Siga-nos nas redes sociais

11ª Temporada

CRÍTICA | The Walking Dead S11E03 – “Hunted”: Velhos Conflitos

Hunted foi o terceiro episódio da 11ª temporada de The Walking Dead. Veja a nossa crítica ao episódio e discuta conosco.

Publicado há

 

em

Carol e Kelly andando do lado de fora de Alexandria em cena do episódio 3 da 11ª temporada de The Walking Dead.

Atenção! Este conteúdo contém SPOILERS do terceiro episódio, S11E03 – “Hunted”, da 11ª temporada de The Walking Dead. Caso ainda não tenha assistido, não continue. Você foi avisado!

O time de Maggie se separa e precisa lutar como nunca para sobreviver depois do ataque surpresa dos Ceifadores. Enquanto isso, Carol lidera uma expedição em busca de cavalos para Alexandria. O terceiro episódio da temporada de The Walking Dead consegue manter bem o ritmo estabelecido nos dois primeiros episódios, mas mantém de forma repetitiva os mesmos discursos.

O episódio começou tenso, todo o grupo da Maggie sendo atacado pelos Ceifadores em uma sequência intensa e muito legal. Praticamente todos os personagens saem machucados desse embate e, ao se separarem, acompanhamos nesse episódio o que acontece com Maggie, Negan, Alden e Gabriel.

Começamos por Gabriel, pois não é nada de muito interessante. Ele aparece com uma faca cravada na sua perna, partindo depois em busca do Ceifador que o machucou. O rapaz aparenta ser religioso e sente um certo conforto em saber que vai ser morto por um padre. Gabriel, porém, não é exatamente o homem religioso que costumava ser e em uma frase de efeito afirma que “Deus não está mais aqui”. Sem dúvidas esse trajeto de perda da fé do personagem não vai finalizar nem tão cedo.

LEIA TAMBÉM:
The Walking Dead S11E03: 5 coisas que você pode ter perdido em “Hunted”

Enquanto isso, Maggie procura refúgio dentro de um shopping, onde encontra Negan e Alden, que está gravemente ferido após o ataque do grupo adversário. Enquanto eles fogem e lutam, as conversas entre Maggie e Negan soam repetitivas e até um pouco irritantes. Também incomoda o fato de que o roteiro procura fazer de tudo para que a gente simpatize com o Salvador tornando a Maggie insensata e cabeça dura. É muito difícil crer que essa personagem, que já foi líder de duas comunidades diferentes, aja de maneira tão impulsiva em campo.

Inclusive, esse episódio deu fim a praticamente todos os membros da comunidade da Maggie que foram nessa missão. Pelo menos vão ser menos bocas para Alexandria alimentar, não é mesmo?

No fim, a mãe do pequeno Hershel toma a decisão de que era necessário deixar Alden para trás – pelo menos até que eles reagrupem – para que tivessem mais chance de se defender dos Ceifadores e dos walkers. Então, no momento, Maggie e Negan seguem viagem juntos e sozinhos. E vamos de treta…

LEIA TAMBÉM:
GALERIA | Todas as fotos do Episódio 3 da 11ª temporada de The Walking Dead

Em Alexandria, Carol e Kelly, acompanhadas de Magna e Rosita partem em busca de cavalos para ajudar a comunidade. Carol teme que as paredes não durem muito e que seja necessário que eles se mudem em breve. O que faz bastante sentido tendo em vista o estado que o local ficou depois do ataque.

Mas é fato também que Carol está desmoronando cada vez mais pela culpa que carrega pelos ataques realizados pelos Sussurradores. A barra está cada vez mais pesada e ela parece que está em ponto de ebulição. Rosita e Aaron são as únicas pessoas que notam que está havendo algo errado com Carol, mas além de ser difícil ajudar alguém que não quer ser ajudado, eles possuem diversas outras responsabilidades também.

Então, na forma de um delicioso Deus ex machina, quatro cavalos surgem para a felicidade geral da nação. É forte e representativo também o fato de Carol matar um dos cavalos no final também. Ela os caçou por tanto tempo e com o intuito de usá-los como transporte, porém, na hora da necessidade, aquilo precisa ser feito e ela é uma das únicas que pode fazer o que precisa ser feito – assim como ela já o fez anteriormente tantas vezes.

No resumão do episódio: quase todo o grupo da Maggie morreu e o Alden se machucou para que ela e Negan passem pelo menos um episódio completo se digladiando, Carol encontrou cavalos e o Hershel está assumindo a personalidade do Carl quando era criança – porém menos sociopata.

E por aí, o que você achou de “Hunted”, o terceiro episódio da 11ª temporada de The Walking Dead? Deixe sua opinião nos comentários!

Publicidade
Comentários