Siga-nos nas redes sociais

6ª Temporada

The Walking Dead 6ª Temporada: Perguntas e Respostas com Lennie James (Morgan Jones)

Publicado há

em

Lennie James, que interpreta Morgan Jones em The Walking Dead, fala sobre a posição de Morgan contra a morte e se ele poderia ganhar de Rick em uma briga.

P: O episódio 4 é todo sobre Morgan. Qual foi sua primeira impressão quando leu o roteiro?

Lennie James: Achei que já estava na hora! [Risos] Além de “Quando você vai voltar para a série?” a pergunta que eu mais ouço é “O que aconteceu com Morgan entre ‘Clear’ na terceira temporada e seu retorno no final da quinta temporada?” Era estranho, mesmo, porque como ocorreu, filmamos o episódio fora de sequência. Por isso, o episódio ganhou uma natureza um pouco mítica com todos nos bastidores tentando adivinhar o que iria acontecer.

P: O que o episódio ensinou a você sobre o Morgan?

Lennie James: O que foi mais interessante de fazer e o que o Scott M. Gimple trouxe ao episódio foi que ele levou Morgan a um lugar ainda mais sombrio antes de que ele voltasse. Não esperava isso como parte da jornada. Eu achava que retomaríamos de “Clear” e seguir em frente, mas – o Scott sendo Scott – ele o levou a um lugar mais sombrio e aí o levou para frente.

P: O Morgan é contra matar agora. O que você acha dessa nova perspectiva? É algo bom ou algo ruim pensar assim em um apocalipse?

Lennie James: Acho que estamos prestes a descobrir. O que pode ser algo bom ou ruim para Morgan não é necessariamente algo bom ou ruim para o grupo, ou para os Alexandrinos. O desafio de Morgan é descobrir se ele pode ou não continuar trilhando este caminho em que foi colocado e se ele pode ou não continuar neste caminho e ainda viver entre as pessoas. Esse vai ser o teste.

walking-dead-6-temporada-perguntas-e-respostas-lennie-james-001

P: Houve muito “Nós conta Eles” até agora em termos do grupo do Rick e os Alexandrinos. É mesmo possível misturar os dois grupos?

Lennie James: Acho que é possível, mas não necessariamente da forma que as pessoas podem esperar. Alguns dos Alexandrinos vão achar impossível e alguns do grupo do Rick vão achar muito difícil, mas com sorte, eles vão achar um meio-termo.

P: Há algo que os Alexandrinos podem ensinar mesmo tendo menos experiência no mundo externo?

Lennie James: Os Alexandrinos têm uma inocência que o grupo perdeu. Não é algo ruim se o grupo se lembrar dessa inocência. Eles chegaram a um ponto onde estão tão focados em sobreviver e se proteger, e eles viram o mundo. Até um certo ponto, os Alexandrinos têm um estranho senso de segurança e ignorância por estarem protegidos pelas muralhas.

P: Ficamos sabendo que você treinou a luta com bastão com ajuda do profissional Steven Ho, um dos Tartaruga Ninjas originais. Como foi a experiência?

Lennie James: Foi fantástico. O que eu mais gosto no meu trabalho é aprender novas habilidades. Pude fazer coisas diferentes simplesmente porque os papéis que faço exigem isso. A espada de Michonne, a besta de Daryl e a Python de Rick são específicos da jornada que esses personagens tiveram e o cajado de Morgan se uniu a essas coisas. De alguma forma, é uma arma muito passiva, mas se usada do jeito certo, é muito mortal. Contar essas história tem sido muito bom.

walking-dead-6-temporada-perguntas-e-respostas-lennie-james-002

P: Com a nova habilidade de luta com bastão de Morgan, você acha que ele pode ganhar do Rick em uma briga?

Lennie James: [Risos] É uma pergunta muito interessante! “Não sei” é a resposta mais fácil para a pergunta, mas depende da arma que Rick tiver e o quão perto de Morgan ele ficar. Rick tem a vantagem de poder atirar em Morgan do outro lado da sala, mas se Rick usar um bastão contra Morgan, não tenho dúvidas de que Morgan poderia vencer. Se os dois tivessem armas de fogo na mão, acho que Rick provavelmente venceria.

P: Morgan nunca foi parte do grupo. Você estava animado para trabalhar com o resto do elenco?

Lennie James: Voltar à série e poder trabalhar com Andrew Lincoln novamente é uma atração óbvia, mas além disso, ver como Morgan está quando fica perto de Michonne, perto de Daryl, perto de Glenn, ser apresentado a Carol, estabelecendo uma relação nova com Carl, e todo o resto dos personagens – esse foi o trabalho. Entender como seu personagem está quando ele interage com todos os novos e os estabelecidos na série foi o que mais me animou.

P: Você acha que seria melhor fazer parte de um grupo ou atuar sozinho no apocalipse zumbi?

Lennie James: Morgan somente teve experiência de seguir sozinho, e quando você pensa nisso, apesar dos testes e turbulências pelos quais ele passou, ele sobreviveu. Sua habilidade de seguir sozinho está aí para todos verem, mas o preço que ele pagou pode muito bem ser mais do que as pessoas aguentariam. Morgan descobriu do que é capaz dentro do grupo e será novo para ele, novo para mim, e novo para os fãs.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: AMC

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA