Lieberman da SourceFedNERDS estimou que 0.0002% da população, ou somente 1.4 milhões de pessoas, ainda estariam vivas após o surto ter se tornado global. Lieberman então determinou que esse número diminuiu e caiu para menos de meio milhão nos primeiros 600 dias do surto, deixando menos de 400,000 sobreviventes em todo o mundo.

Você também percebeu essa similaridade com The Walking Dead no trailer de Vingadores: Ultimato? Comente abaixo!

Publicidade
Comentários

EM ALTA