Siga-nos nas redes sociais

Destaque

CRÍTICA | The Walking Dead S10E04 – “Silence the Whisperers”: Homenagem aos quadrinhos

Silence the Whisperers foi o quarto episódio da décima temporada de The Walking Dead. Veja a nossa crítica ao episódio e discuta conosco.

Publicado há

 

em

Atenção! Este conteúdo contém SPOILERS do quarto episódio, S10E04 – “Silence the Whisperers”, da décima temporada de The Walking Dead. Caso ainda não tenha assistido, não continue. Você foi avisado!

Em um episódio com um ritmo diferente ao que vinha sendo adotado nesta décima temporada, com menos toques de terror e menos cenas de ação, The Walking Dead continua deixando questões em aberto que, certamente, serão respondidas próximo ao mid-season finale. No entanto, alguns pontos interessantes puderam ser tirados do capítulo, como a relação entre Negan e Lydia, a crise do rei Ezekiel e uma interessante referência dos quadrinhos.

O episódio começa com um panorama da situação de Alexandria após os acontecimentos recentes, do ataque de consecutivas hordas de zumbi e a reunião com Alpha. Carol parece ainda estar “quebrada”, não se juntando à Michonne, Daryl, RJ e Judith na hora do jantar. Siddiq, por sua vez, segue tendo seus ataques de pânico que ainda não foram completamente explicados. O principal ponto da narrativa, no entanto, vai girar em torno da adaptação de Lydia ao modo de vida dos alexandrinos e aos acontecimentos em Hilltop.

HILLTOP

LEIA TAMBÉM:
Quem morreu no 4º Episódio da 10ª Temporada de The Walking Dead?

O rei Ezekiel parece estar em choque após uma sucessão de perdas em sua vida. No momento em que a árvore cai em Hilltop, ferindo nove pessoas, ele parece tão travado que Jerry cogita levá-lo para receber cuidados médicos junto com aqueles que se machucaram, e o rei brevemente recobra os juízos e diz não ser necessário.

Os moradores estranham a queda da árvore. Connie é a primeira a rechaçar a ideia de que foi um simples acidente, e os sobreviventes desconfiam ser obra dos Sussurradores. Particularmente, vejo o incidente semelhante à sequência de hordas que atacou Alexandria: é obra de alguém, mas não dos Sussurradores. A ver.

A caminho de Hilltop, a comitiva de Michonne encontra o rei vagando sozinho pela estrada que dá acesso às duas comunidades, e a samurai decide ver o que se passa com ele. Antes, ela recebe mais uma lição de Judith, que afirma que os Sussurradores estão esperando os inimigos se cansarem para atacar. A pequena Grimes tem mostrado alguns sinais de sabedoria neste início de temporada.

Michonne então encontra o rei parado na beirada de uma ponte e fica preocupada. Ela se aproxima, o consola, abraça e é beijada. Talvez a cena que mais tenha chocado os fãs no trailer da décima temporada parece não ter sido nada mais que um momento de vulnerabilidade do rei. Pelo menos a princípio esta é a teoria vigente, mas algo me diz que Michonne retribuiu o beijo.

O rei então lista suas recentes perdas: Benjamin, Shiva, o reino, Carol e Henry. Tudo isso o colocou em uma situação de desespero, uma vez que ele não sabe para onde recorrer. Foi a segunda vez que o Ezekiel travou diante de uma situação em que tinha que decidir algo. No primeiro capítulo, ele não soube o que fazer durante o incêndio. Agora, ele não conseguiu orientar Jerry sobre o encaminhamento dos feridos.

Michonne então o consola lembrando dos tempos em que vivia sozinha, antes de encontrar Rick, Carl e se juntar aos sobreviventes ainda na prisão. Diz que vivia como se usasse uma máscara, e o rei diz que usou a mesma máscara por um tempo, em referência ao seu jeito caricato ainda no reino. Neste momento, os dois compartilham de uma solidão muito semelhante: Michonne, que está sem Rick e cuidando dos filhos sozinha, e Ezekiel, que se separou da esposa, mas perdeu o filho adotivo.

ALEXANDRIA

LEIA TAMBÉM:
The Walking Dead S10E04: Para onde Negan foi?

Enquanto Hilltop passa por seus problemas, Alexandria continua treinando para os possíveis conflitos e Lydia segue com dificuldades para se adaptar ao lugar. Sozinha desde a morte de Henry, ela é incomodada por um trio de personagens irrelevantes: Margo, Alfred – introduzidos nessa temporada como membros dos Salteadores, e Gage – o amigo de Addy e Rodney – mas que vão dar trabalho para a comunidade. O único com quem ela encontra algum refúgio é Negan, mas ele segue “proibido” de interagir com os moradores.

O ex-Salvador rapidamente a aconselha a não se mostrar abatida com as provocações e deixá-los notar sua presença. Ela escolhe uma forma pouco convencional de revidar os bullies, cortando um esquilo na mesa de jantar deles. O grupo decide se vingar cercando e atacando Lydia, que é salva por Negan. No entanto, ao afastar Margo, ele não mede a força e ela bate com a cabeça em uma parede e morre.

A cena é uma referência clara a um momento dos quadrinhos. Na edição #150, Rick é atacado por Morton Rose, marido de Tammy Rose, que foi uma das vítimas dos Sussurradores, e Vincent, que teve o filho morto pelos mascarados. Os dois espancam Rick e o deixam seriamente ferido. Já a morte de Margo é semelhante à morte em quadrinhos de Sherry, esposa de Dwight. Na edição #166, ela lidera o que restou dos Salvadores pós-Negan e ataca Rick, dizendo que não quer mais a parceria entre as comunidades. O xerife se desvencilha do golpe da esposa de Dwight, mas ela bate com a cabeça em uma mesa e morre.

Voltando à série de TV, Negan é novamente preso e julgado. O julgamento está empatado e o Padre Gabriel vai decidir se ele seguirá encarcerado ou será morto. Na manhã seguinte, quando vai conversar com Negan, vê que ele fugiu. Mais uma vez pegando as HQs como referência, será que o ex-Salvador vai encontrar os Sussurradores para tentar sua redenção? Lydia confessa que deixou Negan escapar, mas Daryl sabe que é mentira, e ela só quer viver dentro da cadeia, afastada dos outros sobreviventes que não a aceitam.

SIDDIQ, MAGNA E OCEANSIDE

LEIA TAMBÉM:
Alpha acredita no fim das comunidades no trailer do próximo episódio de The Walking Dead

Para arrematar o episódio, Siddiq tem o que parece ser mais um ataque de pânico. É muito claro que ele tem um sério trauma após ser poupado por Alpha na cena das estacas, mas o que ele esconde? A série já prolongou o desespero do rapaz por quatro episódios sem dar nenhuma pista do que mais pode ser. E é bem possível que seja algo além da simples lembrança daquele dia.

Magna, por sua vez, lidera seu grupo na proteção da entrada de Hilltop após uma horda considerável se aproximar do local, atraída pela queda da árvore. Yumiko, Luke, Kelly e Connie concordam em se afastar dos zumbis, já que a situação havia sido controlada do lado de dentro, mas Magna quer seguir lutando. Depois, ela briga com Yumiko, incomodada porque a namorada liderou os sobreviventes. Até quando a personalidade forte da Magna da série vai travar o desenvolvimento de uma personagem bem interessante das HQs?

Ainda em Hilltop, Michonne recebe uma ligação de uma sobrevivente de Oceanside, que diz que viu um Sussurrador as observando. Ela decide, então, enviar uma comitiva com Judith, Luke e outros sobreviventes. Eugene, por sua vez, decide ficar em Hilltop, dizendo que quer ajudar na reconstrução. Na verdade, ele está é fugindo de Rosita.

Mais uma vez, foi um episódio que deixou mais perguntas em aberto do que respostas ou soluções. Vamos chegar ao quinto episódio na próxima semana, cada vez mais perto do desfecho da primeira metade da temporada, então alguma tensão há de crescer nos próximos capítulos.

O que você achou do episódio? Deixe sua opinião nos comentários e vote em nossa enquete!

Publicidade
Comentários

EM ALTA