Siga-nos nas redes sociais

3ª Temporada

Laurie Holden revela que Andrea honrará Dale indo em missão de paz à prisão

Publicado há

em

A atriz fala com o The Hollywood Reporter sobre estar no meio do fogo cruzado entre Rick e o Governador, no momento em que a guerra está por vir entre os dois grupos.

Dizer que Andrea, de The Walking Dead, está entre a cruz e a caldeirinha é subestimar a situação. Após o grupo de Rick considerar a amiga morta no ataque à fazenda de Hershel, Andrea irá retornar para ver o que sobrou de seu antigo grupo pela primeira vez no episódio deste domingo.

“O que ela encontrará irá mexer com o seu mundo”, de acordo com a atriz Laurie Holden. T-Dog? Morto. Lori? Morta durante o parto. Shane, seu antigo ficante? Morto por seu melhor amigo. E ainda há o que sobrou de Rick (Andrew Lincoln), o louco responsável pela Rictatorship, que, até onde ela sabe, atacou o Governador (David Morrissey) – sem motivo algum.

O The Hollywood Reporter falou com Holden para sabermos mais sobre esse encontro no domingo e sobre a missão de paz de Andrea.

The Hollywood Reporter: Como parecerá a primeira interação de Andrea com o grupo?

Laurie Holden: Eu realmente acho que Andrea não sabe onde está se metendo, mas ela está esperando o melhor. Ela está lá para fazer a paz e esclarecer os mal entendidos, e chegar ao fim de toda essa loucura. É justo dizer que as coisas não serão exatamente como ela está esperando.

THR: Há muita coisa que Andrea não sabe — Shane, Lori, T-Dog– como ela receberá as notícias?

Holden: Será um episódio onde Andrea terá seu coração partido inúmeras vezes. Ela não sabe tanto assim a respeito do que aconteceu. Ela tem estado na mais completa ignorância a respeito de como essas pessoas estão vivendo, quem morreu, as grandes perdas – e isso irá mexer com o seu mundo.

THR: Michonne (Danai Gurira) voltou a Woodbury para provar que o Governador realmente é um vilão. Como Andrea reagirá ao vê-la novamente?

Holden: Mas ela não fez isso. Michonne nunca disse “Ele tentou me matar.” Tudo o que ela dizia era que as coisas não eram como pareciam, ela era muito enigmática. Foi realmente um mal entendido. Andrea não escolheu o Governador no lugar de Michonne – ela queria uma vida. Queria uma comunidade. Toda a terrível verdade está para atingir Andrea duramente. Quando Andrea abordou o Governador e Michonne lutando, ela não fez aquilo para proteger o Governador. Ela viu sua melhor amiga arrancando o olho do homem com quem ela se importava. Andrea estava tentando parar com a violência. Ela não puxou o gatilho. Ela nunca machucaria Michonne. E este será um momento de despertar.

THR: Andrea era uma advogada antigamente. Como ela irá usar seu conhecimento para tentar fazer a paz?

Holden: Ela era uma advogada de direitos humanos, e isso é uma grande parte do que ela é. No apocalipse, quando ela estava perdendo o rumo, a pessoa número 1 que realmente a amou e orientou foi Dale (Jeff DeMunn). Ele é como um anjo guardião em sua vida e agora, a cada atitude que ela toma, ela diz a si mesma: “Como isso honraria Dale?” À medida em que ela segue adiante, ela quer meditar, quer paz, não quer sangue em suas mãos ou nas mãos de quem quer que seja. Ela está ali pelas pessoas e para as pessoas, quer proteger a todos. Não se trata de Team Rick, ou Team Governador, mas de Team Pessoas.

THR: Ela realmente pensa que uma trégua entre os dois grupos é possível?

Holden: Ela está se dando por conta de que ele é um mentiroso e não merece confiança. Não acho que Andrea foi pega por esse mundo apocalíptico, no sentido de que ela nunca matou alguém antes. Ela matou zumbis, mas nunca se tornou uma selvagem. Em um mundo onde não há mas regras e tudo virou caos, ela está tentando restaurar a ordem. Nada de bom poderia vir da guerra.

THR: Poderemos ver ela retornar para sempre à prisão? Temos visto nas promos que o Governador fala a ela que, caso vá para a prisão, não retorne a Woodbury.

Holden: Andrea é teimosa. Eu não acho que ela se importe com avisos ou ameaças que ela receba do Governador. Ela pensa por si. Não se trata de abandonar Woodbury e ir para a prisão – porque se ela abandonar totalmente Woodbury, o que acontecerá àquela gente? Modus operandi dela é: como eu posso parar com a violência? Ela precisa ir até a prisão para conseguir toda a informação antes de pensar bem e realmente fazer uma boa decisão que possa parar com a guerra.

THR: Andrea tem uma posição poderosa em Woodbury. Poderemos vê-la derrubar o Governador?

Holden: Ela realmente irá tentar. A segunda parte da temporada é bastante capciosa, uma verdadeira montanha russa, então estejam prontos! Andrea irá fazer tudo o que puder para alcançar a humanidade dentro do Governador e de Rick, e mediar, tentar acalmá-los, para proteger aquelas pessoas. Não se trata de escolher um lado. É mais tentar tranquilizar estes homens que estão agindo irracionalmente e perdendo a razão. Rick não parece particularmente são, ultimamente. Ela ainda não sabe disso, mas irá saber em breve.

Como você acha que o retorno de Andrea será recebido? Deixe sua opinião nos comentários. O episódio 3×11 – “I Ain’t A Judas” estreia hoje na AMC e na terça-feira (26/02) na FOX Brasil.


Fonte: THR
Tradução: @BinaPic / Staff Walking Dead Brasil

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA