Siga-nos nas redes sociais

Outros Projetos

Lauren Cohan irá interpretar uma repórter esportiva em um episódio da série Law & Order: SVU

Publicado há

em

O site Hollywood Reporter soube com exclusividade que a atriz será a convidada especial do episódio “Legitimate Rape” (“Estupro Legítimo”, ainda sem título no Brasil) da série da NBC – umas das mais longas ainda em exibição na tv.

Durante o episódio, previsto para o final de março, Cohan vai interpretar Avery Jordânia, uma repórter esportiva popular que acusa seu operador de câmera de estuprá-la. Quando ela descobre que está grávida do estuprador, ela opta por manter o bebê. O ator que interpretará o cinegrafista ainda vai ser escolhido.

O episódio vai focar na controvérsia do “estupro legítimo”, que explodiu durante a eleição de 2012, quando o candidato ao senado Todd Akin disse que a gravidez raramente ocorre como o resultado do que ele chamou de “estupro legítimo.” (Akin mais tarde emitiu um pedido de desculpas por suas declarações.)

Para Cohan, a escolha vem depois de seu personagem Maggie em The Walking Dead ter sido abusada sexualmente (*) nesta temporada.

Além de Walking Dead, Cohan participou de The Vampire Diaries, Chuck e Supernatural.

Law & Order: SVU vai ao ar às quartas-feiras, às 9 horas, na NBC. No Brasil você assiste pela Universal Channel, todas as terças às 9h.

[Aviso de spoiler]

(*) Sem querer entrar no mérito do significado da expressão “abuso sexual”, mas só para acalmar aos leitores e ao Glenn: a Maggie não foi estuprada, ok? Nós vimos a cena e ela mesma confirmou que o Governador “só” a fez tirar a blusa. Não que Glenn e o grupo da prisão precisasse de mais algum motivo para odiar Woodbury, não é mesmo?


Fonte: Hollywood Reporter
Tradução: Nat Price / Staff Walking Dead Brasil

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA