Siga-nos nas redes sociais

Outros Projetos

Norman Reedus lança livro mostrando seu trabalho como fotógrafo

Publicado há

em

Já se encontra em pré-venda o livro de fotografias de Norman Reedus (Daryl Dixon), onde ele exibe um pouco do seu trabalho como fotógrafo. Você pode fazer a sua encomenda, clicando aqui. O livro será lançado em 31/10/2013 nos EUA.

Leia abaixo a opinião de algumas pessoas que ajudam a escrever o prefácio do livro e dão o seu parecer a respeito da obra:

ANDREW LINCOLN (ator)

Toda fotografia é, de alguma forma, autobiográfica, uma vez que a sua composição e conteúdo dependem diretamente do que está na cabeça e diante dos olhos do fotógrafo. Mas eu sugeriria não tentar encaixar essas imagens neste conceito.

Eu conheci Norman em uma Georgia fervilhantemente quente, quatro anos atrás. Eu tento fazer com que ele se explique desde então, mas ele apenas me enrola. Ele é um destes raros seres humanos (se é que ele é um) que continua a surpreendê-lo ainda mais à medida em que você o conhece.

Estas fotos são caprichosas. Em um momento, brutais; no próximo, bonitas, sexuais, vulneráveis, na mesma medida. Com um piscar de olhos, a inocência se transforma em experiência, e há máscaras em todos os lugares… Algumas das fotos mais libertadoras e exuberantes envolvem máscaras. Mas as minhas imagens favoritas são jocosas e enfeitiçadoras.

Eu nunca conheci um Norman até o Sr. Reedus aparecer no meu apocalipse zumbi. Ele foi meu primeiro Norman, após 39 anos nesse planeta. E assim, como Barry White cantou eloquentemente: Norman é o “my first, my last, my everything.”

“Eu já te disse que você é o meu herói?” — Bette Midler

HOWIE B (músico e produtor)

Uma coletânea de fotografias é um documento de momentos, e às vezes também de pontos em especifico.
Meus momentos com Norman ao longo dos anos, alguns planejados, alguns de surpresa, deram um novo colorido à minha vida… e sempre quando eu estava com ele havia uma câmera na sua mão. Eu adoro este hábito que ele formou ao longo dos anos e fico feliz por ele finalmente repartir todos esses momentos conosco.
Quando eu olho para esta coletânea de fotos do Norman, eu vejo o seu amor, sua alegria, seu sangue e seu coração. Eu vejo a morte, e então eu vejo a vida.
Mas, acima de tudo, eu vejo Norman.

KIM GORDON (membro fundador do Sonic Youth)

Durão, ferido, sexy, doce… como você vive com o que os demais projetam a respeito de você? O corpo do ator é um portal de emoções, sentimentos, ideias, histórias… reais, fictícias, revistas, exacerbadas pela nossa descrença, na sala escura de um cinema, na grande tela ou na pequena tela de uma televisão.

O autorretrato de Norman Reedus é a primeira imagem que aparece no livro. Eu não o conheço. Assim como muitos que olharão o seu livro. Eu não sei se o hematoma em seu olho foi causado pelo acidente que o deixou com uma prótese de titânio na órbita, ou se foi um momento de bastidores, em um personagem. Seus olhos não olham para a câmera, então ele não pode estar em uma cena. Ele não nos oferece nada, mas implora ao espectador que se junte a ele.

Fotógrafos jamais podem gravar o momento, pois, sob o seu ponto de vista, ele sempre estará no caminho. Não é algo linear, é algo dimensionado, que se movo e, tem pernas, o sol vai para detrás das nuvens e forma padrões no chão. Norman sabe como usar uma superfície plana. Ele a preenche com a fisicalidade que ele conhece como ator, o senso espacial de quem está se movendo ao redor daquele retângulo. A espontaneidade da ação próxima dos limites da morte, do fingimento, do empalhamento… real. Modelos, atores e um Mingus muito real, seu FILHO.

A banalidade da beleza, misturada com melancolia, seja em uma paisagem cercada por arame farpado, uma canção em sua cabeça, o prazer que está fora do alcance, mulher em uma tela, a VERDADE que deve ser revelada. E então FODA-SE a verdade por detrás da máscara, o rosto velho, o rosto festivo, as máscaras animais, a mulher ensanguentada cheia de HORROR, lobos, raposas, cães, fogo.

São apenas MOMENTOS, ou não?

DEBBIE HARRY (cantora, atriz, compositora)

Sempre achei que Norman tinha um olhar sexy, o olhar sonolentamente sexy. Milhões de nós o assistimos mirar com uma besta e atirar em zumbis com tamanha acurácia que acabamos nos sentindo profundamente gratos pelos seus talentos. Então este olhar sexy sonolento é perspicaz além de belo, e eu sei que você vai concordar comigo quando você ver o que mais ele anda mirando…

Confira algumas fotos do livro que foram divulgadas pelo Hollywood Reporter:

Inicio > Elenco > Norman Reedus > Fotos Pessoais > Fotos do livro The Sun’s Coming Up… Like A Big Bald Head: Photographs by Norman Reedus (clique aqui para ver mais fotos)

The Sun’s Coming Up… Like A Big Bald Head: Photographs by Norman Reedus será lançado no dia 31 de outubro deste ano nos EUA. Não temos previsão se o livro vai chegar ao Brasil, mas manteremos vocês informados caso isso aconteça.


Fonte: Norman Reedus Brasil

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA