Siga-nos nas redes sociais

7ª Temporada

Austin Amelio comenta o momento que “destruiu” Dwight em The Walking Dead

Publicado há

em

Para cada ação, há uma reação. Então, para cada Daryl Dixon (Norman Reedus), há também um Dwight (Austin Amelio), alguém que desesperadamente quer ser durão, motoqueiro, aquele que empunha a besta que o apocalipse zumbi precisa – mas que nunca será. No último episódio de The Walking Dead, Dwight tentou ao máximo ser Daryl; ele tentou ser seu chefe, Negan (Jeffrey Dean Morgan); mas, ao final, ele não conseguiu ser bem sucedido nem em descobrir quem é Dwight, agora que seu rosto está semi-desfigurado e ele perdeu sua esposa, Sherry (Christine Evangelista).

Como basicamente todos na série que estão tentando levar a vida no fim do mundo, Dwight está perdido. Para descobrir mais, o TVGuide.com conversou por telefone com Amelio para discutir a jornada de anti-herói do Dwight, comendo muitos sanduiches de ovo pelo caminho… E se nós talvez possamos ver Dwight matar Daryl.

Nós tínhamos visto alguma coisa de Dwight anteriormente, mas a maioria como um antagonista. Como foi finalmente poder explorar completamente o personagem?

Austin Amelio: Foi ótimo. Foi maravilhoso. As camadas estão começando a serem retiradas aos poucos e eu estou excitado para ver e ter um melhor entendimento sobre o Dwight. Eu tive um monte de gente dizendo “Ei, ele é o meu novo vilão favorito!”. Eu não o vejo realmente como um vilão, mas sim um cara que não teve sua história completamente contada. Ele é um pouco incompreendido.

Bem, os melhores vilões sempre dizem isso… Vamos falar sobre a relação dele com Daryl, já que a dinâmica foi muito diferente neste episódio.

Austin Amelio: Veja bem, foi um episódio pesado. Primeiro, ele tem que ser um líder entre os Salvadores e, segundo, ele foi forçado por Negan a torturar Daryl. Compaixão neste mundo é sombria e confusa. Ele está tentando dar a Daryl algumas opções. Daryl é sortudo por não ser Negan que está fazendo tudo aquilo. A relação entre nós é antiga, Daryl nos ajudou em um dado momento e eu estou tentando atingi-lo. “Eu não quero que você acabe na cerca ou morto. Eu estou te dando opções: tudo que você tem que fazer é dizer a palavra ‘Negan’ e ceder…” Daryl é forte e não cede.

Como foi filmar aquelas cenas na cela?

Austin Amelio: Aquelas cenas foram realmente pesadas. Nenhuma daquelas cenas foram suaves. Atingiu a mim como ator e como o Dwight. Você vê este cara tão vulnerável, sendo brutalmente torturado. Não é uma coisa fácil.

Vocês vaporizaram todo o set de filmagem ou foi tudo sombrio assim mesmo, o tempo todo?

Austin Amelio: Nós somente deixamos rolar… Aquilo foi o episódio. Havia muita névoa tomando conta do lugar e inundando tudo, o que resultou em filmar aquelas cenas fazendo parecer tão real quanto possível.

the-walking-dead-s07e03-the-cell-fotos-002

Então, o que Dwight quer do Negan? Até parece que ele quer ser o Negan, mas interiormente não é quem ele realmente é.

Austin Amelio: Você tem este cara que olha para o Negan como alguém que, de certo modo, é um modelo a ser seguido, porquê ele é um dos maiorais. E você também tem este outro cara, que tem alguma humanidade nele. Tem sido interessante transitar entre eles. Definitivamente, ele não está tentando ser ninguém. Neste ponto, eu gosto de dizer que ele está rezando para o bom senso. Ele não é o cara que ele foi na floresta, mas tudo é senso comum para ele neste mundo. Se você quer fazer isto, você tem que fazer isto. Uma das coisas que ele diz é “ajudá-los não irá ajudá-los”. Este é o mundo, isto é o que tem que ser feito. É bem preto no branco para ele agora.

Você acha que foi o momento que ele “foi queimado com um ferro de passar” que causou sua mudança ou foi quando ele roubou a moto do Daryl?

Austin Amelio: Bem, o momento do ferro de passar definitivamente aniquilou tudo o mais que ele pensava que este mundo pudesse ser.

Muitas mudanças parecem ter acontecido para Dwight fora das telas…

Austin Amelio: [O produtor-executivo] Scott Gimple é tão detalhista, se eu tenho qualquer pergunta de qualquer tipo ele vai saná-la e ele dá aos diretores cada detalhe possível, então não foi muito difícil. Eu trabalho com uma equipe fantástica.

Quando você está no set de filmagem, há alguma separação entre você, Jeffrey Dean Morgan e o restante do elenco? Ou é uma grande família feliz?

Austin Amelio: Em alguns momentos, eu realmente me sinto um pouco de lado, quando nós estamos gravando as cenas… Eu e o Jeffrey somos os únicos que temos uma relação e todos os demais tem trabalhado juntos por anos. Então, até que isso ajuda, sabe? Honestamente, é uma grande família feliz, todos se saúdam como iguais, nós temos a noite de jogos… Nós todos ficamos juntos e jantamos. Não é como “Ah Deus, Dwight não pode se sentar conosco, eu odeio este cara”. [risos]

the-walking-dead-s07e03-the-cell-comparacao-hq-008

Há uma terceira grande relação no episódio, com Sherry. Há algo que tenha sobrado para ser reparado ali?

Austin Amelio: Dwight, ele tem que desistir da esperança de que haja algo, porquê em algum momento ele terá que serguir adiante. É difícil ver alguém que você ama, mesmo que seja apenas por um momento. Definitivamente, ele está se segurando de algum modo.

Mudando levemente de assunto, mas quantos sanduíches de ovo você precisou comer durante a filmagem?

Austin Amelio: [Risos] Muitos. Eu fiquei bem satisfeito com aqueles sanduíches de ovo. Eu não aguento mais sanduíches de ovo. Eles eram realmente muito bons! As vezes que eu estava com fome, eu comi muitos.

Provavelmente melhores que os sanduíches de comida de cachorro.

Austin Amelio: Eu diria que muito melhor!

Vamos falar sobre a última cena, quando Dwight pega aquela cerveja e vê o seu amigo – aquele que ele teve que matar – agora amarrado no fosso zumbi do Santuário. O que se passa na cabeça dele?

Austin Amelio: Quando ele olha e vê o Gordon, ele pensa que um, poderia ter sido ele, e dois, é melhor estar morto do que estar vivo? Este cara é mais livre do que eu?

Liberdade é o tema principal do episódio… Quem você acha que está mais aprisionado neste momento, Dwight ou Daryl?

Austin Amelio: Do ponto de vista do espectador, eles vão dizer que é o Daryl, mas do meu ponto de vista, são os dois, na verdade. No percurso todo, este cara está completamente dominado por Negan e ele não pode fazer nada. Ok, ele consegue fazer bons sanduíches e algo mais. Ele está aterrorizado mentalmente e emocionalmente. Ele não dorme. Igualmente, ambos estão completamente aprisionados.

Se o Dwight tivesse a oportunidade, ele mataria o Daryl? Ou na mente confusa dele, ele se importa muito com ele para simplesmente matá-lo?

Austin Amelio: Eu não acho que ele mataria o Daryl.

Por que você acha que ele se conteria?

Austin Amelio: Bem lá no fundo, ele sabe o placar. Para Dwight, ele matou a Denise. Foi um erro. Nunca é fácil matar alguém neste mundo e ele ainda tem alguma humanidade nele, então… Eu não acho que ele pudesse fazer isso.

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, vai ao ar nas madrugadas de domingo para segunda-feira no AMC Internacional, às 00h, e no FOX Action (canal do pacote premium FOX+) e FOX Brasil, às 00h30. Confira todas as notícias sobre a sétima temporada.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: TV Guide

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA