Siga-nos nas redes sociais

7ª Temporada

Analisando The Walking Dead: Rick Grimes e a Lei do Retorno

Publicado há

em

ATENÇÃO: Esta matéria contém spoilers do primeiro episódio da sétima temporada de The Walking Dead, S07E01 – “The Day Will Come When You Won’t Be” (Chegará o Dia em que Você não Estará). Leia por sua conta e risco. Você foi avisado.

Na tão esperada estreia da sétima temporada de The Walking Dead, o público testemunhou uma cena inimaginável até então: Rick Grimes de joelhos, completamente impotente e psicologicamente destruído, cara a cara com seu mais novo – e talvez mais terrível – inimigo: Negan. Não bastasse a humilhação que isso representa para o xerife frente ao seu tão fiel grupo, Grimes assistiu à brutal morte de não apenas um, mas DOIS de seus companheiros, consciente de que não podia fazer absolutamente nada para salvá-los. Toda essa reviravolta é, sem dúvida, um grande e importante ponto de virada no arco do personagem, mas a sensação é apenas uma: revolta. Ver nosso líder e seu grupo desarmados da forma que presenciamos nos últimos dois episódios da série é, sem dúvida alguma, desesperador da maneira mais perturbadora possível. Entretanto, considerando toda a trajetória feita por Rick até o momento, será que existe uma espécie de ciclo acontecendo em The Walking Dead?

Durante a quinta temporada da série, Rick passou por um processo de aceitação. O que ele havia aceitado? A necessidade de matar para sobreviver. Observamos o personagem se desfazer de toda a sua brandura, e absorver o que mundo pós-apocalíptico lhe proporcionou através de sua história desde então: frieza e rispidez extremas. Naturalmente que, durante esse processo, todos os seus inimigos terminaram debaixo da terra e, é claro, nada mais justo, não é mesmo? Mas o fato é que, em meio a todos os acontecimentos, é possível resgatar na memória dois momentos cruciais que são o ponto chave de todo o ciclo.

the-walking-dead-terminus

Quando Rick e o grupo exterminam todos os restantes membros dos Canibais (Terminus), temos uma fala fortíssima do xerife pouco antes dele arremessar de maneira truculenta e brutal sua machadinha de cabo vermelho – como prometido – na cabeça de Gareth, o líder dos comedores de carne humana. Suas palavras exatas foram as seguintes: “Coloquem suas armas no chão, e ajoelhem-se”. Um pouco à frente na temporada, a frase é novamente mencionada já no Hospital Grady Memorial, aonde Beth está sendo mantida por Dawn. Rick e o grupo armam uma emboscada para sequestrar dois dos policiais que trabalham para a instituição e assim que o plano funciona, novamente notamos a repetição da frase.

the-walking-dead-grady-memorial

Se invertermos o contexto, podemos reparar que as situações em que Rick colocou outras pessoas antes, é a mesma em que ele se encontra agora: desarmado e ajoelhado. A forma como ele escolheu lidar com a necessidade de matar, a brutalidade e o excesso de confiança que foram sendo cada vez mais enraizados na sua personalidade, o fizeram sentir sede de sangue e matar descontroladamente, sem pensar nas consequências futuras que seus atos poderiam trazer para todos. Podemos talvez, dizer que essas foram a grandes razões que levaram Rick Grimes e seu grupo até o aterrorizante e desesperador momento vivido atualmente na história.

Lei do Retorno? Justiça Cósmica? Apenas uma grande coincidência? Comente abaixo a sua opinião sobre os motivos dos acontecimentos atuais da série.

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, vai ao ar aos domingos no AMC Internacional, às 23h, e no FOX Action (canal do pacote premium FOX+) e FOX Brasil, às 23h30. Confira todas as notícias sobre a sétima temporada.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.

Publicidade
Comentários

EM ALTA