Siga-nos nas redes sociais

11ª Temporada

CRÍTICA | The Walking Dead S11E16 – “Acts of God”: Dominação

Acts of God foi o décimo sexto episódio da 11ª temporada de The Walking Dead. Veja a nossa crítica ao episódio e discuta conosco.

Publicado há

 

em

Daryl e Gabriel de fundo em cena do episódio 16 da 11ª temporada de The Walking Dead.

Atenção! Este conteúdo contém SPOILERS do 16º episódio, S11E16 – “Acts of God”, da 11ª temporada de The Walking Dead. Caso ainda não tenha assistido, não continue. Você foi avisado!

A disputa entre Hornsby e Maggie chega a seu ápice enquanto um “ato de Deus” aponta para maus presságios.

Começando pelo núcleo da Commonwealth, acompanhamos os personagens pondo em prática o seu plano para expor todos os podres escondidos pelo governo da comunidade. Em especial, Max, que põe seu pescoço em risco para conseguir documentos confidenciais sobre os desaparecidos e as pessoas da lista de Connie e Kelly.

Todo esse plot destoa da história principal do episódio, que é o embate entre Hornsby e Maggie, além de todos os “efeitos colaterais” da treta. Porém, no final, vemos que o grupo liderado por Eugene e Rosita lançou o seu “tabloide” expondo tudo o que nossos protagonistas conseguiram apurar até então. Bem… trama para os próximos episódios.

Indo para a trama principal, vemos Maggie, Hershel, Lydia, Elijah e Marco indo embora de Hilltop. Eles sentem que o embate está próximo e seguem para a floresta, após esvaziar a comunidade. Junto a Negan e Annie, eles tentam traçar estratégias contra os soldados da Commonwealth.

LEIA TAMBÉM:
Quem morreu no 16º Episódio da 11ª Temporada de The Walking Dead?

Maggie e Negan aparentam dar uma trégua na sua conturbada relação. Enquanto a líder agradece o fato do Salvador ter cuidado de Hershel enquanto estavam em Riverbend, ele parece sofrer com certo remorso pelo que fez com Glenn e, consequentemente, com o restante da família. É o início de uma forte parceria.

Enquanto o grupo de Maggie se mobiliza, Daryl, Gabriel e Aaron tentam se salvar de uma emboscada. Esse momento foi bem curto, mas eu acho interessante ressaltar como o nosso grupo de protagonistas possui uma relação de simbiose incrível. A cena em que os três se vêem encurralados por diversos soldados é tensa e mostra como eles conseguem se entender através de poucos olhares. A química de milhões.

Aliás, durante mais da metade do episódio “Acts of God”, uma nuvem de gafanhotos passa pelo local deixando tudo um pouco mais sinistro. Foi esteticamente legal? Até que sim. Serviu para alguma coisa? Não… Existe a alusão a uma das pragas do Egito e toda essa questão de presságio de doença ou agouro, mas além disso, foi só uma escolha particularmente boba dos roteiristas.

Voltando… Todo um plano é traçado para tentar eliminar o máximo de soldados possíveis explodindo a Casa Barrington, a grande mansão que fica no centro de Hilltop. A cena é simbólica pois o local é quase um marco para os fãs e para os personagens. Mas, mesmo sacrificando a casa, eles não contavam com a presença da Exterminadora do Futuro, Leah.

LEIA TAMBÉM:
A 11ª Temporada de The Walking Dead terminou?

Leah foi contratada por Hornsby para acabar com Maggie, embora esse também seja um objetivo da própria personagem, que não mede esforços em sua caçada. A cena de luta entre elas é bem legal, apesar de curta, e tem seu fim quando Daryl surge e mata a sua ex-companheira, salvando Maggie.

Pessoalmente, esperava que Leah causasse um pouco mais de estrago depois de terem resgatado a personagem do primeiro terço da temporada. Ela acabou matando o Marco, mas ele não era nem um pouco relevante na trama. Nem sua morte, pelas mãos de Daryl, foi tão significativa assim. No fim, prometeu muito e não entregou quase nada.

No final de tudo, após quase ser morto por Daryl, Hornsby dá sua cartada final e coloca as três comunidades – Hilltop, Alexandria e Oceanside – sob o domínio da Commonwealth.

Para o próximo terço de temporada temos: o que vai acontecer com os protagonistas que estão dentro dos muros da Commonwealth? Como Maggie, Daryl e companhia vão lidar agora que estão completamente desabrigados? Como Pamela Milton vai reagir às notícias de corrupção no seu governo?

Bem… só vamos conhecer as respostas para estas e outras perguntas quando a série voltar para sua terceira e última parte, a ser lançada ainda este ano. Enquanto isso, resta levantar teorias e hipóteses de como The Walking Dead vai acabar!

E por aí, o que você achou de “Acts of God”, o décimo sexto episódio da 11ª temporada de The Walking Dead? Deixe sua opinião nos comentários!

Publicidade
Comentários