Siga-nos nas redes sociais

Eventos

Os destaques do painel de The Walking Dead no PaleyFest 2017

Ávila Souza

Publicado há

em

The Walking Dead deu início ao 34º PaleyFest na noite da última sexta-feira (17) com uma coletiva esgotada no Dolby Theatre em Hollywood, onde 11 dos atores – incluindo Andrew Lincoln – se juntaram a produtores executivos para o divertido, e com alguns spoilers, painel.

O showrunner Scott M. Gimple abriu a noite com um olhar sobre a sétima temporada, chamando o fatal primeiro episódio de “traumático”, mas falou também da segunda metade que foi de alguma forma mais leve, onde “esses personagens podem sorrir outra vez”. Ele avisou que os últimos episódios serão sobre ver esses personagens “ganhando vida outra vez e fazendo por merecer o lugar que estão” a medida em que se preparam para atacar Negan (Jeffrey Dean Morgan) e o restante do seu mortal grupo de Salvadores.

Quanto ao futuro da série, Gimple apontou que o primeiro episódio da oitava temporada que se iniciará em outubro marcará o 100º episódio da série. “O primeiro episódio da oitava temporada é pouco sobre o que conseguimos em 100 episódios; é mais sobre o que teremos para os próximos 100 episódios”, ele disse, prevendo a iminente batalha entre Rick (Lincoln) e as comunidades próximas contra Negan. “O final dessa temporada é certamente o final de um capítulo; é a conclusão que inicia uma história épica a seguir. O primeiro episódio da oitava temporada… gira em torno do início de um conto épico gigante que virá, não apenas na oitava temporada, mas além dela.”

Aqui estão mais alguns destaques do evento voltado aos fãs:

• Quando um fã do lotado Dolby Theatre gritou “Mate-o!” depois da primeira referência a Negan, Andrew Lincoln foi rápido com a resposta: “Estou trabalhando nisso!” ele disse sobre a brava guerra que virá nos próximos episódios da sétima temporada. A temporada está marchando em direção ao arco dos quadrinhos chamado “Guerra Total”, onde Rick reúne várias comunidades para derrotar Negan e os Salvadores.

• Lincoln também descreveu um incrível encerramento para uma possível cena final de Rick caso ele fosse escrevê-la. Ele descreveu a cena com Rick num deserto sozinho, mordido por um zumbi mas sem morrer, depois de pular de um ônibus num ato heroico para salvar Carl e todos os outros. “Estou esperando para morrer, estou me rendendo e os dias passam… e eu não morro. Caramba, talvez eu seja a cura!” ele disse aos gritos da audiência. “O plano se abre e você vê uma horda de zumbis se aproximando, e Rick segue os rastros para chegar até Carl, e a horda se separa para passar por ele, e ele passa no meio dela!” O produtor executivo Robert Kirkman disse depois de Lincoln elaborar sua história: “Isso foi fofo!”

• O produtor executivo Greg Nicotero – que também desenha e faz a maquiagem de todos os zumbis, é também um dos diretores regulares da série – fala que ficou “realmente assustado” depois de ver o olho de Glenn na 100ª edição dos quadrinhos de Kirkman quando ela foi lançada na Comic-Con a alguns anos. Ele confessou que se sentiu mal pelo cara que teria que filmar aquela cena. Para sua sorte, Nicotero foi o diretor do mortal episódio que iniciou a sétima temporada onde Glenn e Abraham são mortos por Lucille, o taco de Negan. E sim, o olho de Glenn apareceu.

• Perguntado se ainda haveria alguma redenção para Dwight, o atual braço direito de Negan no Santuário, Austin Amelio foi otimista. “Espero que sim. Isso seria ótimo, sim!” ele disse. Kirkman adicionou oferecendo uma pista sobre o que poderia vir para o personagem na série de TV: “Leia os quadrinhos!” Os produtores da série geralmente misturam o material fonte dos quadrinhos antes de abordarem na série, com alguns eventos se espelhando nos quadrinhos enquanto outros tomam rumos diferentes.

Alanna Masterson teve uma das falas mais emotivas da noite quando falou sobre o retorno de Tara para a série depois que a atriz teve bebê. Durante seu episódio solo, no qual ela encontrou a comunidade de Oceanside cheia de mulheres armadas, a atriz revelou que ela topou todo o trabalho que seriam de dublês. Depois de lembrar das aventuras do episódio ela notou que Tara “tem um coração enorme – e espero que ela esteja segurado a barra em nome do Glenn.”

Josh McDermitt trouxe a comédia para o painel quando em resposta a uma pergunta direta ele brincou, “Eu sou Negan”, em referência à fala de Eugene em frente ao líder dos Salvadores. O personagem é atualmente um membro de alto escalão da comunidade, apesar de ser mantido refém, e McDermitt notou que ele não achou que Eugene tinha um plano diferente em mente. “Não acho que Eugene esteja fazendo um jogo; ele está por si e tentando se proteger,” ele disse. “Eugene está com medo, e muito desse medo vem de Negan. Então ele está tentando se cuidar… ele está tentando se proteger e por quê não se alinhar com o homem que está causando seu maior medo na vida? É assim que ele continua a sobreviver.” O ator, que tem histórico na comédia, fez referência ao discurso do Abraham “Fodão Nível Dois” da temporada passada e falou que esse é o jeito de Eugene se adaptar ao mundo de Negan. “Para chegar ao próximo nível você precisa mudar e se adaptar… Talvez nós o vejamos mudar e se adaptar mais uma vez na série. É assim que ele sobrevive: Ele mente e manipula. Ele é como uma barata,” ele afirmou.

Lauren Cohan, que brincou que só estava no PaleyFest para saber o que Eugene estava tramando, falou que a única forma que sua personagem, Maggie, pode ser tão determinada depois de lidar com tanta perda (do marido Glenn, do pai Hershel, da irmã Beth, etc.) é percebendo que existe um propósito maior para o bem do grupo. “É sobre eles como um todo e um bem maior e perseverança. Qual outro motivo seria depois de tanta perda se não a vida dentro de você?” ela disse sobre a gravidez de Maggie. “Você ainda tem que viver para isso. Nós somos apenas peças num quebra-cabeça agora. Quanto mais pessoas ela perde mais forte ela fica.” Perguntada se a incomoda o fato de muitos fãs amarem Negan, Cohan confessou que isso a “intriga”, mas ela entende, dado o quanto ela ama Morgan como colega de atuação.

Sonequa Martin-Green, cuja personagem Sasha está rumando para o Santuário com Rosita para uma potencial missão suicida, disse que a razão pela qual está indo para lá é experimentar o “viver” que Abraham mencionou na sexta temporada. “É bonito ver como todos estão traduzindo aquilo para suas vidas,” ela disse sobre todos os outros personagens. “Para Sasha, todas as estradas a levaram até ali. Não é mais sobre buscar minha própria segurança ou sobrevivência – é sobre solidificar um futuro que podemos criar porque somos líderes.”

• Uma das preferidas dos fãs, Melissa McBride, cuja personagem Carol esteve fora de ação na maior parte da temporada depois de tentar viver uma vida sem matança, está agora firmemente de volta à ação depois de descobrir as mortes de Glenn e Abraham. McBride falou sobre como Carol a surpreende e ela disse que adorou viver ambas as fases, a da guerreira feroz e da mulher que perdeu sua fé por um tempo. “Fodona é uma palavra que não entra muito bem na minha cabeça porque não acho que eu a tenha interpretado como fodona, ela apenas faz coisas fodonas… e eu amo isso,” ela disse.

• O protagonista Lincoln falou da brutalidade de interpretar Rick no início da sétima temporada, onde Glenn e Abraham foram mortos em sua frente. “Foi um dia bem miserável no trabalho,” ele brincou antes de falar sério. “Eu pensei: ‘Eu perdi dois grandes amigos meus que deixaram a série para sempre.’ … E minha mãe quer que eu me saia bem nessa cena! Eu achei que foi uma coisa bem corajosa a de esmagar um arquétipo. … Foi algo bastante assustador de fazer, e eu pensei: ‘Se vamos ter que fazer isso eu vou fazer com tudo que tenho.'” Talvez a melhor brincadeira da noite tenha vindo de Lincoln, que quase caiu de sua cadeira no palco quando um fã no teatro ficou zombando dele de alguma forma gritando, “Carrrrrl!”

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, vai ao ar nas noites de domingo no AMC Internacional, às 23h, e no FOX Action (canal do pacote premium FOX+) e FOX Brasil, às 23h30. Confira todas as notícias sobre a sétima temporada.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: Hollywood Reporter

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA