Siga-nos nas redes sociais

Série

Variety elege The Walking Dead como a pior série de 2016

Ludmilla Peixoto

Publicado há

em

Durante essa semana, a Variety – uma das mais respeitadas revistas do mundo do entretenimento dos Estados Unidos – elegeu as piores coisas da televisão em 2016, colocando The Walking Dead como um dos piores shows da televisão. Segue a tradução do texto que eles publicaram sobre a série:

Para ser justo, a vida em um mundo pós apocalíptico com zumbis deve de fato ter suas apostas, e sangue será derramado. Mas esmagar cabeças apenas por esporte é um substituto preguiçoso para verdadeira narrativa ou desenvolvimento de personagens. Pare-me se você já ouviu isso antes: nossa alegre banca de sobreviventes cruza com uma comunidade, que e liderada por um líder cruel com uma raia viciosa que os mata um por um. Escolha uma temporada, qualquer temporada. Estamos presos em um loop de narrativa direto de “Westworld”. E depois de um cliffhanger na sexta temporada que deixou os espectadores resmungando sobre qual personagem favorito dos fãs encontrou o fim do taco de beisebol enrolado em arame farpado de Negan, a sétima temporada estreou com um episódio que foi tão sangrento que ficou claro que os padrões e práticas adormeceram no ligar da luz. Se a visão do sangue salpicado no chão não chocou você, o som da cabeça esmagando certamente o fez. Enquanto o caricato Negan continua a brincar ainda mais cruelmente com suas vítimas, o show brinca com seus espectadores – que merecem melhor.

Não sei se avisaram à Variety, mas The Walking Dead é um show baseado em uma série de quadrinhos que possui uma história e, pasmem, essa história está sendo retratada fielmente na série. Lendo o texto acima, não sei qual é a maior incoerência: falar sobre a ausência de desenvolvimento dos personagens justamente na temporada que mais desenvolveu personagens principais, dividindo núcleos e até gerando reclamações de muitos fãs, ou afirmar que a violência do show é mera “substituta” da narrativa, criticando-a como chocante e fora dos padrões. O que será que a equipe da Variety acha que seria a vida em um mundo pós-apocalíptico? Se nos dias de hoje com autoridades e instituições vemos tantas atrocidades, o que se espera de um mundo sem lei, ou melhor, um mundo em que a lei é a do mais forte? É matar ou ser morto.

Comparar os perigos que o grupo de sobreviventes retratado na série, não é apenas suspicaz, mas esdrúxulo. Shane foi um cara que se apaixonou pela muher de seu melhor amigo, lutou com isso por muito tempo, mas sucumbiu a sua própria insanidade. Governador era um homem louco, que não queria nada de ninguém, apenas eliminar todos sem qualquer motivo, matando inclusive pessoas da sua própria comunidade; era um homem ensandecido pela própria vaidade. Os Claimers eram homens que levaram ao extremo a ideia de sobrevivência do mais forte; pegam o que querem de quem querem, sem medo de cometer as piores barbaridades para obter êxito. Gareth e os moradores de Terminus passaram por um trauma impensável, e como consequência, se tornaram assassinos frios dissidentes com a desculpa de que foram forçados a isso. Negan não é apenas mais um desses, é um sádico, que não faz o que faz para proteger seu grupo, ou é guiado apenas por sua vaidade, mas um sociopata que tortura e oprime seus próprios súditos, com a ideia de que tudo que faz é para restaurar a ordem do mundo, com uma magnânima síndrome do Messias, o Salvador como se auto intitula.

Como havia dito, a violência é intrínseca ao tipo de história que é contada nessa série, a medida que esse mundo criado tão genialmente por Robert Kirkman evolui, todas as suas vertentes evoluem também e, com isso, a violência se torna exponencial. E convenhamos, se a estreia foi tão chocante e tão fora dos padrões, como atingiu 17 milhões de espectadores, quase superando o recorde da série? Não acha estranho que a segunda pior coisa a ser exibida na televisão tenha encerrado seu sexto ano a série mais assistida nos EUA? Ressaltando ainda é claro, a diversidade existente atualmente na televisão, são diversos shows em diversos canais, e ainda assim, The Walking Dead continua como um dos programas mais vistos no mundo todo.

Sendo assim, só tenho a concluir que tal consideração deve ter sido feito por alguém que definitivamente não entendeu que se trata de uma série dramática tendo lugar em um ambiente tão hostil, e explora as relações humanas ao seu limite, resultando ocasionalmente em hostilidade excessiva. Então Variety, concordamos em discordar. Mas é claro que da mesma forma que discordo da Variety, você pode discordar de mim, afinal, opinião é subjetiva. E você, o que acha? The Walking Dead foi um dos piores shows da televisão em 2016?

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, retorna no dia 12 de fevereiro de 2017 no AMC Internacional, às 00h, e no FOX Action (canal do pacote premium FOX+) e FOX Brasil, às 00h30. Confira todas as notíciassobre a sétima temporada.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.

Continue lendo
Publicidade
Comentários

10ª Temporada

Trailer LEGENDADO dos episódios extras da 10ª temporada de The Walking Dead

Assista ao trailer dos episódios extras da 10ª temporada de The Walking Dead. Série retorna em 28 de Fevereiro!

Rafael Façanha

Publicado há

em

daryl armado em imagem dos episódios extras da 10ª temporada de The Walking Dead

The Walking Dead está se preparando para retornar com 6 episódios extras da 10ª temporada e a AMC acaba de divulgar o trailer oficial para aquecer a ansiedade dos fãs.

Os novos episódios vão focar em determinados grupos de personagens e prometem responder algumas perguntas em aberto, como onde Maggie estava, o passado de Negan e sobre os soldados que cercaram o grupo de Eugene no final do episódio “A Certain Doom”.

Assista ao trailer de The Walking Dead:

LEIA TAMBÉM:
Títulos e sinopses dos episódios extras da 10ª temporada de The Walking Dead

Nesses episódios extras, encontraremos nossos sobreviventes tentando se reerguer após a destruição que os Sussurradores deixaram para trás. Os anos de luta pesam sobre eles e os traumas do passado ressurgem, expondo seus lados mais vulneráveis. Ao questionarem o estado da humanidade, o estado de sua comunidade coletiva e o estado de suas mentes, eles encontrarão a força interior para perseverar com suas vidas, amizades e grupo intactos?

A 11ª temporada de The Walking Dead – que tem previsão de estreia para Outubro deste ano – será a última da série inspirada nos quadrinhos de Robert Kirkman. Para dar uma despedida digna e épica ao universo zumbi, serão exibidos 24 episódios nesta parte final da história, oito a mais em relação aos tradicionais 16 capítulos divididos em duas partes que nos acompanharam na maioria das temporadas.

The Walking Dead retorna em 28 de Fevereiro com o episódio “Home Sweet Home”.


Legenda por: Guilherme Catai / Equipe The Walking Dead BR

Continue lendo

11ª Temporada

EXCLUSIVO! The Walking Dead ganha previsão de início das filmagens da 11ª temporada

Em entrevista exclusiva, Duane Charles Manwiller revela os planos para o início das filmagens da 11ª temporada de The Walking Dead.

Avatar

Publicado há

em

claquetes de The Walking Dead ao lado da moto de Daryl Dixon no set de filmagens

Estamos todos com saudade de The Walking Dead, certo? A décima primeira temporada será a última da série que é o carro-chefe do universo zumbi de Robert Kirkman – ainda teremos outras temporadas dos derivados Fear the Walking Dead (renovada para a 7ª temporada) e The Walking Dead: World Beyond (que terá uma 2ª temporada).

Mas devido à pandemia da Covid-19, todo o trabalho de produção do último ano de The Walking Dead foi atrasado, e os fãs estão sem saber quando verão as últimas aventuras das comunidades. Uma série de novos eventos deixou os fãs curiosos e ansiosos sobre o que vem por aí. Como será o retorno de Maggie? Como os sobreviventes vão se relacionar com a nova comunidade que surgiu na season finale da décima temporada em um encontro com Ezekiel, Yumiko, Princesa e Eugene? Ezekiel vai se recuperar do câncer? Essas e outras perguntas devem ser respondidas na última temporada, que vai encerrar o arco dos quadrinhos.

Pois estamos aqui para trazer uma notícia exclusiva: a última temporada de The Walking Dead já tem data para começar a ser filmada.

Previsão para março

Quem revelou esta informação com exclusividade para o The Walking Dead BR foi Duane Charles Manwiller, diretor de fotografia de The Walking Dead, em entrevista exclusiva. Ele afirmou que a pandemia da Covid-19, de fato, atrasou todo o cronograma da produção, mas estimou que as filmagens devem começar em março.

“Uma vez que o Covid chegou, tudo mudou. A décima primeira temporada nunca aconteceu em 2020, mas filmamos uma extensão da décima temporada e foi mais uma ponte entre a décima e a décima primeira temporada, que começaremos a filmar em Março de 2021. Faz sentido? Isso confunde até a mim. Nas placas das câmeras nós simplesmente colocamos ‘Temporada 10 – continuação'”.

Temos o mês do início das filmagens, mas em que momento de março os trabalhos vão começar? Podemos deduzir a partir da experiência de outros anos de The Walking Dead, que tradicionalmente começam na primeira semana de maio. Se esta tendência for seguida, a produção da última temporada da série começará, também, nos primeiros dias do mês de março.

Final da 10ª temporada de The Walking Dead

Para quem não se lembra, alguns eventos importantes marcaram o season finale da décima temporada. Beta, que tomou a liderança dos Sussurradores após a morte de Alpha, foi morto por Daryl após um conflito intenso entre os mascarados restantes e a imensa horda – que foi levada por Carol para um precipício.

No meio de toda essa briga, Maggie reapareceu para salvar a vida de Gabriel, que estava encurralado pelos inimigos. Ela ficou alguns anos afastada das comunidades mas promete voltar com tudo para o décimo primeiro ano da série. Ela trouxe consigo um guerreiro misterioso e muito habilidoso. O que será que ele tem a trazer para o enredo?

Além disso, o Império – a última e maior comunidade encontrada pelos sobreviventes nas HQs – deu as caras após Eugene chegar atrasado para o encontro com Stephanie e quase desistir da reunião com a nova amiga. A introdução desta cidade trouxe muitos problemas para os sobreviventes nas histórias em quadrinhos.

Antes da aguardada última temporada de The Walking Dead, o programa ganhará 6 episódios extras – que começarão a serem exibidos em 28 de Fevereiro – que servirão de ligação entre as duas últimas temporadas e também prometem responder algumas dúvidas dos fãs.

E aí, qual a sua expectativa para a última temporada de TWD? Deixe sua opinião nos comentários!

Continue lendo

10ª Temporada

Lynn Collins entra para o elenco da 10ª temporada de The Walking Dead

A atriz Lynn Collins interpretará a personagem Leah e fará sua estreia no episódio “Find Me” da 10ª temporada de The Walking Dead.

Gina Machado

Publicado há

em

The Walking Dead adicionou Lynn Collins ao seu elenco, estreando em um dos próximos seis episódios que estão sendo adicionados à 10ª temporada. Collins irá interpretar Leah, personagem revelada no vídeo da leitura de roteiro do episódio “Find Me”.

Leah é encontrada por Daryl Dixon (Norman Reedus) em uma cabana no meio da floresta. “Find Me” é o 18º episódio, que será lançado em 7 de março. É o segundo episódio do próximo lote que começará a ser exibido em 28 de fevereiro, preenchendo o que teria sido um vazio na primavera de 2021 sem The Walking Dead devido a pandemia de coronavírus que atrasou a produção ao longo de 2020.

Collins é mais conhecida pelo trabalho em filmes como “X-Men Origins: Wolverine”, onde interpretou Kayla Silverfox, “John Carter”, onde ela era Dejah Thoris, e “Número 23”. Collins só deve aparecer em um dos seis episódios que virão no início de 2021. Não está claro se sua personagem Leah continuará ou não na série em sua décima primeira e última temporada, que começa a ser produzida no início de 2021 e vai ao ar no segundo semestre do ano.

A primeira imagem oficial de Lynn Collins como Leah no episódio 18 da 10ª temporada de The Walking Dead pode ser vista abaixo:

Leah - interpretada por Lynn Collins sentada em sua cabana em imagem promocional da 10ª temporada de The Walking Dead

LEIA TAMBÉM:
Títulos e sinopses dos episódios extras da 10ª temporada de The Walking Dead

“É um reflexo da 10A e 10B”, disse Scott M. Gimple, diretor de conteúdo do Universo The Walking Dead, à ComicBook.com sobre os próximos seis episódios. “É uma parte dessa história. Está conectado a tudo isso. Mesmo ‘Here’s Negan’, obviamente tem a ver com a história de Negan, mas mesmo assim, está diretamente conectado à história que sai da 10ª temporada. Esses episódios, quero dizer… Foram seis episódios, seis semanas. Eles foram escritos em um… Nós tínhamos que ir direto ao ponto. Angela [Kang], a equipe, alguns escritores do passado, do passado de The Walking Dead, algumas pessoas que voltaram para realmente trabalhar neles. Todo mundo deu tudo de si.”

Os próximos episódios também adicionaram Robert Patrick ao elenco, já que The Walking Dead dará tudo nesses seis episódios bônus da 10ª temporada a caminho de seu destino final com uma 11ª temporada de 24 episódios para completar a saga. A esposa do ator Jeffrey Dean Morgan, que interpreta o Negan, Hilarie Burton Morgan, também está no elenco, interpretando a falecida esposa de Negan, Lucille, em flashbacks ao longo do episódio “Here’s Negan”.

Você está ansioso(a) para os novos episódios de The Walking Dead? Deixe todos os seus pensamentos e teorias nos comentários abaixo!

Continue lendo

EM ALTA