Siga-nos nas redes sociais

Entrevista

Greg Nicotero, o homem por trás dos webisódios de The Walking Dead

Publicado há

em

Nos últimos anos, Greg Nicotero – O produtor executivo e o Designer de Efeitos Especiais e Maquiagem de The Walking Dead – expandiu a série online de sucesso da AMC com os webisódios de The Walking Dead. Para este spin-off digital, ele não contribuiu apenas com seus talentos consideráveis ​​como diretor e “zumbificador”, mas também como um criador de história. A mais recente série da web, “The Oath”, foi recentemente nomeada para um prêmio Webby de Drama: Curta ou Episódio Individual e Melhor Roteiro. Nicotero fala abaixo sobre seu trabalho no drama e muito mais.

P: Qual foi a inspiração para os webisódios deste ano? Você intencionalmente direciona-os para algo mais sombrio a cada ano?

Greg Nicotero: Eu queria voltar e amarrar a web série um pouco mais a série real. Eu sempre quis usar atores da série, mas isso se revelou um pouco desafiador desde o início, então trabalhei para encontrar momentos/eventos que as pessoas pudessem identificar… “Ah, sim, eu me lembro disso.” Na 1ª temporada foi a história da menina da bicicleta… e eu amei amarrá-la a 1ª temporada da série. A 2ª temporada foi mais uma homenagem a Dawn of the Dead e ao shopping/depósito público de tudo. Eu amo o âmbito e a dimensão dessa série que desenvolvi com John Esposito e acho que as performances são fantásticas… uma visão diferente do universo de The Walking Dead. O último set foi inspirado pela localização do hospital da 1ª temporada e, claro, os mesmos momentos dos quadrinhos. Nós vemos mais do hospital nos quadrinhos, então eu quis explorar isso.

P: Você teve três grandes atores no elenco nesta rodada: Ashley Bell, Wyatt Russell e Ellen Greene. Eles influenciaram o roteiro quando você estava em produção?

Greg Nicotero: Ashley e eu tínhamos trabalhados juntos antes e ela era perfeita para o papel. Eu tenho que dizer que meus produtores da série fizeram um ótimo trabalho de me permitir ter acesso a esses artistas fantásticos. Eu trabalhei com o pai de Wyatt [Kurt Russell], bem, então eu sabia do seu trabalho… novamente uma combinação perfeita… robusto, forte, carismático. Ellen era alguém que já tinha visto em Little Shop of Horrors… uma atriz muito inteligente e talentosa. Seu papel foi um desafio, porque ela realmente tinha que acreditar que o que ela estava fazendo era certo… oferecendo um serviço… uma saída. Essa ideia do “suicídio assistido” deste mundo me atingiu em cheio durante uma ligação com Luke Passmore, meu roteirista. Eu achava que a web série deveria ser mais sombria já que a série também parecia estar se encaminhando mais e mais para o lado negro da condição humana. Ellen estava muito entusiasmada com a personagem e passamos um pouco de tempo com ela, nos certificando de que a médica repercutisse.

greg-nicotero-makeup

P: Você acha que os webisódios são uma oportunidade de contar histórias que simplesmente não se encaixam na série de TV?

Greg Nicotero: Sem dúvida. E tenho explorado isso ao longo dos últimos três anos. Eu ainda tenho alguns cenários que escrevi e com base em locais que não tem na Geórgia e que aparecem nos quadrinhos, e também continuar a me aprofundar na série e buscar enredos, poderíamos, então, explorar o que a série não conseguiu . Eu brinquei com uma versão alternativa da 2ª temporada, em que Carl é quem atira em Shane no confronto Shane-Rick (como ele fez nos quadrinhos), mas isso desrespeitaria a série. Há muitos momentos que ainda não exploramos… Dale, Andrea, mesmo coisas relacionadas ao Shane… Acho que é interessante, talvez analisar personagens que não estão mais na série para dar aos espectadores algo que não vai aparecer na TV. Meus parceiros de produção na Generate tem sido bastante colaborativos e me ajudaram a fazer mais com um orçamento menor do que eu teria imaginado.

P: Você tem feedback sobre os roteiros de Robert Kirkman?

Greg Nicotero: Sim. Mas, ele também está muito contente de eu ter criativamente assumido a liderança neste projeto, desde a história até a produção e direção. Scott Gimple e eu trabalhamos na recente web série que estamos desenvolvendo, porque 1) vou aproveitar qualquer chance de trabalhar com Scott, 2) ele ama a série tanto quanto eu, e 3) ele conhece a série e os quadrinhos de cor e salteado.

P: Todas as séries de web de The Walking Dead ganharam prêmios. Você tem um favorito?

Greg Nicotero: Eu gosto de cada uma por razões diferentes. Todas se parecem com o nosso mundo, mas são diferentes o suficiente para serem originais. Amo os talentos que temos sido capazes de atrair e provavelmente diria que The Oath foi a mais ambiciosa em relação a história e escopo. Estou muito orgulhoso de todas elas e estou muito animado para continuar a tradição.

O que você gostaria que fosse explorado nos webisódios de The Walking Dead? Mais sobre zumbis icônicos ou personagens que já morreram? Deixe todos os seus pensamentos nos comentários abaixo.

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, irá retornar com a quinta temporada em Outubro de 2014 na AMC e na FOX Brasil. O trailer da temporada, bem como a data oficial de lançamento, será divulgada durante a Comic Con de San Diego, em julho.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: Sundance
Tradução: Mydiã Freitas / Staff Walking Dead Brasil

Publicidade
Comentários

EM ALTA