Siga-nos nas redes sociais

7ª Temporada

REVIEW THE WALKING DEAD S07E10 – “New Best Friends”: Aliados

Publicado há

em

Atenção! Este conteúdo contém SPOILERS dos quadrinhos originais e do décimo episódio, S07E10 – “New Best Friends” (Novos melhores amigos), da sétima temporada de The Walking Dead. Caso ainda não tenha assistido ou lido, não continue. Você foi avisado!

Se no episódio anterior vimos Rick fracassar em sua tentativa de conseguir convencer Gregory e Ezekiel a lutarem contra Negan, em “New Best Friends” vimos o líder raiz mais brabo que você respeita entrar em acordo com um novo grupo (muito esquisito, aliás) para ajuda-los na guerra que está prestes a implodir. Além de ver que as coisas estão começando a deteriorar entre o Reino e os Salvadores, descobrimos o paradeiro de Gabriel e de sobra tivemos uma reunião a muito esperada de Daryl e Carol (ainda que não tenha tido o resultado que eu esperava).

O episódio inicia mostrando mais uma coleta de suprimentos do Reino pelos Salvadores, que por pouco não acaba em tragédia, já que um dos Salvadores, Jared, tenta provocar Richard, da mesma forma que fez em “The Well”, e assim como da outra vez, Richard não deixa barato e saca sua arma, gerando uma reação imediata tantos dos outros Salvadores quanto dos súditos de Ezekiel, que por sua vez, manda Richard abaixar a arma. Gostei muito do Benjamin colocando Jared no chão! O mais importante de toda a interação é demonstrar como o acordo entre eles está por um fio; do momento em que foi dito que a carga estava ‘leve’ a briga entre Richard e Jared, todo o encontro foi cheio de tensão, principalmente aquele discurso do Salvador mais velho para Ezekiel no final sobre como ‘isso precisa parar’, o que me leva a questionar por quanto tempo Ezekiel vai se recusar a enfrentar a situação e aliar-se à Rick. Talvez quando custar a vida de um dos seus súditos? Quem sabe até mesmo do Benjamin?

Enquanto isso Rick Grimes está cercado – de uma gente muito assustadora, diga-se de passagem. Mas parece que ele não está preocupado, pelo contrário, ele parece radiante em ver tanta gente, e como se especulava, eles estavam com Gabriel, que foi levado pelo stalker misterioso que estava observando Aaron e Rick pegar os suprimentos do barco e depois estava vigiando Alexandria. As coisas quase saem do controle, até que Gabriel convence a esquisitona-mor e líder do grupo do ferro velho, Jadis, de que eles são capazes de quase tudo, inclusive de dar a ela o que ela precisa. De forma a testar se Rick realmente era ‘digno’, ela o coloca para lutar com um walker praticamente blindado, e é claro que Rick vence (graças a Michonne).

A introdução desse novo grupo foi uma surpresa, já que eles não estão nos quadrinhos, sequer sendo mencionados, como é o caso de Oceanside, mas não é nenhuma novidade que a série acrescenta suas próprias características independentes do material de origem. Achei legal que tenham introduzido uma nova comunidade, afinal, sempre achei que pela magnitude da história deveriam existir mais comunidades além de Alexandria, Hilltop, Reino e Santuário, que são as principais, já na série podemos adicionar Oceanside e essa do Ferro Velho. Deu felicidade ver o Rick todo feliz porque conseguiu aliados, mas não consigo confiar nessas pessoas, sinto que tem alguma coisa errada. Até porque, até onde sabemos, Negan tem outros postos sob seu comando, quem sabe eles não sejam um desses postos avançados? Ou quem sabe eles não vão entregar Rick para Negan em troca de algo? Pelo que a líder disse, deu a entender que eles ainda não cruzaram com os Salvadores. Achei muito estranho eles se meterem assim em uma briga que não é deles por algumas latas e armas, principalmente levando em conta o lema da Jadis: “nós pegamos, não nos importamos”.

Enquanto isso no Reino, Daryl se aproxima de Richard, e ganha de brinde uma crossbow nova. O guarda do Reino o chama então para uma missão, com a finalidade de provocar o Rei Ezekiel a enfrentar os Salvadores, e Daryl a princípio concorda, até descobrir que o plano de Richard envolve matar Carol. Lá na casa de Carol, ela recebe a visita de Ezekiel e logo depois, é surpreendida por ninguém menos que Daryl Dixon em sua varanda. Esperei muito para que eles se encontrassem e Daryl contasse a ela o que aconteceu com Glenn e Abraham, acredito que se ela souber, ela vai se juntar a luta e ainda convencer Ezekiel de que ele precisa unir-se à Rick, mas não foi isso que aconteceu. Daryl mente e diz à Carol que todos estão bem, acredito que por ter visto como foi difícil para ela a decisão de ir embora, se isolar, ver a culpa que ela carrega e por compreender que a decisão dela de não matar é justamente na tentativa de preservar um pouco de sua humanidade, até mesmo porque a Carol raiz atirava (ou melhor, queimava) antes de perguntar.

Agora precisamos falar sobre a Rosita. Entendemos que ela está com raiva, todos estamos. Mas a atitude dela não faz sentido algum. Se irritar com o próprio grupo e dar uma de viúva solitária não vai adiantar de nada, vai apenas fazer com que ela acabe morta, mas parece que ela sequer dá a mínima. Tara dá logo o papo e não deixa barato, afinal, ela também perdeu quem amava para os Salvadores, assim como Maggie e Sasha, mas nenhuma delas está dando ataque de pelancas. Até acho legal darem mais destaque à personagem, até mesmo porque a Christian Serratos faz um ótimo trabalho, mas por que não um desenvolvimento mais proativo em ajudar a preparação para a guerra, como quando ela ensinou como retirar os explosivos sem que desarmassem? Porque esses ataques juvenis já deram. Tara por sua vez, sempre maravilhosa, deu a impressão ao falar com Rick que a promessa feita à Cindy não vai durar muito tempo, e que logo, logo ela deve levar o grupo até Oceanside.

No balanço geral, foi um bom episódio. A ação deixou um pouco a desejar, achei aquela luta do Rick muito mixuruca, mas em compensação, o emocional do episódio foi lá em cima, principalmente pela reunião entre Carol e Daryl, que foi um dos pontos altos do episódio, além é claro, do Daryl virando novo melhor amigo da Shiva! Gostei muito e estou super ansiosa pelo episódio da semana que vem, já que pela promo veremos como Eugene está, como Negan reagiu ao saber da fuga de Daryl e ainda, como ele vai lidar com o Dwight ao saber disso, uma vez que Daryl escapou sob sua supervisão. Então chega aqui e vem comentar com a gente na seção de comentários!

PS¹: Viram a Jadis não querendo apertar a mão direita do Rick? Oi linda, você mora em um lixão, tá com nojo de um pouquinho de sangue? Como assim? HAHAHA
PS²: SHIVA E DARYL não dá pro meu coração! <3

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, vai ao ar nas noites de domingo no AMC Internacional, às 23h, e no FOX Action (canal do pacote premium FOX+) e FOX Brasil, às 23h30. Confira todas as notícias sobre a sétima temporada.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.

Publicidade
Comentários

EM ALTA