Siga-nos nas redes sociais

7ª Temporada

Scott M. Gimple fala sobre a escolha de Sasha no episódio “The Other Side”

Leticia Paulini

Publicado há

em

Desde que Sonequa Martin-Green assumiu um dos papeis principais na série “Star Trek” do canal CBS All Access, os fãs de The Walking Dead ficaram preocupados com o destino de Sasha, a personagem de Martin-Green. Essa preocupação agora deve ter se tornado pânico, com Sasha saindo com Rosita (Christian Serratos) em uma missão para matar Negan e invadindo o complexo dos Salvadores por conta própria.

Mas isso não foi tudo o que aconteceu no 14º episódio da 7ª Temporada de “The WalkingDead”. O showrunner Scott M. Gimple conversou com a Variety para discutir o futuro de Sasha e Rosita e aquele momento tocante entre Maggie e Daryl.

Quando descobriremos se Sasha está viva ou morta?

Scott M. Gimple: Então, nós vimos Sasha entrar lá e ouvimos um monte de tiros. Houve até mesmo um grito que talvez você tenha ouvido. Então, as coisas ou correram muito bem ou correram muito mal. O que quer que seja descobriremos logo, restam apenas dois episódios. Vocês irão descobrir que todas as questões que vocês possam ter serão respondidas. Na verdade, coloque um grande asterisco ao lado disso, e ele pode dizer: “Algumas perguntas podem não ser respondidas.”

Estamos muito acostumados com os ritmos da TV, como público, e muitas pessoas podem estar esperando um grande confronto com Negan no final da temporada. No entanto, houve dicas de que talvez não haja um?

Scott M. Gimple: As coisas estão chegando a um ponto. Os fios da história estão se conectando. Está ficando mais horrendo. Mas isso é tudo o que eu vou dizer.

Este é o início de Rosita sendo menos hostil o tempo todo?

Scott M. Gimple: Sim. Quando eu conversei com Christian no início da temporada, ou até mesmo antes disso, eu queria que essa personagem reagisse aos eventos que ocorreram com certa raiva. Eu adoro o fato de que Rosita é uma das personagens mais duronas da série. Ela não é uma das maiores, é meio pequenina, mas acho que ela tem uma postura como a de Shaquille O’Neal. Ela é incrivelmente formidável, durona e poderosa. Ela não sofre com pessoas tolas ou situações desagradáveis. Agora, isso tem sido uma função de coisas realmente traumáticas, ela tem estado perigosamente irritada.

Mas o que acontece aqui, neste episódio, ela está vendo aonde essa raiva a levou. Eu acho que ela não é nem um pouco culpada pelo fato de Sasha ter entrado lá sozinha, mas a conversa que ela teve com Sasha foi realmente importante para ela, e esta jornada foi importante para ela e terá um efeito duradouro.

Nós havíamos conversado sobre o episódio mais cedo e foi sobre como ambas estão passando por jornadas semelhantes. Dito isto, Sasha, mais no final de sua história, se aproximou mais de Abraham, e finalmente conseguiu conquistar algo com ele que tinha se esvaído dela. E por conta disso, a história se moveu mais em direção a Sasha. E nós sabíamos disso. Mas nós também… eu estava ansioso para ver Rosita e Sasha juntas por vários meses.

Essas personagens em particular, com o que elas passaram não diretamente uma com a outra, sua conexão com Abraham e a estranheza em torno disso, e ainda assim elas precisam uma da outra e estão na mesma página agora.

Por que esse episódio foi o momento certo para aquela cena entre Maggie (Lauren Cohan) e Daryl (Norman Reedus), na qual ela o absolve de sua culpa? E em algum momento você pensou: “Talvez Maggie esteja um pouco zangada com ele”?

Scott M. Gimple: Sobre a primeira pergunta, bem, é um pouco uma questão de chegar ao final da temporada, as coisas chegando ao fim de muitas maneiras. E isso era algo que estava presente entre esses personagens, que era esse distanciamento causado pela vergonha de Daryl. O que Maggie faz por ele é uma das coisas mais bonitas, de dizer a ele que está tudo bem, para libertá-lo dessa culpa. É tão importante, e espero eu, tão bonita.

A coisa que eu gostei sobre isso é, se você voltar para a 2ª temporada, a Maggie daquela época, que não tinha passado pelas coisas que ela passou, provavelmente não teria tido a mesma reação. Ela não teria sido necessariamente tão caridosa. Mas ela mudou e cresceu. E, além disso, ela realmente está se tornando uma líder. É um momento incrivelmente maduro.

Na medida em que ela ofereceu a Daryl esta belíssima coisa chamada perdão – eu acho que ela nunca pensou nisso como algo para culpá-lo sobre, por isso o perdão é um pouco estranho – ela está apenas mostrando, como personagem, quem ela é agora e quem ela se tornou. Isso foi emocionante, ver esse personagem que tem sido um pouco mais difícil com as pessoas ou às vezes mais irritada, indo parar em um lugar de serenidade. Não uma serenidade zen – está tudo em serviço de seu desejo de ganhar esta batalha e corrigir o mundo, ela quer algumas pessoas exterminadas da face da terra. Então isso não é zen. Mas ela está sendo uma líder com isso. E ela é calma com isso. Não é um tipo exibicionista de força. É fazer seu trabalho corretamente. Lauren Cohan, ela é formidável.

E também confirmamos agora que Eugene é terrível.

Scott M. Gimple: Essa é a sua opinião – ele pode ser apenas pragmático. É bastante consistente para o cara que mentiu para as pessoas para levá-lo para o outro lado do país em segurança. Ele tinha mudado, e agora ele mudou de volta. A coisa mais importante para Eugene, e é difícil discutir este ponto, é estar vivo – é a segurança. E ele encontrou segurança no Santuário.

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo é exibida todo domingo no AMC Internacional, às 22h, e no FOX Action (canal do pacote premium FOX+) e FOX Brasil, às 22h30. Confira todas as notícias sobre a sétima temporada.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: Variety

Continue lendo
Publicidade
Comentários

7ª Temporada

Edição limitada do Blu-ray da 7ª temporada de The Walking Dead

Ávila Souza

Publicado há

em

Lembra do Winslow, o zumbi com espetos que Rick enfrentou no lixão na sétima temporada de The Walking Dead? Agora os fãs têm a chance de esfaqueá-lo também… especialmente se eles quiserem ter acesso aos Blu-rays do sétimo ano.

“The Walking Dead Season 7 Limited Edition Spike Walker Statue with Soft Touch Digipak” foi feito pela Lionsgate e Anchor Bay Entertainment e trará todos os cinco discos de Blu-ray da sétima temporada de The Walking Dead além de uma enorme quantidade de especiais que inclui um busto de Winslow, que traz as estacas saindo de sua cabeça ensaguentada e fechada com metais, e estacas em seu peito. Na verdade, a edição limitada do Winslow é interativa: mecanismos especiais de uma das estacas vai fazer com que o usuário tenha que remover e colocá-la de volta para conseguir liberar o box de Blu-rays embaixo do busto.

O Box Limitado Zumbi com Espetos terá venda exclusiva no Amazon e estará disponível a partir de outubro deste ano. Ele foi criado pela McFarlane para prestar homenagem a um dos mortos-vivos mais memoráveis da série que apareceu no episódio “New Best Friends” da sétima temporada. Winslow, interpretado pelo maquiador especial e figurante Gino Crognale, foi colocado contra Rick numa luta brutal armada pela chefe das pessoas do lixão Jadis para testar Rick.

O produtor executivo da The Walking Dead, diretor e especialista em efeitos especiais, Greg Nicotero, que planejou a criação de Winslow com o showrunner Scott M. Gimple e, em seguida, projetou o cara espetado, disse ao Yahoo TV após o episódio de fevereiro, que Winslow era como “uma instalação de arte”.

“Comecei a olhar para os espantalhos de Planeta dos Macacos, que tinham estes grandes, longos… eles eram realmente únicos. Eles eram grandes Xs que têm esse olhar realmente assustador. Eu pensei que seria realmente legal se nós imitássemos de alguma forma com armas e vergalhões e lâminas de serra e unhas e facas saindo”, disse Nicotero. “Nós fomos a partir daí e refinamos o design. O capacete é basicamente um tanque de gasolina de uma motocicleta… levamos cerca de um mês para construí-lo, só porque era algo tão especial e tão intrincado… Adoro coisas assim. Adoro o fato de que depois de sete anos e meio no ar, podemos encontrar coisas que ainda se sentem icônicas e memoráveis.”

O conjunto de edição limitada, bem como as coleções de DVD e Blu-ray disponíveis dia 22 de agosto, incluem comentários de áudio extra; Cenas deletadas e alternativas; E os seguintes especiais:

– Inside The Walking Dead;
– The Making of The Walking Dead;
– In Memorium;
– A Larger World;
– Breaking & Rebuilding;
– A New Chapter of Fear;
– Top Walkers;
– Warrior Women;
– The Writers of The Walking Dead;

Versões adicionais de edição especial dos discos da sétima temporada – disponíveis em 22 de agosto – incluem um conjunto de livros de aço disponível exclusivamente na Target; Um pacote lenticular do Blu-ray disponível exclusivamente na Best Buy; E conjuntos de DVD e Blu-ray que incluem cartões comerciais TWD Topps, disponíveis exclusivamente no Walmart.

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, vai estrear sua oitava temporada no dia 22 de Outubro de 2017 no AMC Internacional e no FOX Action (canal do pacote premium FOX+) e FOX Brasil. Confira o trailer oficial da temporada e fique por dentro de todas as notícias.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: Yahoo

Continue lendo

7ª Temporada

The Walking Dead 7ª Temporada: Veja todas as versões alternativas dos mortos por Negan e Lucille

Vinícius Castro

Publicado há

em

A estreia da sétima temporada de The Walking Dead foi um marco histórico na televisão. Além de alcançar diversas polêmicas em relação aos limites da violência neste meio, as mortes causadas por Negan (Jeffrey Dean Morgan) e Lucille renderam uma recepção controversa, para não dizer cômica, por parte dos especialistas – chegando a ser considerado o pior e melhor momento de 2016 ao mesmo tempo.

Mesmo assim, buscando opções de evitar “spoilers” durante a produção da temporada, todos os personagens na linha do uni-duni-tê, com exceção de Rick (Andrew Lincoln), tiveram suas respectivas mortes filmadas. Enquanto oito destas acabaram sendo usadas como um momento de “imaginação” para o líder durante um teste de resistência aplicado em meio a uma horda de zumbis, outras duas, pertencentes a Abraham (Michael Cudlitz) e Glenn (Steven Yeun), infelizmente chegaram ao corte final.

Para a alegria (ou masoquismo) de todos, um fã da série decidiu reunir todas as versões alternativas em um único vídeo, mostrando mais detalhadamente cada uma das mortes. Confira Rosita (Christian Serratos), Sasha (Sonequa-Martin-Green), Eugene (Josh McDermitt), Carl (Chandler Riggs), Maggie (Lauren Cohan), Daryl (Norman Reedus), Aaron (Ross Marquand) e Michonne (Danai Gurira) tendo suas cabeças esmagadas no player abaixo:

Caso você não lembre, na noite anterior ao lançamento oficial de “The Day Will Come When You Won’t Be”, um misterioso vídeo – que você pode ver clicando aqui – mostrando a morte de Maggie (extremamente mais detalhada que nesta acima) caiu na internet, exibindo a grávida tendo sua cabeça esmagada mesmo após Glenn tentar intervir e ser desacordado por Dwight (Austin Amelio). Provavelmente essas versões completas de todos os personagens estarão disponíveis no DVD/Blu-ray da temporada.

E quanto a você? Acha que a decisão original foi correta? Qual(is) dos personagens deveria ter substituído Glenn e Abraham? Compartilhe conosco nos comentários.

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, irá retornar com a oitava temporada em Outubro de 2017 na AMC e na FOX Brasil. O trailer da temporada, bem como a data oficial de lançamento, será divulgada durante a Comic Con de San Diego em Julho.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.

Continue lendo

7ª Temporada

Elenco e produtores analisam a 7ª temporada de The Walking Dead

Vinícius Castro

Publicado há

em

A sétima temporada de The Walking Dead, acima de qualquer análise, foi a mais polêmica de todo o currículo do drama zumbi da AMC. Responsáveis por uma recepção mista por parte do público e crítica especializada, os 16 episódios trouxeram uma montanha-russa de emoções, indo desde momentos de extrema tristeza e desolação até alguns outros mais leves, como um “alegre” passeio ao parque de diversões.

De toda forma, a emissora disponibilizou um vídeo especial recapitulando e analisando a mais recente temporada. O foco está por conta da imersão no “novo mundo” e comunidades, trazendo uma visão particular do elenco e equipe de produção sobre a árdua jornada vivida desta vez. Confira legendado no player abaixo:

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, irá retornar com a oitava temporada em Outubro de 2017 na AMC e na FOX Brasil. O trailer da temporada, bem como a data oficial de lançamento, será divulgada durante a Comic Con de San Diego em Julho.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Legenda: Gabriel Simonassi / Staff Walking Dead Brasil

Continue lendo

EM ALTA