Siga-nos nas redes sociais

Curiosidades

The Walking Dead S09E01: 5 coisas que você pode ter perdido em “A New Beginning”

Publicado há

em

Atenção! Este conteúdo contém SPOILERS do primeiro episódio, S09E01 – “A New Beginning”, da nona temporada de The Walking Dead. Caso ainda não tenha assistido, não continue. Você foi avisado!

The Walking Dead voltou esta semana com “A New Beginning” (Um Novo Começo), episódio de estreia da nona temporada. Muito tempo se passou – tanto para a audiência quanto para os personagens – desde que fomos deixados com o final da Guerra Total, e agora retomamos com muitas mudanças para assimilar.

As comunidades parecem ainda estar em um processo de adaptação no pós-guerra. O progresso e independência varia, e alguns moradores parecem estar descontentes com a situação e com algumas decisões dos atuais líderes.

Além disso, a passagem do tempo exigiu adaptações por parte dos sobreviventes, que finalmente estão ficando sem munição e combustível. Por outro lado, as comunidades parecem estar cada vez mais desenvolvidas – possivelmente utilizando os ensinamentos do livro deixado por Georgie – e menos dependentes das antes frequentes buscas por suprimentos nos arredores.

Enquanto matava a saudade da série, você talvez tenha deixado alguns detalhes escaparem. Então que tal dar uma olhada nas 5 coisas que você pode ter perdido em “A New Beginning”? Confira:

1. Alexandria finalmente aprendeu a lição!

A fragilidade dos portões de Alexandria já rendeu muitos momentos de tensão na série, inclusive algumas tragédias. O início do episódio mostrou que os moradores da comunidade decidiram remodelar sua entrada, incluindo troncos móveis com estacas para acrescentar uma camada extra de proteção contra os mortos.

Esse sistema de proteção é semelhante ao que o grupo de Rick implementou nos portões da prisão, durante a terceira e quarta temporada da série. A diferença é que na prisão as estacas não eram móveis, funcionando mais como um muro do que um portão.

2. Rick está honrando os pedidos de Carl

Ao pensar na carta final de Carl para o pai, é comum que os espectadores lembrem das ideias pacifistas que pediam a Rick para terminar a guerra e não matar mais pessoas. No entanto, ele também falava sobre a lembrança dos passeios que eles faziam juntos, e pedia que o pai fizesse o mesmo com Judith:

“Você me contou sobre as caminhadas que dávamos quando eu tinha três anos… você segurava minha mão pela vizinhança até a fazenda do Ross. Eu não sabia que me lembrava, mas lembro, porque eu vejo o sol e o milho e aquela vaca que ia até a cerca e me olhava nos olhos. E você me contou sobre isso, mas não é sobre as coisas. É como eu me sentia. Segurando a sua mão, eu me sentia feliz e especial e seguro…

Comece de novo. Mostre a todos que eles podem estar em segurança de novo sem a matança. Eles podem se sentir seguros. Podemos voltar a ter aniversários, escolas, empregos e até pizza nas sextas à noite de algum jeito, e passeios com o pai e a criança de três anos de mãos dadas. Faça isso voltar, pai. E saia naquelas caminhadas com Judith. Ela vai se lembrar delas.”

3. Easter egg na abertura

A showrunner Angela Kang já havia mencionado que a abertura da série teria vários detalhes escondidos para os fãs procurarem. Alguns são mais evidentes, como o helicóptero misterioso que nos atormenta há tempos. Outros são mais discretos, como as duas sepulturas que estão ao lado da espada de Michonne.

Olhando atentamente é possível identificar a quem elas pertencem: uma tem o relógio de Hershel, outra tem a arma de Carl. Esse momento pode sugerir que Michonne terá um papel de mediadora entre os dois lados do conflito, que buscam honrar as mortes de Glenn e Carl.

4. Por que tantos pássaros?

Os corvos estiveram presentes ao longo de todo o episódio, seja na abertura, na revoada gigante observada por Rick, Michonne e Judith ou nas plantações do Santuário. Essa presença constante foi uma referência à edição 127 dos quadrinhos, que inicia o arco “Um Novo Começo”. Nessa edição é observado pelos personagens que a população de pássaros está crescendo e tomando conta de tudo, um sinal de que a natureza está tomando seu lugar de volta.

5. Homenagem silenciosa

O breve diálogo com Judith no início do episódio sugere que Rick perdeu parte de sua alegria após a morte de Carl, mesmo depois de tanto tempo, tornando-se um homem de poucos sorrisos. Mas ele não é o único que sente a falta do garoto. É possível notar que Michonne agora carrega um pedaço de tecido xadrez enrolado em uma de suas tranças, pedaço esse que foi de uma das camisas do garoto que ela considerava um filho e seu melhor amigo no apocalipse.

Você percebeu algo além das cinco coisas acima? Deixe abaixo nos comentários para que a gente também possa saber.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA