Siga-nos nas redes sociais

7ª Temporada

REVIEW THE WALKING DEAD S07E04 – “Service”: Você trabalha para mim

Publicado há

em

Atenção! Este conteúdo contém SPOILERS dos quadrinhos originais e do quarto episódio, S07E04 – “Service” (Serviço), da sétima temporada de The Walking Dead. Caso ainda não tenha assistido ou lido, não continue. Você foi avisado!

Em um episódio praticamente arrancado das páginas da HQ, pudemos finalmente ver como estão os sobreviventes de Alexandria após os acontecimentos de S07E01 – “The Day Will Come When You Won’t Be”. A forma de construção dos episódios está sendo bem interessante, dividindo as histórias das comunidades por episódio, e acredito que com o número de comunidades introduzidas e a quantidade de personagens a se explorar, esse ritmo deve se manter pelo resto da temporada. Particularmente, não curto muito, mas isso é mais porque não gosto de esperar uma semana inteira para saber o que está rolando em outro lugar, como por exemplo no caso de Alexandria, onde foram três semanas de espera. Vimos a primeira visita de Negan com os Salvadores à Alexandria para realizar a primeira coleta de suprimentos, tivemos um vislumbre da reação dos alexandrinos à situação, como Rick, Michonne e Rosita estão lidando com o luto; tudo isso distribuído em 60 minutos de um episódio prolongado (sem contar os comerciais é claro).

Começamos o episódio vendo Michonne saindo de fininho com um rifle e ficando de guarda do lado de fora dos portões de Alexandria. Confesso que não entendi o que ela estava fazendo até o fim do episódio, onde descobrimos que ela está treinando para melhorar sua mira, o que deixa bem claro o desejo de vingança de Michonne, o que contrasta fortemente com a postura de Rick durante todo o episódio, pois desde que Negan chega com os Salvadores e Daryl a tiracolo, ele faz questão de deixar bem claro a todo momento que não existe outra opção a não ser obedecer as ordens do tirano. Quando Negan chega, Rosita e Spencer estão de saída para procurar suprimentos, e são forçados por Dwight não só a entregar suas armas, mas a trazerem a moto de Daryl que ficou escondida próximo de onde Denise foi morta. Pelo visto, o babaca não mede esforços para ser igual ao Daryl, mas é o como dizem né: quem nasceu para Dwight nunca vai ser Daryl Dixon. Pausa para falar do sofrimento do Rick ao ver o Daryl. Pior: os lindos do bromance do século nem puderam se falar durante o episódio! Que dó, meu deus.

Negan ficou bem empolgado com Alexandria, o que era de se esperar né, já que o complexo dos Salvadores mais parece um cortiço. A partir dai, seus capangas começam a revistar as casas à procura de qualquer coisa que eles achem ser interessante, e nesse momento, conseguimos ver a confusão dos alexandrinos ao terem suas casa invadidas, o que nos leva a especular que, talvez, essa seja a primeira vez que eles abordaram o assunto coletivamente. Acredito que todos soubessem de como deveriam prover aos Salvadores, mas não dá forma que aconteceu, com eles pegando as camas, mobília e etc dos moradores. Agora, podemos tirar um momento para apreciar a existência do Padre Gabriel? GENTE, MELHOR PESSOA! Quem diria que um dos mais odiados na quinta temporada seria um dos queridinhos na sétima?! Pois ele é! Tá lá no top 10 dos meus prediletos. Pensando super rápido, ele cavou uma cova para Maggie, a fim de abafar que ela continua viva, já que ela está em Hilltop se recuperando e Negan não pode saber que Alexandria e Hilltop tem qualquer tipo de ligação; pela cara do Rick, nem passou pela cabeça dele que talvez Negan quisesse atormentar a Maggie mais um pouco. Mas não para aí a escrotice dele! Não minha gente, ele queria pedir que a Maggie ficasse com ele mesmo depois de ter esmagado a cabeça do marido dela.

Gabriel os leva ao “túmulo” de Maggie, quando o barulho de um tiro ecoa pela comunidade, e vemos então Carl ameaçando alguns Salvadores que estão pegando todos os suprimentos médicos da enfermaria, e mesmo frente a frente com Negan, Carl não se intimida, e ainda aproveita para ameaçar o líder dos Salvadores. Corre na família, gente! Tadinho do Rick, dava para sentir o desespero de longe. Em face de toda a situação, Negan resolve pegar todas as armas da comunidade, e quando disse todas, eram todas mesmo, já que quando Arat, uma das tenentes de Negan, está checando o inventário com Olivia, percebe que duas armas estão faltando.

the-walking-dead-s07e04-service-review-001

A fim de descobrir quem escondeu as duas armas, Rick reúne todos os alexandrinos que estão na comunidade e diz que caso não achem as armas que estão faltando, Olivia será morta. Rick então passa a planta, de como pensou em esconder algumas armas, mas sabia que caso encontrassem, as consequências seriam muito piores. Alguns alexandrinos questionam Rick sobre a situação, até que Eric, mesmo com Aaron tentando impedi-lo, questiona sobre como eles vão sair dessa situação, e Rick deixa bem claro durante sua fala que não existe saída, insistindo que ele não está mais no comando, mas Negan. Nenhum dos presentes confessa ter as armas, até que Eugene lembra que nem todos estão presentes. Rick juntamente com Aaron e Gabriel começam a revistar a casa dos que não estão em Alexandria, e enquanto procuram, Gabriel tenta assegurar Rick de que eles vão conseguir sair dessa situação, pois as coisas mudam e ele tem fé em Deus e em Rick.

Aaron diz que não acharam nada na casa de Rosita, mas Rick insiste em continuar procurando na casa de Spencer, ressaltando que ele já fez esse tipo de coisa, e ele estava certo, já que encontra as armas debaixo de um piso falso. Nesse momento, surgiu a questão: porquê Spencer escondeu as armas, já que conversando com Rosita, deixa bem claro que acha que a culpa é de Rick, pois ele poderia ter adotado uma postura mais pacífica em relação aos Salvadores, sem contar quando ele encontra Rosita procurando pelas armas nos zumbis, onde ele deixa bem claro que não aprova e Rosita ainda o provoca perguntando se ele vai contar para eles.

No final dá tudo certo, eles entregam as duas armas sumidas e ninguém morre. Já de saída de Alexandria, Michonne chega e Rick vai até ela para pegar o rifle e entregar a Negan. Na tensão da conversa sentimos que Michonne não concorda com a postura de Rick com a situação e fica indignada de que eles tenham entregado todas as armas. Rick diz para ela que sabe porque ela está saindo todo dia e sabe que ela está praticando, fica implícito que isso tudo é na esperança de uma eventual batalha com os Salvadores. Ele entrega o rifle a Negan e pede que ele deixe Daryl ficar, mas Negan diz que não, só se Daryl implorar para ele, o que Daryl se recusa a fazer. Dizer que eu amei a Michonne jogando o cervo no chão é pouco! Essa mulher é um tiro, senhora e senhores! Não dá pra ser mais diva! Por fim, Negan se despede de Rick dizendo uma das frases mais icônicas da HQ: “Caso não tenha percebido, eu enfiei meu pau na sua garganta e você me agradeceu.” Coitado de Rick Grimes, não está fácil para esse homem! Pausa para o Rick e o Daryl trocando olhares enquanto Daryl vai embora. Não dá para o meu coração.

the-walking-dead-s07e04-service-review-002

Depois de fechar os portões, Rick confronta Spencer sobre as armas, alimentos e bebidas que tinha escondido em sua casa, dando logo o papo de que isso é porque ele é mesquinho. Spencer retruca e deixa bem claro que considera tudo que tem acontecido culpa de Rick, mencionando Glenn e Abraham. Rick no melhor estilo Grimes psicopata o ameaça caso ele repita algo do tipo. Ficou claro que Spencer discorda das decisões tomadas por Rick e como ele acha que deveriam ter feito um acordo com os Salvadores, mas a pergunta é: será que ele está tramando alguma coisa contra Rick? Tomar o poder de Alexandria? Bom, esse é mais ou menos o arco dele na HQ já que, em uma das vezes que Negan aparece em Alexandria para recolher suprimentos e Rick não está lá, Spencer o propõe que mate Rick para que ele assuma seu lugar, uma vez que sua mãe era a responsável pela comunidade antes. Negan fica puto por que ele está tentando trair Rick enquanto ele está lá fora buscando por suprimentos e o mata. Será que o Spencer na série vai ter o mesmo destino que na HQ? Só nos resta aguardar. Confesso que eu adoraria!

De volta a residência dos Grimes, Rick está no quarto arrumando uma cama no chão, já que levaram a maioria dos colchões. Michonne o questiona sobre sua decisão de não confrontar Negan, e sugere que eles possam conseguir com a ajuda de Hilltop, mas Rick afirma que não é possível, que essa é a vida agora e eles precisam aceitar. Abrindo o coração e falando sobre Shane pela primeira vez, Rick admite que sabe que Judith não é sua e sabe que ela é filha do Shane, mas que precisou aceitar a situação para que pudesse amá-la e protegê-la, e que agora ele precisa aceitar a situação para manter todos vivos. Foi de cortar o coração. Ele fala como todos tem que concordar, senão não vai funcionar, e Michonne promete que vai tentar, mas mesmo assim, ela sai sozinha e vai para o mesmo lugar novamente. O episódio termina com Rosita pedindo que Eugene faça balas para ela. Lembra da fábrica que ele descobriu junto com Abraham no episódio S06E14? Então. Pelo visto, Michonne e Rosita estão super dentro da ideia de vingança. Será que vai demorar muito para Rick subir no barco? Espero que não!

Amei esse episódio! Com muitas adaptações geniais dos quadrinhos, um ótimo roteiro, e claro, as atuações sempre geniais de Andrew Lincoln e Jeffrey Dean Morgan. Amei aqueles momentos em que o Rick ficava com aquele olhar assassino e quase metia a Lucille na cabeça do Negan! Queria! Enfim, um ótimo episódio e, ao contrário da maioria dos outros episódios que tem maior duração mas só enche linguiça, o episódio ocupou muito bem todo o espaço de duração. Ainda temos muito terreno para explorar do arco atual e tem muita coisa que ainda falta responder, como por exemplo, como estão Maggie e Sasha em Hilltop e também como o líder da referida comunidade reagiu aos acontecimentos da estreia da temporada, acredito que não muito bem, se podemos concluir alguma coisa da promo. E acabou mais um episódio, e enquanto domingo não chega, vem cá me contar o que você achou do episódio!

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, vai ao ar nas madrugadas de domingo para segunda-feira no AMC Internacional, às 00h, e no FOX Action (canal do pacote premium FOX+) e FOX Brasil, às 00h30. Confira todas as notícias sobre a sétima temporada.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.

Publicidade
Comentários

EM ALTA