Siga-nos nas redes sociais

Talking Dead

Talking Dead Brasil #26 – CM Punk, Yvette Nicole Brown e Tyler James Williams

Sabrina Picolli

Publicado há

em

O Talking Dead do último domingo contou com as presenças de Tyler James Williams (Noah), CM Punk (ex-lutador americano de wrestling profissional) e Yvette Nicole Brown (Community) para conversar, juntamente com Chris Hardwick, a respeito do episódio “Consumed”, da quinta temporada de The Walking Dead. Neste episódio aprendemos, segundo Hardwick, que “mesmo no apocalipse zumbi, devemos olhar para os lados, antes de atravessar a rua…”

CHRIS HARDWIDCK: Tyler, todo mundo obviamente o conhece de “Todo Mundo Odeia o Chris”. Como foi sua experiência ao juntar-se a The Walking Dead?

TYLER JAMES WILLIAMS: Tem sido interessante, pois sempre fui fã do show, desde a primeira temporada. Eu achei que jamais teria esta chance, mas então eles me levaram a Atlanta, me jogaram na floresta e me fizeram correr!

CH: Pelo jeito existe muito mais naquele hospital do que Beth percebeu naquele episódio. Então, o que você acha que estar lá fez com você?

TJW: Estar no hospital – e parece que eu estava lá por um ano até aquele momento – muda completamente a sua ideia, você passa a acreditar realmente que se sobreviver não terá nada além de inferno lá fora. Ele está tentando voltar para a família dele, então ele tinha que se arriscar. Eu acho que por isso ele atacou Daryl e Carol, pois ele não sabia o que fazer, além de ser agressivo.

CH: Por que você acha que ele tinha tanto medo de Dawn?

TJW: Dawn era a única figura de autoridade na época, quando tudo desmoronou, ela era a pessoa para quem todos olhavam como forma de proteção. Depois que o primeiro policial morreu ela perdeu a cabeça, mas tinha todos os demais junto dela… e ela realmente é boa em bater nos outros!

YVETTE NICOLE BROWN: E sem motivos!

CH: Verdade!

YNB: Ela não quer saber se está chateada contigo ou não, simplesmente vai lá e dá um tapa!

Talking-Dead-Episodio-S05E06-Consumed-001

CH: E qual foi a primeira impressão que você teve de Noah, CM?

CM PUNK: Eu odiei! (Risos)

CH: Como assim odiou? Cara, ele está aqui!!!

CMP: Eu sei que ele está aqui! Eu realmente tenho dificuldades em confiar em qualquer personagem novo no show, leva um tempo até conseguir quebrar o gelo…

CH: Você é praticamente parte do grupo! (Risos)

CMP: Vocês sabem que eu costumo olhar as coisas sob esta perspectiva, a do grupo! Mas é interessante, pois se nós não o víssemos roubando as armas, ninguém o odiaria. É interessante você enxergar o personagem sob esta perspectiva deles, e como isso muda ao longo do tempo.

CH: Eu acho que, apesar de tudo, ele é capaz de alguma empatia. Ele fez tudo aquilo para poder escapar, mas ao mesmo tempo ele foi tão legal com Beth. O que você acha disso?

YNB: Eu gostei dele desde o começo, então achei que ele realmente não ofereceria perigo a Carol e Daryl. Tem duas coisas que eu gostaria de saber: por quanto tempo ele estava os seguindo, e se foi tempo o suficiente para ele perceber que isso seria perigoso?

TJW: Ele começou a segui-los quando os percebeu dobrando a esquina e entrando na garagem, pois ele estava lá dentro procurando mantimentos. Quando os viu, ele não tinha a menor ideia de com quem estava lidando…

YNB: Eu tinha uma ideia de que ele pudesse saber do perigo pelo que ele disse quando estava cortando a barraca e liberando os walkers, como se ele pensasse, “eles vão se sair bem”.

TJW: É um bom ponto de vista a respeito disso. Naquele momento Noah teve como olhá-los e perceber que são pessoas aparentemente decentes e elegantes (risos).

CH: E aquele acampamento zumbi? Você sabe como aquilo aconteceu?

TJW: Não… mas ninguém foi embora. Ninguém desistiu. Eu acho que eles estavam curtindo o acampamento! (Risos)

CH: Os walkers simplesmente se juntaram e resolveram que queriam acampar! (Risos)

CMP: Eu acredito que nenhuma daquelas pessoas foi mordida, e sim que foram assassinadas. Você pode perceber inclusive as marcas de sangue em um dos sacos de dormir… Talvez houvesse mais gente e um deles tivesse matado a todos para que sobrasse água e comida para si.

YNB: De repente eles simplesmente estavam por Atlanta quando tudo aconteceu. Estavam lá sentados, relaxando e de repente…

Talking-Dead-Episodio-S05E06-Consumed-002

• Chris Hardwick interrompe por um momento para mostrar o bloco imenso de anotações que Yvette Nicolle Brown fez a respeito do episódio, com todas as suas observações numeradas e sublinhadas para discutir.

TJW: Eu não faço isso sequer com os scripts! (Risos)

YNB: Ora, eu ainda sou muito nerd com o show, vocês sabem que eu faço isso!

CH: Isso é fantástico!!!

CMP: E ela ainda revisou tudo e reforçou com canetinha marca-texto!

YNB: E ainda assisto o episódio 3 vezes, e depois a temporada toda! (Risos)

CH: Tyler, como você compara o grupo de Noah com o grupo de Rick?

TJW: Wow. É interessante por que nenhum deles levou o seu grupo para onde eles gostariam. Eu comparo Dawn a Shane, na primeira temporada. Shane, na primeira temporada, já tinha a cabeça onde todos estão neste momento.

CH: E Lori faria sexo com Dawn também? (Risos)

TJW: Bem… o bebê possivelmente nos dará esta resposta! (Risos)… Mas Shane sabia dessas coisas – ele se importava com Otis mas aconteceu o que aconteceu. Ele entendeu que deveria proteger a todos, mas que, eventualmente, alguém deveria morrer para que ele continuasse vivo.

CH: Mas eu acho que Noah não queria ferir Daryl e Carol, certo?

TJW: Ele não queria feri-los, mas também ele sabia que, no final das contas, talvez algumas pessoas morram…

CH: Você acha que ele já tinha um plano quando saiu do hospital?

TJW: Eu acho que ele não esperava ser tão bem sucedido. Ele saiu, estava andando por aí com duas armas, mas acho que nem ele esperava por isso, as coisas foram melhores do que ele imaginou. E ele irá voltar para salvar os demais! Absolutamente!

CH: Eu acho que ele vai voltar por causa da Beth!!!!

YNB: Eu shippo!!!

TJW: Bem, a fuga não saiu exatamente como ele queria! Ele vai voltar!

YNB: Ela ficou feliz com sua fuga. Apesar de ela ter sido capturada, estava sorrindo por que você conseguiu…

TJW: Ela ficou feliz por que ele se foi, mas ele não é homem de deixar para trás…

Talking-Dead-Episodio-S05E06-Consumed-003

• Tradicionalmente, no final do segundo bloco do programa, o quadro In Memorian homenageia os mortos durante o episódio.
– Walker que teve a cabeça virada em panqueca
– Walkers do acampamento
– Walkers cercando a van
– Walker que caiu sobre a van
– Walker que achou que Noah estava delicioso sob o armário

“Hey, Noah, tenha cuidado. Roubar Daryl Dixon pode fazer mal à sua saúde.”

CH: Qual foi a sua reação quando Noah se deu bem encurralando e assaltando Daryl e Carol? Acho que foi a primeira vez que eu realmente vi a Carol se entregando, deixando a arma cair. O que estava acontecendo?

CMP: Ela não sabia o que estava acontecendo! Aquela cena acontece em tudo quanto é filme, a pessoa larga a arma e um outro pega. Eu imaginei que algo ruim estava para acontecer, e ela ainda pede a Daryl para não reagir, afinal ele tinha a arma.

CH: Mas ele poderia mata-lo!

CMP: Sim, ele poderia mata-lo e não matou, mas em pleno apocalipse zumbi você roubar a arma de alguém? E ainda mais a besta, que é tão identificada como algo de Daryl?

CH: É como se ele soubesse que ninguém pega a besta de Daryl!!!

CMP: No momento em que ele estava cortando a barraca ele ainda olhou bem para ambos e falou “vocês conseguem lidar com isso”! É quase como se ele estivesse dizendo “eu não deveria ter feito isso” (Risos)

CH: Eu tenho certeza de que você tem alguma coisa a respeito dos flashbacks em suas anotações, talvez no nono parágrafo… (risos)

YNB: Eu tenho sim. Eu escrevi muito sobre o simbolismo do fogo no episódio, achei fantástico. Desde o momento em que ela acende a vela, no flashback dela indo embora, até o final, há dez momentos envolvendo fogo. (Risos gerais). Carol era a responsável pelo fogo nos flashbacks, e Daryl lidava com o fogo nos momentos atuais. E todo o papo de “consumido” e “cinzas” na verdade era sobre eles, era o fogo levando embora coisas deles. Por que logo em seguida ela começa a listar todas as coisas que aconteceram na vida dela: Ed a espancando, ela na prisão sendo alguém diferente, é como se algo nela precisasse morrer. Se antes ela estava queimando coisas para se livrar das coisas que precisavam morrer, agora é Daryl que está queimando coisas. Mas ele está queimando coisas dele ou dela? Lembra do livro? Aquele a respeito de sobreviventes de abuso infantil? Eu acho que aquilo tem tudo a ver com Merle e com o pai deles. Ele é um sobrevivente assim como ela. Então acho que ele também está queimando suas coisas. Tanto que pergunta a Carol se ela acha que ele mudou, e ela responde que antes ele era um garoto e agora é um homem. Tudo o que ele fez longe dela o amadureceu, e agora ele também está queimando o seu passado.

CMP: Você acha que ele está lendo aquele livro pra tentar entender a si mesmo ou para ajudar Carol?

YNB: Não, era sobre ele. Era um livro sobre abuso infantil e como encontrar uma saída para os seus problemas relacionados a isso.

Talking-Dead-Episodio-S05E06-Consumed-004

CH: Tyler, por que você acha que Daryl pegou o livro?

TJW: Eu acho que… bem, eu fico pensando que tipo de coisas mais ele vem pegando ao longo da história para contar a história dele?

CMP: Aquele certamente era um livro que ele sequer olharia na sua vida anterior ao apocalipse, mas agora…

• A primeira pergunta da enquete da noite foi: você acha que Carol estava realmente apenas mirando a perna de Noah? 62% (sessenta e dois por cento) do público acha que não.

CH: Você acha que ela o mataria?

CMP: Eu acho que sim, 100%. Mesmo que ela estivesse mirando para a perna naquele momento, claramente ela não estava fazendo só isso. Eu sempre vou insistir nisso, no apocalipse zumbi o pensamento é diferente. Não seria apenas um tiro para não matar.

TJW: Ela o mataria. Sem dúvidas. Considerando a jornada dela, ele é um obstáculo. Apenas o mate.

CH: Dadas as circunstâncias, naquele momento é mais humano matar alguém do que apenas atirar na perna.

TJW: Exato!

• A segunda pergunta da noite foi: você ficou chateado por que Daryl e Carol não transaram? 57% (cinquenta e sete por cento) dos fãs não ficaram chateados.

YNB: Você tem certeza que quer me perguntar isso????

CH: Sim!!

CMP: Posso responder?

YNB: Pode!!!

CMP: Seria completamente ridículo (no bom sentido)!

YNB: Por que…

CMP: Por que é o apocalipse zumbi…

YNB: E…

CMP: Eles são muito próximos…

YNB: Diga o que você me disse antes…

CMP: O que eu disse antes? Deixe eu olhar suas anotações… (Risos)

YNB: Química sexual…

CMP: Sim, há uma certa tensão sexual entre eles… então eu estou pouco me importando com o local onde eles vão transar!!!

YNB: Eu acho que há um certo entendimento não verbal entre eles. Eles são parecidos trabalhando juntos, eles se afinam, eles sentem o outro, conseguem se mover sem sequer conversar. Ela não precisa dizer para ele fazer algo, pois ele já fez.

CH: Bem, 57% não ficaram chateados por eles não estarem juntos…

CMP: E nós sabemos quem são esses, são os que querem que ele fique com a Beth, o que é realmente ridículo e esquisito!!!!

Talking-Dead-Episodio-S05E06-Consumed-005

CH: Noah está numa idade mais apropriada para Beth.

YNB: Me deixe falar uma coisa sobre Beth. Eu amo a Emily Kinney e eu acho que o que as pessoas gostam é que ela tem aquela carinha de princesa da Disney. Mesmo com Noah, eu me perguntava como ele ainda não a tinha beijado. Eu acho que ela dá essa impressão sempre. Ela tem aquela coisa de frescor do primeiro amor…

CH: E quanto a Noah?

YNB: Eu acho que Noah tem uma idade mais adequada à Beth, e eu acho que eles tem um trauma a compartilhar, por causa do hospital, a fuga, a história no fosso do elevador… Algo que pode ser explorado.

CH: Você acha que pode rolar algo entre Beth e Noah?

TJW: Eu acho que eles não tem uma oportunidade neste momento, mas se a gente sobreviver há uma possibilidade!

CH: Até o último episódio eles nunca mais tinham voltado ao tema sexo no apocalipse, o que eu acho que deveria acontecer mais vezes…

CMP: Eu concordo!

YNB: Perfeito. E eu mal posso esperar pra ver Rick e Michonne transando!

CH: Rick e Michonne? Sério?

YNB: Claro! Isso está latente há muito tempo!

CH: “Michonne, eu tenho uma nova katana para você” (Risos)

YNB: Chris Hardwick!!! Sua mãe está na plateia, respeite! (Risos)

CH: Então… er… bem, agora eu me sinto mal. Desculpa, mãe! (Risos) Bem, Carol dividiu sua experiência a respeito da vida no abrigo. Por que ela ainda não chutou o balde e falou tudo para Daryl?

CMP: Eu acho que eles são tão parecidos, ambos tem este passado amargurado, e agora são pessoas novas, começaram tudo de novo, e neste mundo novo você precisa fazer isso. Então, talvez explicar o seu passado e contar histórias… talvez ela pense que Daryl pudesse pensar mal dela, sem ao menos passar por sua cabeça que ele possa ter vivido coisas semelhantes.

CH: Eu sinto que ela tem vergonha daquilo que ela era. Ela conta estas histórias quase se desculpando por ter levado tanto tempo e ter passado por tanta coisa para se dar por conta de quem ela realmente queria ser.

CMP: Fazer todas essas coisas difíceis é quase uma super compensação por tudo o que ela foi no passado, quando ela não conseguia se defender sozinha ou ser forte.

CH: Poderia ser que ela sempre tivesse sido aquela pessoa, mas por alguma razão isso foi suprimido, ou ela deixou alguém suprimir, e agora finalmente veio à tona…

YNB: O que eu acho interessante é que ela diz que não quer mais salvar pessoas e, naquele momento, Daryl finge que não se importa, pois ele sabe que ela ainda deseja aquilo. Ele a obriga a lutar pela vida de Noah. Quando ela está ali implorando pela vida de Noah, ele já está mirando no walker. Quando ela se volta para ele, a flecha já está no walker. Tudo o que ele fez foi para que ela se desse por conta de que eles não foram reduzidos a cinzas. Eles ainda estão ali, ainda estão lutando, ainda estão tentando.

CH: Por que você acha, Tyler, que eles decidiram dar uma segunda chance a Noah?

TJW: Uma das coisas interessantes é que, além de Beth e Carl, ele é o único garoto. Eles se dão por conta que, por mais que ele tenha conseguido roubá-los, no final das contas é apenas um garoto, e ele está apavorado. Mesmo no abrigo, Carol estava protegendo Sophia. E agora ela vê aquele garoto em apuros ali. Qualquer mulher que seja mãe seria afetada com aquilo.

CH: Tanto que ela realmente foi afetada pela visão daquela mãe com a criança walker…

YNB: Quando ela vê esses dois e Daryl diz que ela não precisa fazer nada, acaba sobrepondo-se a cena em que ela está cavando as covas junto de Tyreese (para enterrar Lizzie e Mika), e ela se dá por conta de que, até o momento, ela sempre teve que fazer tudo, a vida toda! Aquele olhar que ela mostra quando percebe que Daryl tomou conta de tudo faz com que aquele agradecimento sequer fosse necessário. Existe tamanho entendimento entre eles, neste relacionamento dos dois, seja lá de que tipo for.

Talking-Dead-Episodio-S05E06-Consumed-006

• Durante o quadro Inside the Dead ficamos conhecendo algumas curiosidades sobre o episódio:
– Norman Reedus disse que foi legal sair da floresta e estar no centro de Atlanta para este episódio. Ele o descreveu como “mini férias” para Daryl e Carol.
– Com tanta ação no episódio, havia muito trabalho para os dublês do elenco. A dublê de Melissa McBride estava particularmente entusiasmada por ser atropelada.
– Quatro vans idênticas foram necessárias para filmar o episódio, e duas foram jogadas da ponte. O motor e todos os fluidos foram retirados das vans para torna-las seguras em uma queda de altura.

Um fã da plateia pergunta a Tyler como foi filmar a cena sob a estante de livros.

TJW: Aquela cena foi interessante. Eles deitaram a estante sobre mim, foi legal… (risos) e havia tanta coisa acontecendo naquele momento! Eu estava para ser devorado. Eu comecei a hiperventilar e suar, e precisei ir para a janela um pouco. Eu acho que foi a Denise (Huth) que percebeu que havia algo errado com os meus olhos, e eu estava a ponto de desmaiar, acho que o sangue parou de ir para a cabeça e eu simplesmente apaguei! Aí ela falou “talvez ele precise sentar um pouco”… Nós interrompemos por um tempo para… pegar fôlego?… e bem, parece piada, mas isso me acontece muito!!! (Risos)

CH: Qual foi sua reação quando Carol foi atropelada pelo carro?

CMP: Eu… bem, você anda com os caras maus e coisas más acontecem! (Risos)

CH: Na verdade eu acho que ela fingiu tudo aquilo para poder entrar no hospital!

CM: Deve ser legal ser atropelado pelo único carro existente ali!!! (Risos) Eu confesso que eu engasguei naquela hora! Não havia nada ali, aquele carro apareceu do nada!

CH: E Noah fez a coisa certa ao segurar Daryl?

YNB: Primeiramente eu queria saber COMO ele conseguiu segurar Daryl!

TJW: Na verdade o Norman até se machucou no momento em que eu o segurei. Vocês sabem o Norman é um bulldog! Ele é simplesmente compacto, e então eu tentei…

CH: E está sempre de olho roxo!!!

TJW: Sim, sempre de olho roxo! (Risos) Eu tentei… ele olhou pra mim e disse “SEGURE!”, e foi o que eu fiz. Eu o segurei, puxei, nós dois caímos e ele distendeu o pescoço… Foi uma cena intensa de gravar, pois foi tudo ao mesmo tempo – o atropelamento, tudo aquilo acontecendo, a tensão nas alturas, e ele é muito direcionado ao seu objetivo.

YNB: Eu não entendo como ele acreditou quando Noah disse que cuidariam de Carol…

CH: Mas Noah parece ter credibilidade, ao menos eu acho. Se ele se tornar um vilão, vou ficar chocado!

Talking-Dead-Episodio-S05E06-Consumed-007

• A terceira pergunta da enquete da noite foi: saltar de uma ponte é mais assustador do que encarar uma horda de zumbis? 55% (cinquenta e cinco por cento) disseram que não.

CMP: Eu acho que na situação deles, ser mordido ou tomar uma medida desesperada que pode salvá-los… eu pularia da van!

YNB: Eu acho que a horda assusta mais, eu concordo com você.

CMP: Ouçam o que eu digo, sempre escolham a van! Eu tenho experiência com apocalipse!!! (Risos)

CH: Tyler, o que você acha que estava passando na cabeça de Noah no final, segurando Daryl?

TJW: “O que eu estou fazendo?” Ele mal conheceu esse cara, assaltou ele há pouco tempo atrás, e agora tá acompanhado dessa besta em forma de gente! Ele estava no hospital este tempo todo, limpinho, escovado, e de repente ele cai nesse mundo com essas pessoas transformadas em animais. “Sim, eu vou voltar no hospital contigo pra buscar a Beth”… Eu acho que isso fala muito sobre quem ele é. Ele quer ir para casa, mas ele não quer deixar aquela garota para trás.

CH: Você acha que o hospital está pronto para encarar um Rick p… da cara?

CMP: Sem chances! Lembre-se dos Termites e da igreja…

• No final do episódio foi mostrado um sneak peek do episódio 7, onde Beth enfrenta Dawn e seu auxiliar para defender Carol e impedir que eles a matem. Os convidados comentam a respeito.

CH: Como eu queria que ela simplesmente fosse lá e acabasse com ela!!

CMP: Bem, ela já ganhou mais uma cicatriz. Hora de ganhar uma terceira!

YNB: Como eu queria que Beth matasse Dawn. Eu estou de saco cheio dela, e se algo acontecer a Carol nós nos rebelamos!

CMP: Beth a desrespeitou na frente de outro policial, e ela precisou demonstrar força. A maneira dela demonstrar força foi ordenando para desligar os aparelhos de Carol! Grande erro para todos.

CH: Por que Noah confiou em Beth?

TJW: Eu acho que ele viu em Beth um pouco daquilo que ele é. Ele pode ver nos olhos dela o quanto ela passou até chegar ali. Ele não sabe pelo que ela passou, mas sabe que não foi algo bom, e sente que pode confiar. Ela não é como os demais no hospital, que estavam lá o tempo todo. Ela veio de fora, ela sabe e pode dizer como está o mundo.

E NO PRÓXIMO TALKING DEAD:

Sonequa Martin-Green (Sasha), Christian Serratos (Rosita Espinosa) e Paul F. Tompkins (Comediante)

talking-dead-s05e07-sonequa-martin-green-christian-serratos-paul-f-tompkins

VEJA TAMBÉM:

Talking Dead Brasil #25 – Michael Cudlitz, Josh McDermitt e Gale Anne Hurd

Talking Dead Brasil #24 – Scott M. Gimple, Greg Nicotero e Conan O’Brien

Galeria de imagens do Talking Dead

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Talking Dead

CORONAVÍRUS | Talking Dead cancela programa do episódio de hoje de The Walking Dead

O Talking Dead, que normalmente é transmitido ao vivo após os novos episódios de The Walking Dead, ficará ausente neste domingo.

Diana Monteiro

Publicado há

em

O Talking Dead, que normalmente é transmitido ao vivo após os novos episódios de The Walking Dead, ficará ausente no domingo, 15 de março, em meio a preocupações com Coronavírus, anunciou a AMC na sexta-feira.

O episódio que seria transmitido ao vivo após o episódio 12 da 10ª temporada, dirigido por Greg Nicotero, “Walk With Us“, teria marcado o retorno no Talking Dead do ex-ator de Jesus, Tom Payne, que estava programado para aparecer ao lado de dois membros surpresa do elenco.

O anúncio veio apenas algumas horas depois que a AMC Networks atrasou a pré-produção na 11ª temporada de The Walking Dead em três a quatro semanas e colocou uma pausa de três semanas na sexta temporada do spin-off Fear the Walking Dead.

“Queríamos que você soubesse que, à luz de tudo o que está acontecendo, o #TalkingDead ficará temporariamente escuro neste domingo, 15 de março”, twittou a conta oficial do Talking Dead na sexta-feira. “Cuidem de si e uns dos outros! Entraremos em contato em breve.”

LEIA TAMBÉM:
CORONAVÍRUS | Roteiristas de The Walking Dead estão trabalhando remotamente por causa do surto

O programa apresentado por Chris Hardwick, Talking Dead, agora se junta ao crescente número de produções de televisão e cinema adiadas por preocupações com a pandemia de coronavírus.

Os programas de auditório “Jeopardy!” e a “Wheel of Fortune” renunciarão à gravação com o público tradicional de estúdio ao vivo, uma abordagem replicada por programas de entrevistas diurnos como o “Dr. Phil”, o “Ellen DeGeneres Show” e o “The View”. Apenas alguns dias atrás, os talk shows noturnos, incluindo “The Tonight Show”, estrelado por Jimmy Fallon, “Late Night With Seth Meyers” e “The Late Show With Stephen Colbert”, suspenderam a produção por pelo menos duas semanas.

Embora o Talking Dead às vezes tenha pré-gravado episódios, o programa voltado para fãs geralmente é transmitido ao vivo na frente de uma plateia.

Um membro selecionado do público tem a chance de usar um microfone, em frente ao sofá do Talking Dead, e perguntar aos convidados – normalmente elenco e equipe de The Walking Dead, ou fãs celebridades do drama sobre zumbis – perguntas sobre o episódio de domingo de The Walking Dead.

Talking Dead, da AMC, é o primeiro pós-show ao vivo da rede que serve como plataforma de discussão para a série da AMC, The Walking Dead. Talking Dead vai ao ar imediatamente após a estréia da transmissão de novos episódios de The Walking Dead. O AMC Talking Dead mostra Hardwick passando tempo com fãs, atores, produtores e entusiastas da TV, recapitulando o episódio mais recente do Dead, fornecendo bônus exclusivos e discussão dos próximos episódios e recebendo perguntas e comentários dos telespectadores.

Nenhuma informação foi revelada sobre os próximos episódios do Talking Dead da 10ª temporada de The Walking Dead. Informaremos aqui quando novas atualizações saírem.

Continue lendo

7ª Temporada

Khary Payton, Dana Gould e Chloe Bennet estarão no Talking Dead do episódio S07E02 – “The Well”

Rafael Façanha

Publicado há

em

Neste domingo (30/10), vai ao ar mais um episódio da nova temporada do talk show Talking Dead – imediatamente após o segundo episódio da sétima temporada de The Walking Dead, “The Well”. Junto ao apresentador Chris Hardwick, nesta semana, teremos Khary Payton (Rei Ezekiel), Dana Gould (comediante) e Chloe Bennet (Agents of Shield). Eles comentarão sobre o episódio da noite e responderão perguntas ao vivo durante a transmissão, então acessem TalkingDead.com para enviar suas perguntas.

Durante o show, aproveitem para votar na pesquisa online e fiquem ligados nos resultados que Chris Hardwick apresentará no ar. No dia seguinte, retorne ao TalkingDead.com para ver os vídeos exclusivos e fotos do episódio e não esqueça de visitar o Walking Dead Brasil para conferir o nosso quadro Talking Dead Brasil, onde recapitulamos o episódio da semana.

talking-dead-s07e02

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, vai ao ar aos domingos no AMC Internacional, às 23h, e no FOX Action (canal do pacote premium FOX+) e FOX Brasil, às 23h30. Confira todas as notícias sobre a sétima temporada.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.

Continue lendo

7ª Temporada

The Walking Dead S04E10 – S07E01: Em memória de Abraham Ford

Gabriel Simonassi

Publicado há

em

Sempre com frases profundas e filosóficas, o Sargento Abraham Ford chegou em The Walking Dead na quarta temporada junto com seus companheiros com uma simples missão: levar Eugene até Washington. Desde a sua chegada, Abraham se mostrou um personagem forte e determinado, sempre com algumas belas palavras para dividir com seus colegas e com o público.

Acompanhar o desenvolvimento desse personagem foi uma experiência muito intrigante. Vimos Abraham lutar por Eugene, lutar COM Eugene, vimos suas esperanças serem destroçadas e reconstruídas, sua sanidade chegar na beira do penhasco e voltar, mas também vimos a aceitação do mundo como está, uma aceitação tão grande que o fez inclusive perceber que poderia até ser pai, mesmo em meio ao caos.

Infelizmente, depois deste último episódio, onde tivemos de nos despedir de Abraham, não sabemos o que é maior: a saudade do personagem, a tristeza com a brutalidade de sua morte ou o bigode de Michael Cudlitz, que vivenciou o sargento boca-suja mais destemido do pós-apocalipse. O programa The Talking Dead preparou, na última semana, um pequeno memorial de Abraham – que se despediu da série na estreia da sétima temporada. Vocês podem conferir o vídeo legendado a seguir.

Como assuntos inacabados dão coceira no rabo de Abraham, não poderíamos finalizar esta matéria sem agradecer a Michael Cudlitz por todos esses anos dedicados ao universo de The Walking Dead! Toda a equipe do Walking Dead Brasil deseja toda a felicidade do mundo e muito sucesso! Obrigado, Michael! <3

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, vai ao ar aos domingos no AMC Internacional, às 23h, e no FOX Action (canal do pacote premium FOX+) e FOX Brasil, às 23h30. Confira todas as notícias sobre a sétima temporada.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Legenda: Gabriel Simonassi / Staff Walking Dead Brasil

Continue lendo

EM ALTA