Siga-nos nas redes sociais

Elenco

Atriz de The Walking Dead sofre assédio de policial em convenção

Angel Theory, a atriz que interpreta Kelly em The Walking Dead, passou por um momento difícil na Walker Stalker Con Atlanta.

Publicado há

em

A gente adora falar de The Walking Dead e tudo de bom que a série tem para apresentar. A principal função desse site é trazer para os fãs do programa aqui no Brasil as histórias, teorias, comparações com as HQs, enfim, tudo que envolve esse universo que traz tanta coisa boa para nós, tanto no formato impresso quanto nas séries de TV, e, futuramente, nos filmes.

Também adoramos como os atores de The Walking Dead se dedicam à série e respeitam o público, salvo uma ou outra exceção. Infelizmente, no entanto, de vez em quando temos que narrar algumas histórias que não gostaríamos, e com atores e atrizes que aprendemos a admirar.

Já falamos aqui no site sobre como The Walking Dead tem se preocupado em narrar o apocalipse zumbi no ponto de vista de pessoas com deficiência auditiva. Connie (Lauren Ridloff) entrou para a série junto com o grupo de Magna e se sai muito bem na luta contra os walkers, com a ajuda da irmã e intérprete, Kelly (Angel Theory). Na vida real, Lauren é surda-muda, enquanto Theory consegue ouvir com o auxílio de aparelhos auditivos.

Angel Theory tem um grau de surdez que dificulta o entendimento da própria voz. Muitas vezes, ela não consegue, por exemplo, saber se está falando alto ou baixo demais, porque não consegue se ouvir. Quando está em grupos maiores, a atriz e dançarina também tem dificuldade para diferenciar as vozes, e em grupos muito grandes com muitas pessoas falando, a dificuldade é tanta que pode lhe causar dor física.

LEIA TAMBÉM:
Hilltop é invadida por zumbis no trailer do próximo episódio de The Walking Dead
14 Atores de The Walking Dead que estiveram no Universo Cinematográfico Marvel

Kelly e Connie no 1º Episódio da 10ª Temporada de The Walking Dead.

Na Walker Stalker Con Atlanta, convenção de fãs de The Walking Dead que acontece anualmente em Outubro, Angel Theory acabou passando por uma situação constrangedora e teve que lidar com o assédio de um segurança, que simplesmente não conseguiu perceber, ou percebeu e não conseguiu respeitar a dificuldade da atriz. Ela brincava com um filhote de cachorro e era filmada enquanto dava uma manteiga de amendoim para o animal. O guarda, de longe, pediu que ela parasse de brincar com o cão, provavelmente por alguma restrição à presença de animais no evento. Como dissemos, Angel Theory tem uma necessidade especial na audição e não ouviu ao chamado por conta do ambiente tumultuado, que a fez desligar o aparelho de audição.

O guarda então, de maneira truculenta, abordou Angel – sem saber que se tratava de uma atriz de The Walking Dead – provocou um princípio de tumulto, acusando-a de ignorar a ordem de largar o cachorro. Para piorar a situação, a atriz não conseguiu entender o que o segurança dizia. O motivo? Ela pediu por um intérprete para acompanhá-la ao evento, por conta da limitação que a impediria de ligar seu aparelho auditivo, e não foi atendida. Então, por causa da falha na produção da convenção, ela teve dificuldades de se comunicar e foi exposta a uma situação constrangedora por algo que, nem de longe, foi sua culpa.

Bom deixar claro aqui que o intuito do texto não é apontar dedos nem procurar por culpados. Antes de mais nada, é de se lamentar que Angel Theory tenha passado por isso em um evento preparado para os fãs de The Walking Dead. É também importante lembrarmos sempre a importância da acessibilidade, e enaltecer como a série tem aberto as portas para pessoas com dificuldades auditivas. Ao que tudo indica, o incidente não evoluiu para nada mais sério, mas ainda assim é desagradável que isso tenha marcado a atriz e os fãs que presenciaram a cena.

Angel Theory segue firme e forte em The Walking Dead, e sua personagem começou a apresentar os primeiros sinais de que, assim como a irmã Connie, também está perdendo a audição. Vamos ficar de olho nos próximos episódios para saber como ela vai se adaptar à realidade que se aproxima.

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA