Siga-nos nas redes sociais

Série

Fotografias dos personagens falecidos de The Walking Dead pela Entertainment Weekly

Ludmilla Peixoto

Publicado há

em

Essa semana a Entertainment Weekly fez um tributo lindo e super emocionante a alguns dos personagens de The Walking Dead que estiveram no show, mas infelizmente, não estão mais entre nós. Durante a Walker Stalker Con Orlando 2015, eles conseguiram reunir alguns dos atores que estavam presente e registraram essas pessoas que interpretaram tão bem esses personagens e o resultado ficou de doer o coração. Vem cá se emocionar com a gente, vem!

A única coisa mais letal que uma horda de zumbis é o time sedento de sangue dos escritores de The Walking Dead. A Entertainment Weekly conversou com os antigos atores do elenco para descobrir como eles se sentiram quando ouviram que iriam ser mordidos para fora do show.

Tyreese (Chad L. Coleman)

Como ele morreu: Mordido pelo irmão zumbificado de Noah em Shirewilt Estates na quinta temporada.

Espectadores não foram os únicos surpresos pela despedida de Tyreese. “Eu fiquei chocado”, diz Coleman sobre descobrir o seu fim. “Eles me pegaram desprevenido. Eu não vi isso chegando.” Coleman espera que os fãs lembrem-se dele como o gentil gigante que se recusou a render-se a violência do mundo a sua volta: “Lembrem-se de sua humanidade e gentileza e generosidade de espírito. Eu sei que toquei pessoas, e espero que possamos estar em contato com essa parte de nós – que eu considero ser a melhor parte de nós.” E sim, o ator (que está atualmente estrelando na série The Expanse da Syfy) ainda acompanha o show. “Estou curioso sobre minha irmã e Abraham,” Coleman diz. “O que é aquilo? Eu acho que isso é ser um irmão. Eu não vejo.”

chad-coleman-the-walking-dead-personagens-mortos-ew chad-coleman-the-walking-dead-personagens-mortos-ew-002

Sophia (Madison Lintz)

Como ela morreu: Desaparecida na premiere da segunda temporada, apenas para ser encontrada como um zumbi saindo do celeiro de Hershel na midseason finale, onde ela foi misericordiosamente morta por Rick.

Lintz tinha apenas 12 anos quando ela filmou a comovente cena de sua morte, mas mesmo estando no centro de um dos mais memoráveis momentos de The Walking Dead, a menina de agora 16 anos não assiste mais o show. “Eu acho que parei de assistir lá pela terceira temporada,” ela conta. “Só porque é um pouco sangrento demais pra mim. É tão estranho, porque quando eu era mais nova, eu ficava tipo, ‘Essa é a coisa mais legal do mundo! Eu amo isso. Olha pra todo esse sangue! Tem sangue em todo lugar.’ Mas conforme fui ficando mais velha e ficou cada vez mais intenso, eu fiquei tipo ‘Eh, eu tenho que comer meu jantar agora.'”

madison-lintz-the-walking-dead-personagens-mortos-ew madison-lintz-the-walking-dead-personagens-mortos-ew-002

Sam (Robin Lord Taylor)

Como ele morreu: Teve sua garganta cortada em Terminus durante a premiere da quinta temporada.

Mesmo conseguindo o cobiçado papel do Pinguim em Gotham após sua breve participação na quarta temporada, ele fez questão de retornar para a grande aparição de sua morte. “Eu fiquei tão feliz de ter meu próprio encerramento e ver todo mundo uma última vez,” diz Taylor. “A família The Walking Dead é uma coisa real. Eu estou muito honrado de fazer parte dela.”

robin-lord-taylor-the-walking-dead-personagens-mortos-ew robin-lord-taylor-the-walking-dead-personagens-mortos-ew-002

Beth (Emily Kinney)

Como ela morreu: Acidentalmente baleada pela oficial Dawn Lerner na quinta temporada depois de Beth tê-la esfaqueado com um par de tesouras no hospital.

The Walking Dead é conhecida por construir seus personagens tão somente para acabar com eles, e Beth é um primoroso exemplo – o que torna sua repentina morte ainda mais perturbadora. “Foi chocante tanto para mim quanto para a audiência, porque nós estávamos apenas começando a ver mais da Beth e entender seu ponto de vista,” conta Kinney. “De muitas formas, nós estávamos vendo apenas o início da personagem, o que fez sua morte especialmente triste.” Mas Beth não está totalmente morta para a atriz, que guardou alguns souvenires de seu tempo no set. “Eu guardei algumas das joias de Beth e meus scripts com todas as minhas anotações.” Além disso, ela diz, “Pessoas me chamam de Beth o tempo todo.”

emily-kinney-the-walking-dead-personagens-mortos-ew emily-kinney-the-walking-dead-personagens-mortos-ew-002

T-Dog (IronE Singleton)

Como ele morreu: Comido por zumbis na prisão na terceira temporada enquanto ajudava Carol escapar.

Ao invés de lamentar sua morte, Singleton celebra o fato que T-Dog durou por tanto tempo. “Me disseram que eu provavelmente faria apenas dois episódios, então eu não fiquei chocado quando eu recebi a ligação,” ele conta. “T-Dog provavelmente foi o único que morreu heroicamente. Você não pode encontrar um jeito melhor de morrer do que aquele.”

irone-singleton-the-walking-dead-personagens-mortos-ew irone-singleton-the-walking-dead-personagens-mortos-ew-002

Noah (Tyler James Williams)

Como ele morreu: Devorado em uma porta giratória na quinta temporada depois que Nicholas deixou ele e Glenn para morrer.

Williams teve dois pensamentos quando soube da morte de Noah – chateado por deixar o show, contudo, apreciativo da forma como seu falecimento iria impulsionar a história de Glenn. “Tendo sido ele, eu o amo,” Williams disse a EW ano passado. “Eu realmente quero o melhor pra ele. Mas como um fã do show, eu estava tipo, ‘Você tem que ir.’ Ele é um presságio, essencialmente. Ele tem que morrer. Mas uma das coisas que é realmente interessante – tendo passado pela morte e tudo mais – é que isso me permite ser um fã do show novamente.” Preencha essa debaixo do “Lado Positivo”.

tyler-james-williams-the-walking-dead-personagens-mortos-ew tyler-james-williams-the-walking-dead-personagens-mortos-ew-002

O Governador (David Morrissey)

Como ele morreu: Esfaqueado por Michonne e depois baleado pela namorada Lilly na quarta temporada durante sua tentativa de assumir a prisão.

“Foram necessárias várias pessoas para matar o Governador”, brinca Morrisey, falando do golpe duplo de Michonne e Lily que o mataram. O único arrependimento sobre o capítulo final de seu personagem? “Eu fiquei triste de ter que matar Scott Wilson como Hershel, porque ele é um grande amigo meu.” Na verdade, os atores formaram seu próprio grupo de suporte de dois homens depois do duplo falecimento. “Quando foi meu último dia, Scott voltou e me viu ir, e então ele e eu saímos para uma bebida e uma refeição.” Chame de a última ceia.

david-morrisey-the-walking-dead-personagens-mortos-ew-002 david-morrissey-the-walking-dead-personagens-mortos-ew

Jacqui (Jeryl Prescott)

Como ela morreu: Cometeu suicídio ao deixar-se ser explodida no CDC no finale da primeira temporada.

Prescott diz que o destino de Jacqui continuava a mudar até o fim das filmagens do finale da primeira temporada, porque o showrunner original, Frank Darabont, “Ficava indo e voltando se ele queria ou não que Jacqui morresse. Haviam três possibilidades que me lembro: que Jacqui não morreria; que Jacqui morreria, mas ela ia morrer no início da segunda temporada; ou que Jacqui morreria na explosão no final da primeira temporada.” Enquanto Darabont foi com a derradeira terceira opção, Prescott observa que “É legal ser a única a ir em tal chama de glória. As pessoas sempre querem falar sobre porque elas se colocam na posição de Jacqui, imaginando se eles atingiriam esse ponto de rendição.”

jeryl-prescott-the-walking-dead-personagens-mortos-ew jeryl-prescott-the-walking-dead-personagens-mortos-ew-002

Lizzie (Brighton Sharbino)

Como ela morreu: Depois de matar sua irmã Mika na quarta temporada, Lizzie foi mandada a “olhar para as flores” enquanto Carol colocou uma bala em sua cabeça.

Tem uma coisa que Sharbino não vai sentir falta de seu tempo em The Walking Dead. “Eles colocavam um monte de sujeira em você,” ela diz. “Às vezes eu esquecia de tirar a maquiagem quando eu ia embora do set, e todo mundo ficava me encarando tipo ‘essa garota tá bem?'” Devido ao caráter um tanto perturbado de sua personagem (que fez amizade com zumbis e pensou que podia matar pessoas sem prejudicá-las), Sharbino recebe pedidos um tanto insanos. “Pessoas vem e pedem pra eu fingir que estou sufocando o bebê delas para uma foto,” ela conta. “E alguém lambeu minha mão. Ninguém te diz o que fazer para quando alguém lambe sua mão.”

brighton-sharbino-the-walking-dead-personagens-mortos-ew brighton-sharbino-the-walking-dead-personagens-mortos-ew-002

Mika (Kyla Kenedy)

Como ela morreu: Sua irmã Lizzie a esfaqueou na quarta temporada, acreditando erroneamente que Mika voltaria a vida. Ops!

“Foi uma cena muito intensa,” conta Kenedy, em talvez, o maior eufemismo do século, no que se refere a sua última cena. Foi um fim emocionante fora das telas também. “Eu estava tão triste. Eu não queria deixar todos e o set porque era um ambiente tão legal.” Mas Kenedy tem curtido ser reconhecida desde então por fãs de todas as idades. “Eu estava no shopping e essa garotinha me perguntou sobre o show. E a garotinha estava lá com a avó dela, que estava usando uma camisa de The Walking Dead.”

kyla-kenedy-the-walking-dead-personagens-mortos-ew kyla-kenedy-the-walking-dead-personagens-mortos-ew-002

Bob (Lawrence Gilliard Jr.)

Como ele morreu: Foi mordido por um zumbi, depois capturado e parcialmente devorado pelo grupo de Terminus na quinta temporada.

Gilliard possui fortes considerações sobre personagens serem mortos antes mesmo de aparecer no show, graças a sua prévia experiência em The Wire. “Eu realmente não aprecio essa parte da TV hoje em dia,” ele contou a EW após ser escalado como Bob em 2013. “Pessoalmente, eu não acho justo com os atores porque nós temos famílias, e nós deveríamos saber se vamos ter um trabalho semana que vem. Eu não assisto muito TV hoje porque eu não gosto de me conectar ao personagem e vê-lo ser morto. Eles trabalharam duro para criar o personagem que te cativou e te trouxe ao show. Isso é trabalho duro, e agora eles se foram. Então, isso me incomoda.”

lawrence-gillard-jr-the-walking-dead-personagens-mortos-ew lawrence-gillard-jr-the-walking-dead-personagens-mortos-ew-002

E aí, me conta, qual foi o personagem que te fez cair de tanto chorar quando ele morreu? Vem cá e conta aqui pra gente!

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, irá retornar com a segunda parte da sexta temporada no dia 14 de Fevereiro de 2016 no AMC (EUA) e na FOX Brasil. Confira todas as informações sobre a sexta temporada e fique por dentro das notícias.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: Entertainment Weekly

Continue lendo
Publicidade
Comentários

10ª Temporada

Sobrenome de Negan é revelado no final da 10ª temporada de The Walking Dead

Episódio “Here’s Negan” da 10ª temporada de The Walking Dead revelou com exclusividade o sobrenome de Negan (Jeffrey Dean Morgan).

Gina Machado

Publicado há

em

Negan jogando videogame em flashback mostrado no episódio Here's Negan da 10ª temporada de The Walking Dead

The Walking Dead revelou o sobrenome de Negan (Jeffrey Dean Morgan) no episódio “Here’s Negan” – e é um sobrenome que o criador Robert Kirkman revelou brincando anos antes.

Quando o ex-líder dos Salvadores é exilado para uma cabana longe de Alexandria, onde Maggie Rhee (Lauren Cohan) agora vive com seu filho Hershel (Kien Michael Spiller), ele se lembra de sua falecida esposa Lucille (Hilarie Burton Morgan) enquanto reflete sobre os eventos que o levaram até este ponto. Quando ele tem um flashback de 12 anos antes, ele relembra de sua vida pré-apocalipse como um professor de ginástica escolar desbocado: o treinador Negan Smith.

Em “Here’s Negan“, o sobrenome Smith aparece na caixa de correio do lado de fora da casa de Negan e Lucille. Uma olhada mais de perto na coleção de troféus esportivos mostra um prêmio concedido a Negan Smith. (Exibido atrás do troféu está uma flâmula do Saviors Athletics, um easteregg que dá o nome aos Salvadores de Negan.)

Quando Morgan e Kirkman foram questionados sobre a revelação do nome completo de Negan durante uma aparição conjunta em uma convenção em 2018, Kirkman disse que não havia dado um sobrenome ao personagem. “Ele não tem sobrenome. É como Madonna, Cher e Negan”, acrescentou Morgan, que brincou que o nome completo do personagem é “Negan Babaca”.

Troféus de Negan que revelam o sobrenome do personagem no episódio "Here's Negan" da 10ª temporada de The Walking Dead

LEIA TAMBÉM:
Revelada data de estreia da 11ª temporada de The Walking Dead

“Eu faço coisas para me entreter que, então, quando o quadrinho vira um programa de TV, é super estranho. Mas eu só acho engraçado não dar sobrenomes aos personagens porque, eu não sei, é interessante para mim”, Kirkman disse na época. “Mas quando estou em casa e escrevendo, fico tipo, ‘Não estou fazendo isso’, porque você tem que fazer uma lista de nomes e escolher um e nunca é interessante.”

Kirkman confirmou que Negan é “definitivamente um primeiro nome” antes de sugerir casualmente um sobrenome improvisado: “Seu sobrenome é Smith, vamos lá. Esse é um bom nome?”

O criador de The Walking Dead revelou anteriormente a origem do nome de Negan em um episódio de Talking Dead de 2016, explicando que ele queria que o nome do vilão “soasse negativo”.

“Eu gosto de inventar nomes que não são realmente nomes, e então eu procuro no Google e fico tipo, ‘Ah, sim, alguém tem esse nome’, o que acontece de vez em quando”, disse Kirkman. “Eu só queria que o nome soasse negativo de alguma forma, então eu o chamei de ‘Nagus’ por um longo tempo, o que pensei ser apenas uma palavra que tirei do nada, mas aparentemente é como o líder Ferengi… no Star Trek: Deep Space Nine. Então eu pensei, ‘Bem, eu não posso chamá-lo de Nagus.’ Então eu disse ‘Negan, parece ótimo.'”

Continue lendo

11ª Temporada

Revelada data de estreia da 11ª temporada de The Walking Dead

The Walking Dead retorna em Agosto para a última temporada, que contará com 24 episódios e deve ser dividida em 3 partes.

Rafael Façanha

Publicado há

em

Logo da 11ª temporada de The Walking Dead com algumas cenas chaves dos novos episódios mostrado no teaser.

O início do fim. The Walking Dead se encaminha para sua última temporada e ontem (04/04), logo após a exibição do episódio final dos extras, a AMC revelou a aguardada data de estreia da 11ª temporada.

Diferente dos anos anteriores e para a alegria dos fãs, The Walking Dead retornará mais cedo este ano: 22 de Agosto de 2021. Além disso, a temporada contará com um total de 24 episódios, que muito provavelmente serão divididos em três partes.

Na última temporada, Daryl (Norman Reedus), Carol (Melissa McBride) e Maggie (Lauren Cohan) devem encontrar uma maneira de conviver com Negan (Jeffrey Dean Morgan) após a derrota dos Sussurradores. Enquanto os sobreviventes reconstroem Alexandria, Eugene (Josh McDermitt), Ezekiel (Khary Payton), Yumiko (Eleanor Matsuura) e a Princesa (Paola Lázaro) estão em uma missão para fazer contato com uma nova comunidade que expandirá ainda mais o universo de The Walking Dead.

“As apostas serão altas – veremos mais zumbis, toneladas de ação, novas histórias intrigantes, locais nunca antes vistos e nossos grupos juntos em uma comunidade pela primeira vez, tentando reconstruir o que os Sussurradores tiraram deles.”, disse Angela Kang (showrunner e produtora executiva) sobre a 11ª temporada de The Walking Dead.

Norman Reedus, Melissa McBride, Lauren Cohan, Christian Serratos, Josh McDermitt, Seth Gilliam, Ross Marquand, Khary Payton e Jeffrey Dean Morgan voltam ao lado de Callan McAuliffe, Eleanor Matsuura, Cooper Andrews, Nadia Hilker, Cailey Fleming, Cassady McClincy, Dan Fogler, Angel Theory e Lauren Ridloff.

Os novos membros do elenco incluem Margot Bingham como Stephanie, a voz no rádio de Eugene, e Michael James Shaw como Mercer, um membro do alto escalão dos soldados de Commonwealth (Império). Também teremos o retorno de Okea Eme-Akwari e James Devoti como Elijah e Cole, respectivamente, membros do grupo de Maggie que foram introduzidos nos episódios extras da 10ª temporada.

Quais as suas expectativas para a 11ª temporada? Quais as suas teorias? Deixe todos os seus pensamentos nos comentários abaixo!

Continue lendo

Destaque

CRÍTICA | The Walking Dead S10E22 – “Here’s Negan”: Ele voltou?

Here’s Negan foi o vigésimo segundo episódio da décima temporada de The Walking Dead. Veja a nossa crítica ao episódio e discuta conosco.

Avatar

Publicado há

em

Negan procurando Lucille e um zumbi de fundo em imagem da 10ª temporada de The Walking Dead

Atenção! Este conteúdo contém SPOILERS do vigésimo segundo episódio, S10E22 – “Here’s Negan”, da décima temporada de The Walking Dead. Caso ainda não tenha assistido, não continue. Você foi avisado!

Talvez o mais esperado entre os episódios extras desta décima temporada de The Walking Dead, “Here’s Negan” contou com riqueza de detalhes a origem de Negan, nos mostrou a Lucille original, homenageada no famoso taco de baseball e, de quebra, deixou uma pulga atrás da orelha dos espectadores na cena final: Negan voltou?

Talvez o fato mais simbólico deste episódio tenha sido o nascimento e a morte do vilão estarem relacionados à Lucille: quando ele ganha a arma de madeira e, anos mais tarde, quando ele se despede de vez do taco e, subjetivamente, da esposa. As chamas que queimaram a casa onde ele morava com Lucille – e onde ele deixou o corpo transformado – também representam o início do Negan do mal, que sente raiva e desejo de vingança que, segundo ele, são representados pela cor vermelha – cor que queima como o fogo. Este mesmo fogo bota fim ao taco e representa a despedida definitiva de Lucille (das duas) e o suposto renascimento do implacável líder dos Salvadores.

O que a história de Negan deixa para a 11ª temporada promete: o embate dele com Maggie. A viúva segue cheia de desejo de vingança e vai para cima do inimigo na primeira chance que tiver, agora que ele decidiu voltar para Alexandria. A decisão de Carol e do conselho da comunidade em banir Negan visava apenas protegê-lo e deixar o ambiente confortável para que Maggie pudesse voltar para o local. Agora que os dois serão vizinhos, a coisa tende a estourar.

Flashbacks: o taco e a jaqueta

A forma que The Walking Dead escolheu para contar a história de Negan e Lucille não poderia ser melhor. Um capítulo muito bem produzido e conduzido – talvez o melhor destes seis episódios bônus – e que preenche lacunas que antes deixavam o passado do vilão obscuro. Negan amou a esposa, principalmente nos momentos finais da vida dela, quando fez de tudo para mantê-la viva, buscando tratamento para o câncer da amada mesmo no colapso do mundo. No meio do caminho, ele encontra dois dos objetos que vão marcar sua trajetória como vilão.

Para conhecermos a história completa precisamos passar por três flashbacks. O primeiro quando Negan está rendido pelo que parece ser uma gangue de motociclistas que quer saber aonde ele consegue medicamentos que são tão difíceis de serem encontrados no apocalipse. As primeiras vítimas do Negan sombrio virão deste grupo.

O segundo flashback é o que nos mostra quem tanto queríamos ver. Lucille, interpretada pela esposa de Jeffrey Dean Morgan na vida real (Hilarie Burton), já doente, tem uma relação amorosa com o marido, que faz tudo por ela no momento de maior necessidade, mas ambos sabem que o passado não o favorece. Talvez para compensar o mal que causou à esposa, Negan corre atrás de medicamentos com um grupo liderado por um médico que tem acesso aos remédios que ele precisa e está disposto a ceder o tratamento que Lucille precisa.

A primeira surpresa do episódio aparece quando Negan tenta roubar os remédios e é nocauteado por Laura, que, mais tarde, seria uma da fieis escudeiras do líder dos Salvadores. A arma utilizada? O taco de baseball, dado por ela para que o novo aliado se protegesse da gangue que tomava conta das estradas à noite. A mesma gangue que o renderia para saber a origem dos remédios.

Já a jaqueta é um presente de Lucille, mas que havia sido comprada pelo próprio Negan, o que nos leva para o terceiro flashback do episódio, que ocorre antes do fim do mundo, em um raro gesto da série em mostrar o mundo como era antes do apocalipse. Mesmo desempregado, ele comprou o item por 600 dólares prometendo à esposa ter um plano para ganhar dinheiro. Talvez o gesto seja uma introdução à personalidade do Negan pré-apocalipse: um homem aparentemente irresponsável que, além de tudo, ainda traía a esposa.

A descoberta ocorre justamente no momento em que Lucille, sozinha, descobre que tem câncer. Ela liga para o marido e para a melhor amiga, mas os dois não a atendem e ela tem a primeira pista de que os dois tinham um caso. O fato, no entanto, só é revelado por ela quando os dois estão decidindo se Negan deve sair em busca dos medicamentos necessários para a quimioterapia, já no apocalipse.

É a morte de Lucille, afinal, que faz nascer o Negan do mal. Ao retornar ao acampamento dos motociclistas para salvar Laura e o pai e vingar a morte da esposa, ele já apresenta todos os trejeitos daquele que fundaria, mais tarde, os Salvadores. Lucille, agora representada pelo taco de baseball, começa a fazer suas primeiras vítimas poucas horas após a morte daquela de sua xará, e aqui é interessante notar que a primeira vítima da arma foi um segurança aleatório do acampamento, e não a Lucille original, como ficou perto de acontecer. Negan não teve coragem de matar a esposa com suas próprias mãos, e preferiu botar fogo na casa onde eles moravam. Ele põe fim à Lucille, de fato, já nos dias atuais, quando queima e Lucille de madeira se despedindo e pedindo perdão à esposa.

De volta a Alexandria

A despedida definitiva de Lucille pode representar, sim, um possível retorno do Negan que conhecemos, mas também pode ter outros significados. Sem o taco, o personagem pode ter simplesmente morrido, ficado nas chamas, e agora ele quer se redimir com Maggie e buscar seu espaço dentro da comunidade. Se não conseguir, ele provavelmente vai morrer pelas mãos da viúva. Neste caso, Negan provavelmente julga que não tem mais nada a perder.

Fato é que o embate entre os dois ficará entre os momentos mais esperados da décima primeira temporada. Como ela vai confrontá-lo? Como ele vai tentar mudar a cabeça dela? Vamos ter que esperar para descobrir.

E você, o que achou de “Here’s Negan”, o vigésimo segundo episódio da décima temporada de The Walking Dead? Deixe sua opinião nos comentários e vote na enquete abaixo!

Continue lendo

EM ALTA