Siga-nos nas redes sociais

Destaque

THE WALKING DEAD 10 ANOS: Entrevista exclusiva com Joshua Mikel (Jared)

The Walking Dead completa 10 anos em outubro e, para comemorar, entrevistamos alguns atores da série. Confira nosso papo com Joshua Mikel.

Publicado há

em

arte com Joshua Mikel e Jared para comemorar os 10 anos de The Walking Dead

To access the interview with Joshua Mikel in english, click here.

The Walking Dead completa 10 anos de história na TV no dia 31 de outubro de 2020. Em comemoração a essa marca histórica, entrevistamos vários atores que participaram da série ao longo dos anos. Essas entrevistas, que começaram a ser divulgadas no início de setembro e vão até o final de outubro, estão sendo lançadas diariamente. Elas se encerrarão com uma grande surpresa preparada exclusivamente para os fãs, com grande carinho.

Nosso convidado de hoje é Joshua Mikel, que interpretou Jared durante as temporadas 7 e 8. O ator nos contou como foi trabalhar com Lennie James (Morgan), sobre o processo de maquiagem na morte de seu personagem, sobre ter interpretado um zumbi na 2ª temporada, sobre sua participação em Black Lightning e muito mais!

Sem mais delongas, confira nossa entrevista exclusiva com Joshua Mikel:

É uma honra conversar com você em um momento tão importante para The Walking Dead. Não é qualquer série que consegue chegar à marca de 10 anos. Comece contando para nós como foi fazer parte deste projeto. Como ele surgiu e como foi seu processo de audição?

Joshua Mikel: Obrigado pelo convite! Sei que os brasileiros realmente amam o programa, e gostaria que tivéssemos mais oportunidades de visitar vocês.

Eu tinha feito o teste para o programa cerca de 17 vezes, começando na temporada 3 ou 4. Eu nunca soube exatamente para qual papel eu estava fazendo o teste, porque os papeis que eu pegava eram todos papeis falsos (“lados” não retirados diretamente do roteiro). No episódio em que Jared apareceu pela primeira vez, eu tinha feito o teste para Richard, Gavin e Jared, e felizmente consegui Jared. Eu fiquei muito feliz.

Não sabemos nada sobre o passado de Jared antes do apocalipse. Quando você o interpretou, criou alguma estória sobre o que já havia acontecido com ele ou isso não o afetava na hora de atuar? Os roteiristas te contaram algo sobre ele para ajudar de alguma maneira?

Joshua Mikel: Os roteiristas não compartilharam muito sobre de onde ele veio, mas eu sempre disse que ele provavelmente era um “playboy” – provavelmente veio de uma família rica que estava acostumada a tirar vantagem das pessoas, e o apocalipse só aumentou suas tendências sociopatas.

Jared fez parte de um dos grupos mais odiados, Os Salvadores. Durante a convenção Scares That Care 2020, você revelou o interesse em ter um arco de redenção para Jared que, infelizmente, não aconteceu. Se fosse de sua escolha, como você acha que isso poderia ter acontecido?

Joshua Mikel: Eu adoraria ter a chance de me redimir potencialmente salvando alguém com quem tive uma história tão terrível (Morgan, ou talvez Henry, tendo matado seu irmão). Simplesmente não estava nas cartas.

Jared foi perseguido por Morgan e teve um fim brutal quando foi devorado pelos zumbis. Como foi trabalhar com Lennie James? E como/quando você descobriu que Jared estava com os dias contados?

Joshua Mikel: Lennie é um ator completo, e foi incrível poder trabalhar com ele. Tenho o maior respeito e sempre gostei dos dias em que trabalhamos juntos. Ter a chance de morrer em suas mãos foi a cereja do bolo.

Cerca de uma semana antes de filmarmos o episódio da minha morte (S08E14), recebi um telefonema de Scott Gimple (o showrunner na época) e ele me deu a notícia. Fiquei chateado, mas ele prometeu que eu adoraria minha despedida. Ele estava certo. Não conseguia imaginar uma maneira melhor de sair do programa.

Ainda falando sobre a morte de Jared, você pode falar um pouco sobre o processo de maquiagem/efeitos que fizeram para a cena?

Joshua Mikel: As pessoas da equipe de efeitos especiais são profissionais e os melhores no negócio, escolhidos a dedo pelo melhor no ramo, Greg Nicotero.

Eu tinha uma prótese facial legal que o zumbi arrancou de mim, expondo um tubo de sangue que subia pelo meu pescoço e esguicharam a gosma. Foi demais.

Poucos sabem, mas antes de você interpretar o Jared você já tinha feito uma participação em The Walking Dead como um Walker no último episódio da 2ª temporada, certo? Pode contar como foi essa experiência?

Joshua Mikel: Eu fiz! Foi uma experiência incrível. Minha colega de quarto estava trabalhando nos figurinos do programa na época, e ela me disse que havia uma “chamada urgente” para um bando de zumbis. Eu agarrei a oportunidade de ver como aquela série funcionava e era dirigida. Eles me pegaram, junto com cerca de 100 outros zumbis, por meio de maquiagem e fantasias incrivelmente rápidos, e filmamos por um dia bem longo. Foi o máximo.

Olhando para o seu tempo na série, qual foi o episódio mais divertido de gravar? E qual o mais desafiador? Por quê?

Joshua Mikel: Adorei o nosso primeiro dia em que filmamos com todo o pessoal do Reino. Khary, Cooper, Kerry, Karl, Jayson, Logan, Lennie – foi uma introdução divertida pra caralho para o show. Eles tinham porcos de verdade na carroceria do caminhão!

O mais desafiador era a questão da morte. Houve muita logística para fazer aquela transição inicial funcionar, e eu estava ansioso para enfrentar aqueles dias até a morte. Foi a primeira vez que trabalhei com Andy – o que foi uma sorte. Dois dias que nunca vou esquecer.

Você lembra como foi o seu primeiro dia no set? E o seu último? Adoraríamos saber detalhes sobre a recepção do elenco e também sobre sua despedida!

Joshua Mikel: No primeiro dia, filmamos o que seria a cena da mudança no episódio 7×02. Eu estava tão animado e ansioso por fazer parte daquele programa que há tanto tempo buscava uma oportunidade. Todos nós estávamos tendo nossos primeiros dias no set (exceto Lennie, obviamente) e isso realmente nos uniu ao longo dos próximos meses, enquanto esperávamos para compartilhar isso com o resto do mundo.

Depois de filmar minha morte, disse adeus, mas recebi uma ligação cerca de uma semana depois para voltar para o final da temporada para assombrar Morgan. Eu estava chocado por estar voltando, e aquela cena foi muito divertida de filmar. Eu não tinha nada a perder, então me senti super confortável. Minha última cena mostra muito do elenco, então eu tive que dizer olá e adeus para muitas pessoas. Um momento legal aconteceu depois que eu guardei tudo e estava saindo do estacionamento pela última vez, estávamos filmando na estrada, e quem eu vejo voltando senão Andy (ele decidiu voltar depois que terminou). Eu pude dizer adeus uma última vez e agradecê-lo por ser a gênese de um show que mudou minha vida e trouxe tanta atenção para a Geórgia.

Se Jared tivesse sobrevivido por mais tempo na série, com quais personagens você gostaria que ele tivesse interagido? Existe algum ator/atriz específico com quem você gostaria de ter trabalhado mais durante seu período em The Walking Dead?

Joshua Mikel: Puxa, essa é difícil. Fiquei chateado por nunca ter realmente tido uma cena com Negan. Sempre achei que seria interessante ver e entender por que Negan poderia manter por perto um porra louca como Jared.

Falando em apocalipse zumbi… O que Joshua Mikel teria em seu kit de sobrevivência? Escolha 5 itens indispensáveis! Você seria mais o tipo que estaria em uma comunidade ou sobrevivente solitário?

Joshua Mikel: 1. Arco e Flechas / 2. Sílex e Aço / 3. O livro “A Leste do Éden” do John Steinbeck / 4. Uma faca grandona / 5. Poncho

Acho que definitivamente seria um lobo solitário, a menos que conseguisse me reconectar com amigos / familiares em quem confiava.

Quando você estava na série, teve oportunidade de ver outros setores do Universo The Walking Dead? Como funciona a direção, efeitos especiais, etc. Se você pudesse, gostaria de dirigir algum episódio futuramente?

Joshua Mikel: Adoraria dirigir um episódio. Não acho que algo assim seria oferecido a mim, mas acho que seria o máximo. Eu dirigi vários videoclipes ao longo dos anos. www.vimeo.com/joshuamikel

Você interpretou um fornecedor de drogas em Black Lightning. E, diferente de Jared, Steven Conners era bem mais equilibrado e calculista. Como foi para você dar vida a um personagem assim? Ainda podemos ter esperança de vê-lo novamente na série em algum momento?

Joshua Mikel: Eu não morri naquele programa ainda, então espero poder fazer um retorno! Eu realmente amei interpretar um personagem mais pensativo e fundamentado como aquele. É um programa muito divertido de trabalhar, então espero que eles me tenham de volta.

Sabemos que a pandemia adiou muitos projetos, e nós, fãs de The Walking Dead, estamos sofrendo porque a season finale da série foi afetada. Como a pandemia te afetou? Algum projeto que estava em andamento teve que ser adiado? E como você tem se cuidado?

Joshua Mikel: Sim, é uma pena o que aconteceu esse ano, e parecia que realmente ia ser um bom ano em termos de carreira, até que as coisas pararam por 6 meses ou mais. Eu tinha acabado de terminar um episódio de Doom Patrol e um papel no filme RESPECT (um filme biográfico com Jennifer Hudson como Aretha Franklin), então eu estava sentindo que estava num bom momento. Eu terminei os dois projetos, mas Doom Patrol infelizmente teve que encurtar a temporada deles como TWD. Felizmente, eles estão fazendo uma 3ª temporada, e a história que pararam será retomada lá, eu presumo.

Nesse ínterim, tenho trabalhado muito para encontrar meu próprio valor em outros aspectos da minha vida. Tenho tocado regularmente com uma banda com dois amigos que conheço do departamento de objetos do Doom Patrol. Estou trabalhando em uma restauração de um Mustang Fastback 1967 e tenho um belo jardim em andamento (todas essas coisas você pode encontrar no meu Instagram). Os testes começaram a voltar e, na semana passada, comecei a trabalhar em um curta-metragem dirigido pela supervisora de roteiro do TWD, Amy Lacy. Ela, claro, recrutou uma tonelada de tripulantes TWD, então eu tive que me reconectar com um monte de gente. Ela também fez com que Pollyanna, Lennie, Cooper, Katie Causey (entre outros) mostrassem seu rosto no curta. Foi tão bom ver todos.

Para encerrar: aqui no Brasil sempre mandamos muito amor a todos que estão envolvidos em The Walking Dead. Os fãs brasileiros são muito apaixonados! Esse carinho chega de alguma maneira até você através de convenções ou redes sociais? Deixe um recado para os fãs do nosso país!

Joshua Mikel: Eu conheci alguns fãs brasileiros em convenções e alguns que costumam comentar (gentilmente) em minhas postagens no Instagram. São as pessoas mais amáveis! Há muito tempo queria ir para o Brasil (sempre fui muito fascinado pela floresta tropical e a diversidade encontrada lá – e ouvi dizer que o carnaval é muito legal também ?) Eu realmente aprecio todo o apoio e ódio que vocês tenham mostrado a Jared e pela série. Espero poder visitá-los em breve e desejo a todos segurança e que se livrem de toda ansiedade durante este período particularmente selvagem que o mundo está passando. Viva la Brazil!

REDES SOCIAIS DO JOSHUA:

– Twitter: @Joshua_Mikel
– Instagram: @joshuamikel
– Facebook: @joshmikelartist

AGRADECIMENTOS:

– Entrevista: Rafael Façanha & Bruno Favarini
– Tradução: Victoria Rodrigues & Ávila Souza
– Arte da capa: FORMES

ENTREVISTA ANTERIOR:

THE WALKING DEAD 10 ANOS: Entrevista exclusiva com Steve Coulter (Reg)

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA