Siga-nos nas redes sociais

Destaque

The Walking Dead 9ª Temporada: 5 perguntas em aberto após o episódio “Adaptation”

Publicado há

em

Atenção! Este conteúdo contém SPOILERS do nono episódio, S09E09 – “Adaptation”, da nona temporada de The Walking Dead. Caso ainda não tenha assistido, não continue. Você foi avisado!

Após um prolongado período de hiato, The Walking Dead está de volta com sua nona temporada. O episódio que marcou o retorno da série, Adaptation, foi repleto de momentos marcantes envolvendo o arco dos Sussurradores e a relação de Judith e Negan. Além disso, abriu diversas possibilidades de segmentação na história. E com tais possibilidades, é natural que dúvidas pairem no ar.

Pensando nisso, listamos abaixo as cinco maiores questões levantadas pelo episódio a serem respondidas ao longo do tempo:

1. Michonne irá à feira das comunidades no Reino?

Michonne ainda não parece ter resolvido seus problemas.

A cena da ponte que colocou o plano de descobrir se uma horda era composta de mortos ou de Sussurradores foi bastante significante para vários aspectos. Um deles, demonstra que Daryl e os demais sobreviventes se posicionam de um lado, enquanto Michonne é a única a estar no extremo oposto. Isso pode demonstrar a dificuldade que a mulher está tendo em esquecer os momentos passados e perdoar aqueles que a magoaram. No entanto, os Sussurradores ao meio da ponte parecem indicar a ligação dela com os demais. Será que tal arco obrigará Michonne a reatar com as demais comunidades?

Por mais que ela tenha se arriscado pelos amigos da comunidade antes liderada por Maggie, ao final do episódio ela é totalmente pontual em afirmar que não ficaria mais nenhum minuto no local e por mais que a nova ameaça vinha se levantado e que Lydia estava lá com informações importantes, ela partiria para Alexandria ao amanhecer.

Sabemos que – pelo que dito por vários personagens – a feira entre as comunidades está se aproximando e, sendo esse um momento totalmente relevante nos quadrinhos, precisamos saber se Michonne estará no Reino para prestigiar o evento, ou se suas mágoas e medos a afastarão disso. Tudo indica que ela talvez libere pessoas de Alexandria para ir a comunidade de Ezekiel, mas que ela mesma não compareça para evitar o embate com pessoas que ainda tenha pendências.

2. O que a morte de Jesus representa para Hilltop?

Tammy confrontou Tara após a morte de Jesus.

A morte de Jesus – além de triste pelo mau aproveitamento do personagem icônico dos quadrinhos – foi cheia de significância. Dessa vez na História da humanidade, Jesus não pode salvar as pessoas e ao ser perfurado na lateral do abdômen, não verteu água e sim sangue. A cena em que seu corpo chega na comunidade que liderava é bastante emocionante, já que a expressão nos rostos de todos é de espanto. Além de ser ótimo em luta corporal, o personagem era um líder de bom coração, pregador da moral e da ética e vinha construindo um local de paz em Hilltop.

É comum que pessoas que foram influenciadas pela índole boa de uma pessoa, ao verem que o trabalho ético da tal resultou em sua própria derrota, se revoltem e caminhem para o total oposto. Será que Tara conseguirá assumir as rédeas da comunidade deixada por Maggie e das continuidade ao pacifismo de Jesus, ou as pessoas não confiarão nela e acabarão causando grandes problemas internos no local? Talvez Michonne agiu certo em impulsionar Daryl a ajudar Chambler.

3. Como o Padre Gabriel irá reagir à gravidez de Rosita?

Rosita revelou para Siddiq estar grávida dele.

The Walking Dead é cheio de momentos altamente descartáveis. E talvez nós estejamos vendo a construção de um deles que mais pra frente servirá apenas como justificativa para deixar personagens tristes com a morte de alguém. O arco de “Quem é o papai?” iniciado por Rosita e Siddiq provavelmente será um risco, se não for bem construído.

Bem, é fácil de Gabriel entender que antes dele, a namorada teve uma noite de descontração com o médico – e deu força a expressão “brincar de médico” -, não é mesmo? Provavelmente, não! Veremos toda uma jogada de um homem se negando a aceitar que a parceira não nasceu presa a ele e teve outros relacionamentos, ao mesmo passo que Siddiq evitará se envolver na discussão dos dois. E o que isso pode significar? Eugene sendo o cara que irá se disponibilizar a assumir a paternidade da criança e a estar de braços abertos para Espinosa.

Ou seja, o maior clima do teste de DNA do Programa do Ratinho.

4. Negan é um bom menino agora?

Negan demonstrou uma evolução durante o episódio. É pra valer?

Verdade seja dita: Negan era bem mais assustador antes de sua introdução, quanto tínhamos a oportunidade de confabular sobre seus atos terríveis, do que agora que o temos em carne e osso na série. Após a temida cena de Lucille na cabeça de Glenn e Abraham, sejamos sinceros, o vilão se tornou apenas caricato e seus atos de maldade ficaram totalmente escondidos atrás de seu sarcasmo.

Agora, depois de estar praticamente sete anos preso, o ex-antagonista conseguiu se aproveitar de um descuido do Padre e fugir de Alexandria. Aliás, antes de ir embora do local, o homem pensou em se vingar, mas desistiu quando foi confrontado por um desenho da pequena Judith. Depois disso – e de uma conversa repleta de amor com a pequena – ao longo do episódio ele foi se desfazendo do seu passado e se constituindo uma pessoa minimamente humana.

Negan, na verdade, diferentemente do Governador (que influiu bastante no arco do vilão dos Salvadores nesse episódio – confira isso no 05 coisas que você pode ter pedido), sempre foi um homem que apesar de ter o pé na loucura, tinha resquícios humanos em si. Ele poderia, por exemplo, ter matado Carl e Judith diversas vezes para ferir Rick, mas sempre foi cauteloso com ambos e sofreu quando o garoto morreu. Então, teoricamente, é bem mais fácil que ele recobre a consciência após anos sabáticos.

Será que de fato ele será um personagem bondoso a partir de agora? Como Michonne irá reagir ao saber que ele fugiu de Alexandria, mas retornou com o rabo entre as pernas?

5. O que será de Luke e Alden?

Luke e Alden acabaram nas mãos de Alpha. E agora?

Conhecendo o modus operandi de Alpha, Luke e Alden tem poucas chances de saírem bem da situação que se expuseram ao final do episódio. A vilã não é muito ligada ao sentimentalismo – na verdade, nada ligada – e não pensa duas vezes antes de degolar qualquer ser vivo que passe na sua frente. A única forma deles se salvarem da situação é se forem usados como moeda de troca pela líder para recuperar a jovem Lydia.  Mas não há muito do perfil dela nisso, além do mais, entregar duas pessoas em troca de uma? O mais provável é que ela os use para encontrar Hilltop e depois dê o fim que melhor julgar nos dois. Parece que a música se silenciará em The Walking Dead.

E você, ficou com as mesmas dúvidas? Tem respostas? Tem dúvidas diferentes? Deixe nos comentários, vai ser um prazer respondê-lo(a).

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.

Publicidade
Comentários

EM ALTA