Siga-nos nas redes sociais

8ª Temporada

Denise Huth promete “uma tonelada de ação” na estreia da 8ª temporada de The Walking Dead

Publicado há

em

As filmagens da oitava temporada de The Walking Dead já começaram. E o que torna o primeiro episódio ainda mais especial é que ele também será o centésimo episódio da série. Quando a Entertainment Weekly conversou recentemente com Andrew Lincoln, o astro falou sobre o quanto ele estava “genuinamente mais entusiasmado com este episódio e os quinze seguintes do que ele jamais esteve em toda a vida”. E o showrunner Scott M. Gimple comentou que “o material seguinte será mais ágil e com mais perigos”.

Mas agora que as filmagens verdadeiramente começaram, o que está acontecendo por lá? A co-produtora executiva Denise Huth teve a gentileza de ser nossos olhos e ouvidos em Senoia, Georgia, diretamente do set do episódio 100, dividindo conosco sua opinião a respeito do que está acontecendo e seu significado. Confira os pontos mais importantes da conversa que Huth teve com a Entertainment Weekly:

ENTERTAINMENT WEEKLY: Vocês estão filmando o episódio 100. Você esteve lá em todos eles. O que isto significa para você e sua equipe?

Denise Huth: É, de certa forma, surreal. Quando começamos, jamais imaginamos chegar a cem episódios. Parecia um objetivo distante demais, era difícil contemplar esta possibilidade naquele momento – a gente apenas queria uma segunda temporada. É uma conquista enorme termos feito a história e o show crescerem tanto, e vê-lo crescer mais e mais a cada ano. É assim que nos sentimos neste ano. E, ainda por cima, a première da oitava temporada também é o episódio número 100, o que torna o retorno ainda mais excitante. A energia aqui é realmente boa. Todos estão super motivados, e é particularmente excitante considerando a season première da temporada passada, que deu uma guinada de 180 graus. Foi difícil começar a temporada passada e está sendo ótimo iniciar esta.

EW: Em que ponto alguém fez os cálculos e descobriu ser esse o episódio 100, justamente na season première?

Denise Huth: Acho que foi em algum ponto da sexta temporada que fizemos os cálculos e nos demos por conta de que o episódio 8.01 seria o nosso centésimo episódio. Mas isso não muda a história. Certamente, há o pensamento de que Scott Gimple pudesse estar pensando nisso quando escreveu o episódio. Trata-se apenas da maneira como a história naturalmente é contada e o fato de estarmos no começo da guerra funcionou muito bem. O destino foi gentil conosco ao fazer com que este episódio pudesse ser o centésimo.

EW: Andrew Lincoln, Norman Reedus, Lennie James, dentre outros, falaram abertamente sobre o quão difícil foi filmar a temporada passada, pelo fato de os personagens terem sido separados e realmente deprimidos, após serem humilhados por Negan. Como estão as coisas agora, uma vez que estamos entrando no arco da “Guerra Total” da HQ?

Denise Huth: Meu Deus, é como comparar noite e dia, com o que fizemos no ano passado. Eles voltaram super entusiasmados e este será um grande ano. Estes episódios a seguir são intensos. Há um monte de trabalho envolvido, mais do que nunca. Há uma sensação de entusiasmo porque os personagens não estão naquele momento escuro e sombrio. Foi realmente muito difícil o ano passado, para o elenco, para a equipe, para todos nós. Mas era uma parte verdadeiramente essencial da história e eu acho que precisávamos passar por aquela dor para termos algo tão satisfatório agora. Se tudo o que estamos fazendo ocorresse no terceiro ou quarto episódio da temporada passada ainda seria legal, mas não teria o mesmo impacto, já que todos tiveram que se erguer da lama para chegar aqui. É ótimo.

A energia é incrível com o elenco todo junto e, para vários destes atores, é a primeira ou uma das primeiras vezes que alguns estão tendo a chance de trabalhar juntos, uma vez que eles estavam separados na temporada passada. É muito excitante também integrar os novos personagens com os originais e vê-los reunidos, encarando este desafio que estão compartilhando. É um modo maravilhoso de começar a temporada.

EW: Vocês estão preocupados em alcançar a HQ e acabar caminhando simultaneamente a ela?

Denise Huth: Não há como dizer o que Scott e os roteiristas irão fazer. Eu não acho que realmente a alcançaremos. Eu acho que Robert Kirkman estará sempre à nossa frente, e Scott gosta de seguir caminhos tortuosos. Então nós sempre temos um mapa a seguir e sabemos, genericamente, onde iremos chegar, mas ele também nos apresenta a vários detalhes que não estão na HQ, tais como os Catadores de Lixo, e ele encontra uma maneira de integrar estes elementos à história já existente de Robert. As pessoas me perguntam o tempo todo quanto tempo o show irá durar. Eu não tenho ideia. Mas Robert não está sequer perto do final da história, então eu acho que teremos muito tempo antes de o alcançarmos.

EW: Você não pode nos contar o que ocorre na season première, mas pode descrever um pouco o que os fãs irão assistir?

Denise Huth: Toneladas de ação. É muito legal. Eu acho que será bastante satisfatório. Enquanto fã do show – e eu sou uma grande fã – quando eu leio os episódios, eu sinto como “Awwwww, mal posso esperar!” Vale a pena a espera para chegar a este momento.

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, irá retornar com a oitava temporada em Outubro de 2017 na AMC e na FOX Brasil. O trailer da temporada, bem como a data oficial de lançamento, será divulgada durante a Comic Con de San Diego em Julho.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: Entertainment Weekly

Publicidade
Comentários

EM ALTA