Siga-nos nas redes sociais

6ª Temporada

The Walking Dead S06E04: 5 coisas que você pode ter perdido em “Here’s Not Here”

Publicado há

em

Atenção! Este conteúdo contém SPOILERS dos quadrinhos originais e do quarto episódio, S06E04 – Here’s not here, da sexta temporada de The Walking Dead. Caso ainda não tenha assistido ou lido, não continue. Você foi avisado!

Depois de três semanas de ação constante de zumbis, as coisas realmente tomaram um rumo diferente quando o showrunner (e roteirista do episódio desta semana) Scott M. Gimple jogou um episódio estilo flashback estendido na mistura.

O episódio 4, intitulado “Here’s not here” (Aqui não é aqui), permitiu que a audiência finalmente visse por onde Morgan andou desde que Rick, Michonne e Carl se encontraram com ele no episódio 12 da terceira temporada. O conceito do episódio era bem interessante, começando com Morgan no presente (“agora”) falando com uma pessoa desconhecida, antes de iniciar um flashback estendido (“antes”), e finalmente amarrando a coisa toda (ou formando um círculo, como Eastman diria) ao revelar que a pessoa para quem Morgan estava contando a história era o Lobo que ele havia nocauteado (não matado, como foi teorizado) no final do episódio 2.

Ainda que o episódio tenha sido discreto, ele revelou coisas que os fãs queriam saber desde que vimos Morgan novamente no começo da quinta temporada, e permitiu que tivéssemos mais empatia com sua decisão de não matar mais pessoas. Muitas outras coisas aconteceram nesse episódio, mas confira essas cinco coisas que você talvez tenha perdido em “Here’s not here”:

1. Eastman estava certo

the-walking-dead-s06e04-heres-not-here-curiosidades-001

Depois que Morgan conta a Eastman sobre a família que ele perdeu, abrindo uma avalanche de emoções, Eastman faz com que Morgan repasse suas técnicas de aikido. Enquanto Eastman corrige suas posições, ele calmamente lhe diz que ele “vai segurar um bebê novamente”. Como você deve lembrar, Morgan de fato segurou um bebê de novo, quando ele se encontrou com Rick e segurou Judith.

Lembra daquele enorme sorriso e risada que Morgan dá depois que Rick pergunta se ele quer segurar Judith? Isso era ele lembrando da promessa de seu mentor (enquanto ele também estava limpando seu bastão de aikido com o pano de Eastman!)

2. Nós vimos muitos itens desse episódio antes

the-walking-dead-s06e04-heres-not-here-curiosidades-002

No episódio 8 da quinta temporada, a audiência estava empolgada em ver Morgan ainda seguindo os rastros de Rick, quando ele chegou na igreja do Padre Gabriel algum tempo após a partida do grupo. Quando Morgan entrou na igreja ele rezou no altar, colocando ali uma estranha seleção de itens antes de fazê-lo.

Depois de assistir “Here’s not here”, aqueles estranhos itens e sua importância subitamente fizeram completo sentido. Após deixar o chalé de Eastman, Morgan não deixou de levar um dos Googoo Clusters que Eastman tanto amava, o pé de coelho da sorte de sua filha, e também a única bala que o casal que Morgan poupou deu a ele (havia também uma lata de comida no altar, mas não era a mesma lata de comida que o casal na floresta deu a ele).

Você talvez se lembre que nós vimos o pé de coelho, e também a cópia de Eastman de “A Arte da Paz”, no primeiro episódio da sexta temporada durante a cena do flashback sobre a qual falamos aqui.

3. Morgan conheceu seu próprio Crighton Dallas Wilton

the-walking-dead-s06e04-heres-not-here-curiosidades-003

No começo do episódio nós ouvimos a assustadora história da única pessoa realmente má que Eastman conheceu, um homem chamado Crighton Dallas Wilton. Após isso descobrimos que depois que Wilton matou toda a família de Eastman, Eastman o capturou e deixou que ele passasse fome durante 47 dias até a morte.

No final do episódio, parece que Morgan percebeu que ele também conheceu uma pessoa verdadeiramente má, quando depois de contar toda a sua história para o Lobo, o homem respondeu prometendo o seguinte caso sobrevivesse:

Eu vou precisar mata-lo, Morgan. Eu precisarei matar cada pessoa aqui, cada uma delas, as crianças também – assim como as crianças do seu amigo Eastman. Essas são as regras. Esse é o meu código. Eu diria que sinto muito, mas você mesmo disse, certo? Nunca se arrependa.

Morgan então deixou o Lobo dentro da cela, e trancou a porta antes de ir. Não podemos ter 100% de certeza, mas parece que Morgan está pegando mais uma folha no livro de Eastman e trancando o homem dentro da cela para morrer, apesar do fato de que ele poderia provavelmente ajuda-lo com a ajuda de Denise e remédios (o Lobo parecia ter um corte infeccionado, ao invés de uma mordida de zumbi, o que seria totalmente curável). Acho que descobriremos nos próximos episódios.

4. Nós sabemos o destino de Rick

the-walking-dead-s06e04-heres-not-here-curiosidades-004

No final do episódio 3, a audiência foi deixada assistindo Rick desesperadamente tentando ligar o trailer enquanto era lentamente cercado por zumbis. Por mais que não tenhamos visto Rick esta semana (ou qualquer outro personagem principal além de Morgan), nós o ouvimos logo no final do episódio gritando para abrirem os portões de Alexandria, algo que foi confirmado por closed captioning, e também pela prévia do próximo episódio.

Isso é bem significativo porque confirma o quanto essa temporada está se passando em apenas um dia (ou talvez apenas em uma tarde?), e também elimina a possibilidade de Rick ser morto pela horda de zumbis cercando o trailer.

5. Foram feitas referências constantes a portas e portões metafóricos e literais

the-walking-dead-s06e04-heres-not-here-curiosidades-005

A usuária Gizah21 do Reddit notou que o episódio todo tem referências constantes a portões e portas. Quanto Eastman conhece Morgan, ele fala sobre como Morgan tem atravessado a mesma porta dentro de sua mente, de novo e de novo, mas que eventualmente uma dessas portas será a saída. Depois desse discurso ele diz a Morgan que a porta da cela estava destrancada o tempo todo, provando que durante todo o tempo Morgan esteve trancado em uma cela dentro de sua mente mais do que qualquer coisa, o que foi confirmado por Morgan fechando a porta depois que Eastman a abriu.

O final do episódio também teve uma porta importante, que mostrou a transformação de Morgan quando ele a trancou, mantendo o Lobo do lado de dentro e longe dos outros. Gizah21 escreveu que isso significou que “alguns indivíduos não conseguem escapar daquela mentalidade e estão ‘trancados’ lá”. Profundo, não? E finalmente, é claro, o episódio termina com Rick gritando para “abrirem o portão”. Muito bem feito, The Walking Dead.

BÔNUS: RIP Tabitha

Você definitivamente não perdeu isso, mas descanse em paz Tabitha. Por mais que Eastman nunca tenha conseguido o queijo que ele queria do seu leite, você fez bem.

Qual foi a sua parte favorita do episódio? Notou mais alguma coisa bacana? Deixe tudo nos comentários abaixo.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: Movie Pilot

Publicidade
Comentários

EM ALTA