Siga-nos nas redes sociais

5ª Temporada

The Walking Dead 5ª Temporada: Perguntas e Respostas com Michael Cudlitz (Abraham Ford)

Publicado há

em

Michael Cudlitz, que interpreta Abraham Ford em The Walking Dead, da AMC, fala sobre o segredo de Eugene (Josh McDermitt) e sobre quem venceria em uma briga entre Abraham e Rick (Andrew Lincoln)

P: Nós pudemos dar uma olhada na história inicial de Abraham no quinto episódio da quinta temporada. Você recebeu muita informação antes da hora ou descobriu mais sobre ele conforme a série avançava?

Michael Cudlitz: Quando eu fui contratado, perguntei ao Scott (Gimple) se havia a necessidade de ler os quadrinhos, ao que ele respondeu, “Absolutamente”. A história inicial de Abraham é muito, muito semelhante ao que acontece nos quadrinhos. É emocionalmente precisa. Existe muito valor em fazer a audiência compreender o que o impulsiona para frente.

P: Abraham provavelmente chega ao fundo do poço quando percebe que Eugene é uma fraude. Que conselho você daria a Abraham?

Michael Cudlitz: Eu não vivenciei uma perda como Abraham vivenciou. Eu não sei se muitas pessoas já vivenciaram isso. Pode ser o fundo do poço, mas isso simplesmente significa que as coisas não podem e não vão ficar ainda piores. Tendo dito isso, é preciso ter esperança.

P: Você ficou tão chocado quanto Abraham quando descobriu que Eugene não era um verdadeiro cientista?

Michael Cudlitz: Essa foi uma grande mentira… No episódio 5×05, nós falamos sobre as pessoas que deram suas vidas por essa missão, mas nunca falamos sobre as pessoas que Abraham matou durante essa missão. Houve muitas pessoas que ele matou por causa dessa mentira. Ele é um filho da mãe astucioso!

glenn-abraham-the-walking-dead-5-temporada-self-help

P: Seu personagem está tão focado em proteger Eugene. Você já tomou conta de um amigo tanto assim?

Michael Cudlitz: Eu acho que faz parte da minha natureza cuidar das pessoas. Alguns dos membros do elenco brincam comigo, chamando-me de Pai porque eu checo as idiotices que eu sei que todos conhecem, mas não consigo evitar fazer isso, às vezes. Tenho certeza que alguns deles queriam que eu parasse de me preocupar com adultos. [Risos]

P: Você já se viu perseguindo uma missão tão concentradamente?

Michael Cudlitz: Os riscos na série são tão interessantes porque todos estão literalmente tentando salvar suas próprias vidas. É sobre a vida e a morte, todo dia. Não existem muitas situações em que você é colocado cotidianamente nas quais os riscos sejam tão altos e o foco seja tão intenso sem se esgotar. Nesse caso, a sobrevivência foi eclipsada pelo objetivo. Eu não sei sequer se é possível fazer isso. Eu certamente tive objetivos nos quais trabalhei muito, mas não sei se esse tipo de foco é sequer possível de se atingir de uma maneira saudável.

P: Abraham comanda um caminhão de bombeiro no 5×05. Você já havia dirigido algum antes?

Michael Cudlitz: A ironia dos veículos grandes é que eles ficam parando de funcionar. O motor explodiu enquanto chegávamos àquela locação. Todos os dias em que nós não precisávamos que ele se movesse, ele funcionava. [Risos]

P: Para onde você viajaria em um evento de apocalipse e por quê?

Michael Cudlitz: Eu credito essa resposta à Alanna Masterson (Tara). Ela disse que encontraria uma ilha e a manteria livre de zumbis. Quer dizer, eles não conseguem nadar, mas será que conseguem andar embaixo d’água? Eu não sei. Se estivesse escrevendo, faria todo mundo pensar que estavam a salvo até que os walkers viessem andando pela praia.

abraham-the-walking-dead-5-temporada-self-help

P: Abraham disse que está “relaxando quanto ao padrão de beleza”. Você gosta de usar barba ou prefere ficar com um rosto mais liso?

Michael Cudlitz: Eu acho que a barba é divertida e o identifica muito especificamente como Abraham. Que tipo de personalidade estaria consciente dessa aparência específica e a manteria? Essa é a versão dele de se ‘organizar’. Agora, sejamos claros… Ele fala sobre relaxar em relação ao padrão de beleza, mas todos eles já relaxaram!

P: Abraham é uma personagem que tem uma personalidade muito forte e é um líder por direito próprio. Quem você acha que venceria em uma briga entre ele e Rick?

Michael Cudlitz: Eu ficaria atento porque Rick não é bobo, mas, se Abraham não ficasse convencido demais, tenho certeza de que ele venceria.

P: Quem você seguiria: Rick ou Abraham?

Michael Cudlitz: Depende de qual Rick nós estamos falando. Eu acredito que no final, Rick poderia criar um ótimo plano, enquanto Abraham seria capaz de implementá-lo.

P: Abraham tem uma relação com Rosita (Christian Serratos). Você acha que seria possível encontrar o amor em meio ao apocalipse?

Michael Cudlitz: É possível encontrar o amor em qualquer lugar. Eu encararia de uma forma de diferente, que o amor anda de mãos dadas com a esperança. Se não existe mais amor, qual o propósito de viver?

P: Quando Sasha perdeu Bob (Lawrence Gilliard Jr.) no episódio 5×03, Sonequa Martin-Green nos contou que ter o coração partido é mais doloroso ainda durante o apocalipse. Você concordaria?

Michael Cudlitz: Eu acho que as perdas foram tão grandes que restaram muito poucos de nós. As possibilidades de namoro ficam cada vez mais difíceis nesse mundo.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: AMC
Tradução: Lalah / Staff Walking Dead Brasil

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA