Siga-nos nas redes sociais

7ª Temporada

Melissa McBride fala sobre o futuro de Carol e Morgan na 7ª temporada de The Walking Dead

Publicado há

em

Carol e Morgan iniciaram a sexta temporada de The Walking Dead em lados opostos no que diz respeito à filosofia relacionada à violência letal. Porém, ambos terminaram em uma posição completamente diferente daquela em que eles iniciaram.

Para Carol, o sofrimento decorrente de todas as mortes pelas suas mãos – 18 pelas suas contas antes de começar a massacrar os Salvadores na estrada – a colocou em um estado emocional frágil, parecendo que ela estava farta e quase desejando a morte. “Eu concordo que não faria a menor diferença para ela se, naquele momento, um Salvador a matasse,” diz Melissa McBride. “E este é o desespero que ela sente, este desespero contido, e será interessante ver como ela irá lidar com isso neste novo mundo da sétima temporada.”

Mas enquanto Carol parecia preparada para morrer, a fim de não precisar mais matar pessoa alguma para proteger seus entes queridos, em uma reviravolta que foi ofuscada pelo grande cliffhanger da season finale, foi Morgan quem a salvou, ao abandonar sua filosofia de “não matar”e acertar não apenas uma, mas seis balas no Salvador que estava a atacar Carol.

Isso significaria que Carol e Morgan encontraram um meio termo juntos e estariam prontos para caminhar de mãos dadas rumo ao horizonte ou, você sabe, ao Reino – juntos e em perfeita harmonia? Não necessariamente, diz McBride. “Ainda haverão diferenças filosóficas,” diz a atriz. “Agora que Morgan teve aquele momento em que ele escolheu tirar uma vida para defender alguém com quem ele se importava, ele fragiliza a sua própria filosofia, ou sua habilidade em mantê-la. E o que isso importará para o relacionamento deles? Vocês verão. Eles estarão mais próximos de um acordo ou não?”

Da maneira como McBride fala, a questão filosófica a respeito de matar para proteger os seus pode não ter sido resolvida simplesmente por ela ter assistido o não-violento Morgan fazer isso por ela. “Eu não sei se, simplesmente por Morgan ter feito o que fez, Carol mudará de ideia a respeito de como ela se sente a respeito deste mundo,” diz McBride. “Digo, é o inevitável. Como ela pode viver neste inevitável, este é o problema. Não há como fugir, e ela sabe disso, e agora Morgan se deu por conta disso, mas isso não irá realmente mudar o que Carol pensa a respeito do seu papel neste mundo. Ou irá?” Teremos que esperar até o retorno do show, em 23 de Outubro, e veremos o que Carol e Morgan farão com Rei Ezekiel e seu Reino.

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, irá retornar com a sétima temporada no dia 23 de Outubro de 2016 no AMC Internacional e no FOX Action (canal do pacote premium FOX+) e FOX Brasil. Confira o trailer oficial da temporada e fique por dentro de todas as notícias.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: Entertainment Weekly

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA