Siga-nos nas redes sociais

4ª Temporada

Gale Anne Hurd fala sobre o paradeiro do Governador e das novas ameaças

Publicado há

 

em

A série The Walking Dead está pronta para grandes mudanças na quarta temporada. A próxima temporada do drama de zumbis bem sucedido da AMC trará novos aliados, novas ameaças e um Rick Grimes totalmente novo quando retornar, no dia 13 de outubro.

'Very Good Girls' Premiere- the 39th Deauville Film FestivalAntecipando o episódio de estreia da quarta temporada de The Walking Dead, “30 Days Without an Accident” (30 dias sem acidentes), o Zap2it conversou com a produtora executiva Gale Anne Hurd pra saber o que está guardado para os sobreviventes. Ela prometeu que a série tem “mais do que uma ameaça nessa temporada”, mas permaneceu em segredo sobre uma ameaça antiga: O Governador. Ainda que David Morrissey tenha sido escalado como regular, ele esteve ausente nos vídeos promocionais da quarta temporada, e Hurd disse que há um bom motivo para isso.

“Nós fizemos isso por motivos de que não queríamos que as pessoas se concentrassem muito em, ‘Oh, a quarta temporada vai ser igual à terceira.’ Assim, todas as perguntas são, ‘Ele vai estar no primeiro episódio? Quanto vamos nos centrar no Governador?’”, ela explica. Bem, mas ele estará? Hurd não disse quando e em que capacidade o vilão da terceira temporada vai criar esse líder de um olho só na quarta temporada.

Uma coisa é certa: a nova temporada se inicia com muito mais zumbis. Nos vídeos promocionais da quarta temporada, foi mostrado que os zumbis conseguem entrar na prisão, e Hurd diz que isso não é uma resposta para o constante clamor dos fãs por mais cenas com os mortos-vivos. Ela explica que a adição de mais zumbis só acontece quando faz sentido para a narrativa.

“É importante ter noção, de forma conjunta, do que as pessoas querem, mas também é importante perceber que, se não acarretar um resultado orgânico de onde estão nossos personagens e o mundo em um ponto particular, então não podemos necessariamente acomodar isso. É verdade que existem cada vez mais walkers nesse mundo.”, ela afirma. “Em algum ponto, esse período tranquilo na prisão terminará, e é o que eles encontrarão quando eles precisarem partir, eles encontrarão walkers na prisão: é inevitável.”

walkerstwdseason4

A quarta temporada começará com um Rick muito diferente da última vez que a audiência viu The Walking Dead. Uma grande parte disso é devido à evolução de Carl na terceira temporada.

“No final da última temporada, nós pudemos ver a direção que Carl estava tomando. Quero dizer, ele realmente se tornou um soldado criança, e um soldado criança que poderia matar outro jovem. Isso não é algo que Rick imaginava que aconteceria, e eu acredito que é um grande alerta para ele.”, Hurd diz. “Veremos o quanto Rick mudou ao observar quem Carl estava prestes a se tornar no final da temporada.”

Em acréscimo às novas ameaças, a quarta temporada apresentará, também, novos aliados. Mas, com o mundo pós-apocalíptico afetou os sobreviventes de diferentes modos, Hurd diz que os telespectadores estarão certos em se sentirem céticos em relação a algumas das novas adições. the-walking-dead-season-4-premiere

“Com a sociedade agora e qualquer grupo, haverá pessoas que são bons acréscimos à comunidade e pessoas que trarão a discórdia e colocando os outros em risco.”, ela diz.

Na nova temporada, os telespectadores verão Rick e seu grupo tentando encontrar uma maneira de retornar à civilização de uma maneira diferente da Woodbury do Governador. Essa é uma parte da tentativa deles de encontrar um lugar seguro que possam chamar de “lar”, mas a paz logo desmoronará ao redor deles. Hurd diz que acha que ninguém quer ver esse grupo em paz rápido demais, pois isso significaria o fim do seriado – então, não esperem que a prisão seja um lugar seguro por muito tempo.

Hurd não discutiu sobre o anúncio da série derivada de The Walking Dead, nem se há alguém no mundo que tenha alguma ideia da escala global do apocalipse zumbi. Ela diz que pode ser endereçada “apenas se houver alguém que tenha essa informação”, mas quando a pressionamos sobre se haveria ou não alguém, Hurd simplesmente responde, “Como eu poderia contar isso?”

Ela também ficou caladinha sobre o futuro romântico de Daryl e de Carol, dizendo que não poderia contar se eles ficarão juntos um dia por que “isso iria ou confirmar ou negar”. “Eles tem uma ótima química, e muito dos diálogos deles é realmente de duplo sentido. São muito fofinhos.”, Hurd diz sobre os personagens de Norman Reedus e Melissa McBride. “Eles trazem leveza no que pode, frequentemente, ser um mundo muito sombrio. Eles parecem ter muito em comum em termos de terem tido histórias violentas anteriormente, que fizeram com que os dois se tornassem mais fortes e conseguissem superá-las.”

The Walking Dead tomou caminhos bastante diferentes da série de quadrinhos de Robert Kirkman, nos quais a série televisiva é baseada, mas Hurd diz que os fãs podem esperar ver alguns personagens e momentos familiares ocorrendo na quarta temporada. “Haverá coisas que os fãs dos quadrinhos com certeza reconhecerão”, ela diz.

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, irá retornar com dezesseis episódios na quarta temporada, em 13 de Outubro de 2013 na AMC e 15 de Outubro de 2013 na FOX Brasil. Confira o trailer oficial da temporada e uma análise detalhada dele.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para mais informações sobre a quarta temporada.


Fonte: Zap2it
Tradução: Lalah / Staff Walking Dead Brasil

Publicidade
Comentários