Siga-nos nas redes sociais

HQ

Quem é Princesa na HQ de The Walking Dead?

The Walking Dead apresentou aos fãs uma nova personagem colorida chamada Princesa (‘Princess’, no original). Confira aqui a história dela!

Publicado há

em

The Walking Dead apresentou aos fãs uma nova personagem colorida chamada Princesa (‘Princess’, no original). Qual é a história dela? Aqui vamos mostrar o que sabemos dos quadrinhos.

Princesa é uma personagem bem conhecida dos quadrinhos, mas ninguém sabe se a versão televisiva será ou não parecida com sua contraparte das HQs. Vamos dar uma olhada no que sabemos sobre a princesa nos quadrinhos.

É muito importante dizer que a série televisiva de The Walking Dead pode divergir maciçamente do material fonte dos quadrinhos, como já o fez anteriormente. Os personagens nem sempre são os mesmos que nos foram apresentados nos quadrinhos. Um ótimo exemplo disso que está na linha do tempo atual é o Dante. Na série, ele manteve traços da sua personalidade e alguns atos, como o fato de cuspir sempre, mas aqui eles fizeram dele um espião Sussurrador, o que é uma enorme diferença da fonte original, uma vez que nos quadrinhos ele é o braço direito e namorado de Maggie.

Com isso em mente, se o programa seguir as histórias em quadrinhos com a personagem da Princesa, os fãs poderão deixar escapar um grande suspiro de alívio, porque ela é um dos mocinhos na história. Quando Princesa apareceu nos quadrinhos os fãs foram pegos desprevenidos. Ela é verdadeiramente diferente de qualquer personagem introduzida nos quadrinhos até aquele momento. Desde sua atitude ao seu visual, tudo nela é único.

Princesa é um personagem que pode ser descrito como fogo personalizado. Introduzida na Edição 171, o nome verdadeiro dela é Juanita Sanchez e, quando perguntada por que ela usa a o nome de Princesa, sua resposta é: “Porque rainha me faz parecer velha”. Ela trabalha para ajudar as pessoas, não prejudicá-las. Princesa é a personificação da positividade e é genuinamente um raio de sol. Sua aparência única e senso de estilo vem do fato de que ela faz o que a faz feliz. Ela é uma personagem muito divertida e também uma piadista, o que a coloca em problemas durante seu primeiro encontro com os sobreviventes.

Princesa possui duas qualidades que são muito valiosas durante o apocalipse. Uma delas é a lealdade; ela admite que pode levar algum tempo para construir confiança e que ela é louca por não ter contato humano há tanto tempo, no entanto, vai lutar por nossos personagens quase que imediatamente. A outra qualidade é que ela é uma lutadora muito experiente.

Como exemplo de ambas as qualidades, durante o próximo arco (que não vamos falar muito aqui para não dar spoilers a quem não os quer 😉 ), o grupo se depara com um personagem muito improvável. Esse personagem tenta uma aproximação mais abusiva para com Yumiko e, quando Magna (que ali ainda namora Yumiko) iria entrar em cena para defender sua namorada, Princesa derruba o “galanteador barato” no chão. Ela não tolera esse tipo de postura e derruba o personagem no chão junto com alguns dos seus guardas.

Mais tarde, nos quadrinhos, é revelado que a Princesa tem um passado trágico, cheio de coisas que ninguém jamais deveria experimentar em sua vida. Seu passado a inspira a fazer as coisas que faz no apocalipse, para que ela possa trazer alguma luz aos tempos incrivelmente sombrios em que vivem. Isso coloca as coisas em perspectiva e leva os leitores a aceitá-la muito mais.

Princesa é um personagem que tem o potencial de ser muito inspirador para os outros e também muito divertido. Muitas vezes não vemos sorrisos e risos em The Walking Dead e ela pode ser uma adição muito refrescante. É claro que tudo depende de a Princesa da televisão ser semelhante às raízes de seus quadrinhos, de modo que os dedos cruzados compartilham alguns de seus traços mais carinhosos.

E você, já leu os quadrinhos de The Walking Dead? O que você acha da Princesa?

Publicidade
Comentários

EM ALTA