Siga-nos nas redes sociais

Série

Qual personagem feminina de The Walking Dead teve o pior apocalipse até agora?

Publicado há

em

ATENÇÃO: A postagem abaixo contém SPOILERS de todas as temporadas de The Walking Dead até agora. Se você está atrasado(a), não continue. Você foi avisado(a)!

Como nós já estamos em The Walking Dead há sete temporadas, eu estava pensando que alguns dos personagens passaram por experiências muito piores do que outros durante o apocalipse (sim, é uma proposta arriscada). E parece que as mulheres da série passaram por coisas piores do que os homens. Então, com isso em mente, decidi colocar em escala o sofrimento das quatro principais mulheres de The Walking Dead. Vamos lá!

4. Michonne

Muito do sofrimento de Michonne veio no começo do surto, quando seu namorado Mike e o amigo Terry estavam chapados no acampamento de refugiados onde eles viviam, e não foram capazes de proteger seu bebê Andre, que foi morto por zumbis. Mike e Terry foram mordidos, mas Michonne não teve misericórdia. Ao invés disso, ela arrancou seus braços e bocas, e usou-os como proteção para que pudesse andar intocada entre os mortos.

Amarga e sozinha, ela finalmente encontrou o grupo de Rick, e gradualmente recuperou sua humanidade. Ela criou um laço com Andrea, mas pouco depois perdeu a melhor amiga para a tortura do Governador. A morte foi trágica, e Michonne não lidou bem com isso.

Sempre uma guerreira estoica, ela continuou, tornando-se uma força de orientação dentro do grupo e uma conselheira de confiança para Rick. Seu coração abriu-se gradualmente, e agora ela tem um relacionamento amoroso com Rick, além de uma dinâmica amorosa de mãe e filho com Carl. Seu apocalipse não está tão ruim assim no momento (relativamente falando, é claro).

Escala de sofrimento de Michonne:

– Filho morto (devorado por zumbis)
– Namorado morto (mordido por zumbis)
– Melhor amiga cometeu suicídio

3. Carol



Carol Peletier
também passou por maus bocados no começo, quando apanhava do marido abusivo Ed, e depois viu a filha Sophia se perder do grupo durante um ataque de zumbis. O grupo passou metade da temporada procurando por Sophia, apenas para descobrir que ela estava no celeiro de Hershel.

Sem dúvida a cena mais dolorosa de The Walking Dead até aquele momento, a morte de Sophia devastou Carol. Gradualmente ela se tornou muito mais forte, uma das transformações de maior destaque na história da série. Ela evoluiu e virou uma líder feroz e uma grande estrategista, até o ponto de matar membros doentes do grupo na prisão para conter um surto de um vírus mortal.

Carol abre seu coração para Lizzie e sua irmã Mika, essencialmente adotando as duas. Então, em outra chocante reviravolta, ela descobre que Lizzie é psicótica, não conseguindo distinguir a diferença entre humanos e zumbis.

O momento em que Carol executa Lizzie é uma das cenas mais chocantes e dolorosas em The Walking Dead, e Melissa McBride faz um trabalho incrível. Todas as mortes começam a pesar para Carol, e ela decide fugir do grupo. Ela desenvolve um desejo de morte, mas é salva por Morgan. Agora no Reino, ela parece estar mais em paz com seu lugar no mundo pós-apocalíptico.

Escala de sofrimento de Carol:

– Marido morto (devorado por zumbis)
– Filha morta (mordida por zumbis)
– Filha adotiva assassinada
– Forçada a matar a filha adotiva

2. Sasha

Sasha Williams chegou depois na série junto com seu irmão, Tyreese, durante a terceira temporada. Suas dificuldades começaram com a morte de seu namorado, Bob, cuja perna foi decepada e comida por Gareth e os Termites. Bob se reuniu com o grupo antes da morte, em uma cena triste e tocante.

Bob sempre foi uma influência otimista para Sasha, e sua morte a colocou em uma depressão severa. Pouco tempo depois, Tyreese foi morto em um ataque zumbi, e sua morte trágica colocou Sasha em um estado de TEPT (Transtorno de Estresse Pós-Traumático). Ela começou a agir de forma extremamente violenta e auto-destrutiva.

Abraham tirou Sasha dessa espiral, e eles eventualmente desenvolveram um relacionamento amoroso. O assassinato brutal de Abe pelas mãos de Negan colocou Sasha novamente em estado de vingança assassina. Agora ela está em um momento bem sombrio, então seu futuro permanece incerto.

Escala de sofrimento de Sasha:

– Namorado morto (mordido por zumbis e atacado por Termites)
– Irmão morto (mordido por zumbis)
– Segundo namorado assassinado

1. Maggie

Olha, será que alguém sofreu mais do que a Maggie? Caramba. As coisas começaram até que bem, com o romance com Glenn, mas ficaram bem ruins pouco depois.

Primeiro ela testemunhou seu pai, Hershel, ser brutalmente assassinado pelo Governador. Aquele foi claramente o assassinado mais abominável da série até aquele momento, sendo superado apenas por Negan na sétima temporada.

Pouco depois, sua irmã Beth desaparece e morre em uma tentativa de resgate pelo grupo em um hospital. A morte dolorosa da irmã acabou com Maggie completamente, e a única coisa que a mantinha em pé era o amor de sua vida, Glenn. Mas nós todos sabemos o que acontece em seguida.

Acrescente a isso o fato de que Maggie está à beira da morte devido a complicações da gravidez, então é um milagre que ela não apenas tenha sobrevivido, mas esteja mais determinada do que nunca a vingar a morte de Glenn e trazer uma vida melhor para os outros sobreviventes.

Escala de sofrimento de Maggie:

– Pai assassinado
– Irmã assassinada
– Marido assassinado

VOTE NA ENQUETE:

 

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, retorna no dia 12 de fevereiro de 2017 no AMC Internacional, às 00h, e no FOX Action (canal do pacote premium FOX+) e FOX Brasil, às 00h30. Confira todas as notíciassobre a sétima temporada.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.

Publicidade
Comentários

EM ALTA