Siga-nos nas redes sociais

Série

The Walking Dead 8ª Temporada: Perguntas e Respostas com Andrew Lincoln (Rick Grimes)

Publicado há

em

Andrew Lincoln, que interpreta Rick Grimes em The Walking Dead, fala sobre o que passa na cabeça de seu personagem no início da nova temporada, o que o futuro parece para Rick e de como será a jornada na tentativa de acabar com o grande vilão da série.

P: A primeira cena da estreia da oitava temporada apresenta Rick reunindo seu povo e insistindo que o mundo lhes pertence. O quanto ele mudou de agora para o começo da temporada passada?

Andrew Lincoln: É uma reviravolta completa de um homem que estava se curvando perante Negan, a todo custo, pelo bem da comunidade, para um homem livre e libertado… É o oposto total do homem que vocês viram no início da 7ª temporada. Certamente você vê o sentimento no seu discurso, que é que eles já ganharam, não importa o que aconteça a seguir.

P: O ataque ao Santuário foi tão intrincado e estratégico. O grupo que foi pego na floresta serve como um lembrete permanente do que Negan é capaz, se você não estiver armado e preparado?

Andrew Lincoln: Essa é uma ótima questão. Eu acho que eles estão absolutamente conscientes da organização e habilidade dos inimigos que enfrentam. Eles sabem que precisam de um plano o mais decisivo e esmagador possível, porque eles estão superados em número de pessoas e armas. Eles encontram o maior exército disponível para eles, que são os milhares de zumbis. É um plano intrincado com base no fato de que precisam atingi-los de forma grandiosa e cedo para obter a vantagem. Se eles abrirem fogo e tirarem em todos, então a guerra irrevogavelmente começou e estará sempre em andamento. Claro, Rick tenta dar um tiro em Negan porque ele prometeu matá-lo, mas o resto é muito mais uma demonstração de força e depois eles dão meia volta para abrir os portões e deixar o exército entrar. Ao longo da temporada, você perceberá que o plano é ainda mais intrincado.

P: É gratificante que você esteja de volta em um lugar com tantos de seus colegas e membros do elenco?

Andrew Lincoln: Sim! Essa foi a melhor parte desta temporada – o fato de poder trabalhar com pessoas que eu amo e que meu personagem adora estar por perto. Eles são alguns dos melhores amigos que fiz na minha vida. Durante algumas temporadas, ficamos separados e divididos em arcos de história diferentes, mas esta temporada é como se fosse o filme “Sete Homens e Um Destino” e todos estão juntos para vencer o lobo mal.

P: A estreia da oitava temporada foi também o 100º episódio! O que isso significa para você, pessoalmente?

Andrew Lincoln: Cheguei a este país para trabalhar com atores como Norman Reedus, Melissa McBride, Michael Rooker, Scott Wilson, Lauren Cohan… Esses são atores incríveis e construímos este show juntos. Há algo incrivelmente satisfatório sobre entrar em uma cena com alguém com quem você passou os últimos oito anos. Tem sido uma montanha-russa extraordinária e estamos nessa jornada juntos dentro e fora da tela. Esse foi um dos maiores pontos positivos para mim.

P: Há um tema de reformulação do mundo e construção para as futuras gerações. É isso que a sequência dos sonhos de Rick, do futuro de Alexandria, representa para ele?

Andrew Lincoln: Esta Alexandria do futuro é feita de paz. Você vê no episódio que ele diz para Maggie, “Quando isso acabar seguirei você.” Ele sabe que não é um político. Ele não é um governador. Neste momento é um general. Mas ele também quer um futuro para seus filhos, porque no final das contas ele é um pai. E está lutando como pai para as gerações futuras. O que esta temporada representa para ele é: “A razão por estarmos lutando e qual será o custo para consegui-la?” A visão que Deanna apresentou nas temporadas 5 e 6 é algo que acho que ele acredita ser a realidade, mas eles têm um enorme obstáculo que precisam ultrapassar. E é ao redor desse tema que gira esta temporada.

P: O que você acha da barba branca gigante em comparação a alguns de seus outros looks em The Walking Dead?

Andrew Lincoln: Na verdade, é assim que eu sou antes da maquiagem. Foi bom porque não precisei pintar minha barba. [Risos] É certamente um look diferente. Espero que ele represente bem seu papel no show!

The Walking Dead vai ao ar todo domingo, legendado, às 00h30 e toda segunda-feira, dublado, às 22h30, na Fox.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: AMC

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA